Batman: O Cavaleiro Das Trevas

Caloni, March 29, 2019

External image

The Dark Knight fala sobre o caos, mas é dirigido por um diretor tão sistemático que esse caos está meticulosamente definido em 50%. O diretor e roteirista Christopher Nolan é o Duas Caras do cinema. Sua outra cara é seu irmão, Jonathan Nolan, que co-escreve aqui o roteiro e consegue nos entregar um material redondo, polido, com toques góticos que nos remetem ao universo consolidado de Batman e que Nolan diretor realça com seu diretor de fotografia com o negro brilhante desta trilogia. E Heath Ledger, o ator que faz o vilão Coringa, esse sim, é o verdadeiro caos que o filme precisava para se tornar a referência que temos de uma adaptação dos quadrinhos bem feita. Aprende, Marvel.

Ou não aprende. Talvez o defeito das adaptações dos quadrinhos esteja em sua fonte, que nunca foi madura o suficiente para abarcar histórias adultas, preferindo se manter naquele clima colorido e Star Warsiano que nerds, eternos pós-adolescentes, se indentificam, curtem e compartilham. Ao mesmo tempo as graphic novels tentaram avançar o gênero dramático em cima da fantasia dos quadrinhos, onde conseguimos vislumbrar no Cinema ótimos conteúdos como Watchmen e Sin City, mas esses são apenas exemplos raros que ocorrem de vez em quando. Lembre-se que estou usando os geradores de bilheteria como parâmetro porque esses filmes são necessariamente blockbusters, precisam de dinheiro pesado investido para os efeitos. E no caso da trilogia dos Nolan, precisa de um elenco de primeira categoria.

Apesar do tom realista e pesado, TDK tem suas raízes na fantasia do bem contra o mal. Sem isso não haveria filme e não haveria o momento icônico onde um Batman seguidor de um código moral não atropela um maníaco de cara pintada cujo único objetivo é ver o circo pegar fogo. Porém, o filme deixa muito claro através da figura trágica de Harvey Dent que nem sempre a verdade é bela e moral, e nem sempre, portanto, a verdade deve ser vista por completo pelo povo que elege a força que os protege. Os filmes de Nolan não falam muito sobre os cidadãos honestos de Gotham, mas acredita-se que eles são o cidadão médio americano, sem muita visão crítica e mais interessado em ter uma cidade limpa a qualquer custo do que ser justo ou humanitário. Nesse sentido Batman é, assim como RoboCop ou Tropa de Elite, a boa e velha fórmula “fascista” onde o bem não é feito sem violar as regras do jogo.

E é por isso que a moral nesse filme é uma fina camada de gelo que pode arrebentar a qualquer momento. Basta um Coringa aparecer e colocar tudo abaixo. É uma fantasia divertida de se ver no Cinema, mas você acha realmente que as pessoas em um barco prestes a explodir pensariam mesmo no próximo?

Batman: O Cavaleiro Das Trevas ● The Dark Knight. EUA, Reino Unido, 2008. Dirigido por Christopher Nolan, escrito por Jonathan e Christopher Nolan, além da história de David S. Goyer e personagens de Bob Kane. Com Christian Bale, Heath Ledger, Aaron Eckhart, Michael Caine, Maggie Gyllenhaal, Gary Oldman, Morgan Freeman, Cillian Murphy. ● Nota: 5/5. Categoria: movies. Publicado em 2019-03-29. Texto escrito por Caloni. Quer comentar?