Coraline e o Mundo Secreto

Caloni, November 29, 2011

External image

Existem filmes que encantam apenas pelo seus esforços periféricos (direção de arte, música, fotografia) e existem os que apenas chamam a atenção pelo seu desenvolvimento central (roteiro e direção). No caso de Coraline é difícil não ficar deslumbrado com o apuro técnico de todo um mundo criado e que ganhou movimento graças ao tradicional uso do stop motion, onde a ação é montada quadro-a-quadro. Além disso, é o primeiro filme desse estilo ao ser rodado em 3D, o que levanta alguns aspectos interessantes da sua narrativa, como o uso das agulhas.

A história gira em torno obviamente da Coraline do título, uma menina curiosa, mas que não anda recebendo muita atenção dos seus pais, que precisam terminar um catálogo de jardinagem (e que ironicamente nunca olham para o jardim de casa). Eles acabaram de se mudar para a Casa Rosa, um pequeno vilarejo com poucos e decadentes vizinhos que aguçam a imaginação da menina.

Um deles é Wybie, um garoto que anda com apetrechos que dão medo, mas que servem para ações típicas de garotos de sua idade, como capturar lesmas. Ele tem como amigo um gato arisco, que sempre leva consigo. Depois de um primeiro contato com Coraline, ele encontra na casa de sua avó uma boneca idêntica a ela, e que passa a lhe fazer companhia.

Em um ambiente nada infantil, com uma fotografia acizentada e triste, e um clima sempre chuvoso e nebuloso, passa-se uma outra história em um mundo alternativo, mais quente e aconchegante, que acaba por seduzir Coraline e a faz conhecer de maneira diferente seus pais, que dedicam-se a tarefas que mais agradam Coraline. Além disso, seus decadentes vizinhos viram suas próprias ambições, e divertem a menina. Tudo banhado em uma luz quente e aconchegante, apesar de alguns detalhes parecerem sombrios.

Elementos recriados no mundo real (como um porta-retratos no formato e grilo) viram elementos fantasiosos no segundo. Ângulos forçados, em câmera alta ou baixa, aumentam o tom fantasioso da história e a aparente desconexão entre os mundos. Aos poucos torna-se evidente que é muito difícil recomendar esse filme para crianças muito jovens, pois ele se torna assustador em determinados momentos.

De qualquer forma, a moral implícita na história é válida independente da idade. Uma obra que merece a atenção de todos, criança ou não: sinais tanto de um bom livro quanto de um bom filme.

Coraline e o Mundo Secreto ● Coraline e o Mundo Secreto. Coraline (USA, 2009). Dirigido por Henry Selick. Escrito por Henry Selick, Neil Gaiman. Com Dakota Fanning, Teri Hatcher, Jennifer Saunders, Dawn French, Keith David, John Hodgman, Robert Bailey Jr., Ian McShane, Aankha Neal. ● Nota: 4/5. Categoria: movies. Publicado em 2011-11-29. Texto escrito por Caloni. Quer comentar?