Category: movies

Toy Story 3

Jun 18, 2010 movies

Toy Story 3, terceiro filme da “saga” dos brinquedos, já entra no clima de nostalgia, pois no fundo é uma despedida anunciada desde sua primeira sequência, que lembra ou se refere a De Volta Para o Futuro 3 (que não deixa de ser uma homenagem de um terceiro filme a outro terceiro). Mais uma vez leva a questão do destino de brinquedos usados, mas agora a ação se desenrola em uma espécie de asilo para brinquedos.

Príncipe da Pérsia As Areias do Tempo

Jun 14, 2010 movies

Inspirado pelo post recente do Daniel Quadros, um programador como eu, mas que gosta de se aventurar em outras áreas (como eu), resolvi publicar minhas impressões sobre esse filme de 2010, que assisti no cinema com o meu antigo caderno de anotações (hoje aposentado até segunda ordem). Minha ideia era apenas praticar minha sensibilidade sobre a sétima arte, mas aos poucos estou organizando os textos da época. Ainda que Jordan Mechner, criador do jogo, estivesse até certo ponto envolvido com o roteiro cinematográfico, é preciso inocentá-lo do formato bobo e previsível da história assinada por ninguém menos que três roteiristas, dois deles envolvidos em pequenos projetos da Disney, como Aprendiz de Feiticeiro e produções para TV.

Plano B

Jun 11, 2010 movies

O produtor e diretor de TV Alan Poul resolve fazer este seu único longa para o Cinema que se transforma em uma mesmice sem tamanho. E olha que em questão de comédias românticas, mesmice já é a regra. Partindo de uma introdução artificial, ou sintética, mas que é efetiva porque já explica tudo bem rápido, há um romance no ar entre Stan (Alex O’ Loughlin) e Zoe (Jennifer Lopez), que acabou de saber que terá gêmeos de sua inseminação artificial, ou seja, o começo de sua vida de mãe solteira começa a sumir logo no primeiro dia.

Almas à venda

Jun 9, 2010 movies

Esse filme escrito e dirigido pela estreante Sophie Barthes tenta usar o conceito de alma mais ou menos como um órgão transplantado, mas muito mais flexível, já que é possível usar a alma de outras pessoas para potencializar áreas na vida em que se é um zero à esquerda. Aí é que entra Paul Giamatti que interpreta… Paul Giamatti! Ele está com problemas com uma nova peça e resolve trocar de alma por uma que seja compatível com o personagem que tenta interpretar.

O Golpista do Ano

Jun 4, 2010 movies

Um filme com estilo episódico (fade out em vários momentos), narração em off de um protagonista que supostamente está morto (acho que já pensaram nisso antes…) e invencionices demasiadas com a câmera, muitas vezes na mão. Apesar de ter tudo para dar errado, O Golpista do Ano apresenta Jim Carrey, Ewan McGregor e até Rodrigo Santoro em personagens que acompanham as personas dos atores, mas desafiam a realidade dos eventos (sim, o filme é baseado em alguns fatos em torno da figura de Phillip Morris).

O Pequeno Nicolau

Jun 2, 2010 movies

O Pequeno Nicolau é aquele típico exemplo de filme fofinho que funciona pela dedicação de sua direção de arte em reconstruir a época com um esmero tocante, por seu roteiro que entende a mente das crianças, e como sua criatividade às vezes (quase sempre) extrapola os limites da vida real de maneira encantadora, por sua direção que não mede esforços para situar o ponto de vista de tudo que acontece através dos olhos do pequeno Nicolau do título, um personagem famoso em livros franceses.

O Escritor Fantasma

May 28, 2010 movies

O Escritor Fantasma é o tipo de thriller que, diferente da enxurrada de pistas e falsas-pistas que funcionam muito bem em Os Homens que não Amavam as Mulheres, ele nos leva a desvendar o mistério da trama recriando-o gradualmente em uma série de passos sutis, mas consistentes, que revelam em seu momento final um mosaico diferente na mente de cada espectador. Seguindo essa cartilha fascinante, a trilha sonora do começo usa sons que lembra buzina de carro (e estamos justamente na parte em que os carros tentam sair da balsa), um simples esquilo revela uma informação vital em um único quadro, a ausência de um automóvel é o que dá tom a uma perseguição e por fim, claro, a brilhante sequência do bilhete indo de encontro à primeira-dama que demonstra o uso da técnica visual para relatar uma história em seu total controle: sutil, rápido, eficiente.

Fúria de Titãs

May 21, 2010 movies

Fúria de Titãs busca ser uma superprodução sobre deuses e humanos, mas falha miseravelmente em sua abordagem 3D, especialmente em suas transições, onde um bebê no barco parece distorcido ou a aparência de Hades quando este aparece entre os humanos. Com uma introdução um tanto rápida do protagonista, talvez deixando pouco espaço para criação da empatia ou até da criação desse personagem, logo parte-se para as lutas, mas que quase nunca emplacam, tendo como muleta a sua forçada trilha sonora que não conta muito com criatividade.

Quincas Berro d'Água

May 21, 2010 movies

É uma comédia até que eficiente nos momentos em que o morto “participa” da “bebemoração” de seu grupo de amigos, mas carece de algum elemento que junte isso à sobriedade da família do defunto. Mesmo assim, essa espécie de Dom Casmurro versão alcoolizada tem o seu charme pela criação daquela atmosfera de filme de época, vida boêmia e a falta do famigerado e mais que atual politicamente correto.

2 Dias em Paris

May 16, 2010 movies

Estreia de Julie Delpy (Antes do Amanhecer) em longas-metragens, o filme já diz a que vem através do seu título. Ambientada na cidade-luz, essa comédia de costumes, obviamente, é mais focada em seus personagens. Jack (Adam Goldberg), um hipocondríaco cheio de manias que vai descobrindo a namorada de dois anos em dois dias em Paris e o reencontro dela com seus ex-amantes. Marion (Delpy), a narradora em off (supostamente onisciente) da história, fica mais à vontade em torno da família e de seus amigos.