G.I. Joe A Origem de Cobra

Caloni, August 14, 2011

External image

G.I. Joe é um filme tão ruim assim como muitos têm falado? Talvez sim. O fato é que, baseado em uma franquia de action figure produzida pela empresa de brinquedos Hasbro (e vendido no Brasil sob o codinome Comandos em Ação), o filme tenta se firmar nessa superfície frágil e infantil usando conceitos mais infantis ainda que acabam por estabelecer relações entre os personagens absurdamente ilógicas e pedestres.

Existem dois recursos usados durante o todo filme que são particularmente irritantes: na direção nada imaginativa, os diálogos sempre são terminados com um zoom out para fora do veículo submerso onde se encontram; na narração, o passado de cada personagem precisa ser necessariamente contado em flashbacks. Não que eles sejam irritantes por serem repetidos várias vezes, pois um recurso usado com inteligência consegue não se fazer perceber e ainda assim ter sido repetido durante todo o filme. Nesse casos, ambos os recursos são repetidos mecanicamente, sem qualquer sombra de criação dramática, mais parecendo as montagens de séries japonesas seculares como Jaspion e Changeman (e não seria nenhuma surpresa se no final víssemos uma briga de robôs gigantes).

Pior do que se limitar a recursos burocráticos em quase todas as cenas, é o roteiro perceber que ele precisa colocar falas artificiais para tentar fechar sua lógica na história e nos flashbacks, como porque certo personagem fez voto de silêncio.

Porém, mesmo assim, o diretor Stephen Sommers (A Múmia, Van Helsing) e seu habitual montador Bob Ducsay conseguem impor um ritmo interessante no ataque a Paris, utilizando para isso o corte paralelo entre duas perseguições distintas. Pena que essa não é a sequência final, muito mais problemática, tanto no comprimento quanto no problema já citado de fechar as histórias dos personagens.

G.I. Joe A Origem de Cobra ● G.I. Joe A Origem de Cobra. G.I. Joe: The Rise of Cobra (USA, 2009). Dirigido por Stephen Sommers. Escrito por Stuart Beattie, David Elliot, Paul Lovett, Michael Gordon, Stuart Beattie, Stephen Sommers. Com Adewale Akinnuoye-Agbaje, Christopher Eccleston, Grégory Fitoussi, Joseph Gordon-Levitt, Leo Howard, Karolina Kurkova, Byung-hun Lee, Sienna Miller, David Murray. ● Nota: 1/5. Categoria: movies. Publicado em 2011-08-14. Texto escrito por Caloni. Quer comentar?