José

Caloni, October 15, 2018

External image

De origem humilde, José trabalha e ajuda sua mãe onde pode. Sua rotina é conhecida por qualquer pobre que mora em uma região metropolitana. O acordar muito cedo para pegar o ônibus, o almoço apressado e os poucos momentos gastos no celular. O filme desmascara essa rotina com naturalidade e ao mesmo tempo a torna interessante e ritmada. Além disso, as constantes tomadas da metrópole apinhada de gente indo e vindo de diferentes lugares, além do amontoado de casas, fios, e luzes noturnas testemunham o caos urbano de um dos lugares mais miseráveis, violentos e religiosos do planeta. Coincidência? Eu acho que não.

José ● José (Guatemala, EUA, 2018), escrito por Li Cheng e George F. Roberson, dirigido por Cheng, com Enrique Salanic, Manolo Herrera, Ana Cecilia Mota. #mostrasp ● Nota: 3/5. Categoria: movies. Visto em cabine de imprensa pelo cinemaqui. Publicado em 2018-10-15. Texto escrito por Caloni. O texto de estreia será publicado no CinemAqui. Quer comentar?