Lixo Extraordinário

Caloni, January 30, 2011

External image

O início e no programa do Jô possui um sentido maior por causa da mensagem de que, no final, o lixo de todas as pessoas que assistem a televisão vai parar no mesmo lugar?

A história é sobre um artista plástico famoso por transformar lixo reciclável em obras de arte.

Seu próximo desafio é transformar as pessoas responsáveis por catar esse lixo.

Todo o processo é mostrado desde o início: a primeira visita ao local, o funcionamento da associação de catadores, a vida e o passado dos personagens escolhidos no meio da multidão de pessoas.

Dono de uma visão peculiar sobre toda aquela pobreza, ele próprio nasceu pobre, e aprendeu a manter a lição de que é possível se transformar.

O mais revelador é que assistimos a tudo ainda imaginando o que deverá sair ao final de todo aquele processo, sem entender ainda o efeito artístico sobre aquela vida sem perspectiva das pessoas.

O impacto inicial, da transformação do lixo reciclável em arte usando como modelo as pessoas e a criação de riqueza nesse processo (um dos quadros criados é vendido por cem mil reais).

O impacto final, quando os quadros criados são entregues aos seus respectivos “donos”, e a mensagem que fica é imensamente maior que todo o processo: que é possível reciclar pessoas, por piores as condições que elas estejam ou pareçam estar.

Lixo Extraordinário ● Lixo Extraordinário. Waste Land (Brazil, 2010). Dirigido por Lucy Walker, Karen Harley, João Jardim. Com Vik Muniz. ● Nota: 5/5. Categoria: movies. Publicado em 2011-01-30. Texto escrito por Caloni. Quer comentar?