Quarto encontro C++

2008/03/18

Para os desavisados de plantão, irá acontecer no dia 29 de março de 2008 o quarto encontro de programadores e aficionados C++. Mais detalhes no link anterior. Em suma, as palestras são estas:

Programação em C para microcontroladores (Daniel Quadros)

Você já pensou em programar componentes de hardware? Ou melhor: com uma linguagem de alto nível?? Sim, é possível, e de acordo com o Daniel, muito comum (ele usa mais que o próprio assembly). Nessa palestras teremos as dicas de como entrar nesse mundo não-tão-selvagem, e que merece toda a atenção dos que se importam com um dos trunfos da linguagem C: portabilidade.

Arquitetura e desenvolvimento de _drivers _com C para Windows (Fernando Silva)

Pode ser mais específico? Fernando mantém o maior e melhor blogue sobre drivers, aquelas coisinhas que fazem sua placa de vídeo 3D funcionar, para Windows no Brasil: o DriverEntry. Se você já acompanha seus artigos, essa é a chance de fazer aquelas perguntas que não saem da cabeça, mesmo que o assunto pareça fácil. Além, é claro, de poder entrar em outro mundo completamente fora da realidade da programação nacional.

TCP/IP via Boost.Asio (Rodrigo Strauss)

Voltemos ao C++ padrão ISO com ajuda da biblioteca mais poderosa de todos os tempos. Nessa conversa sobre C++, Strauss irá explicar as entranhas e o uso de uma biblioteca que, se não-padrão, pelo menos suportada em várias plataformas, o que por si só já é motivo para usá-la em seus projetos que usam rede (existe hoje em dia um projeto que não use?).

Desenvolvimento cross-platform em C++ com Qt (Basílio Miranda)

Mais um mundinho que, eu pelo menos, nunca me arrisquei a entrar. Dando continuidade ao tema “frameworks de interface com o usuário multiplataforma”, Basílio Miranda agora explica como usar uma linguagem poderosa com um framework flexível, macetes e dicas.

Como assim “quanto custa”?

Sim, senhores, foi inevitável. Esse encontro será cobrado um pequeno valor, quase simbólico, mas que será usado para custear alguns gastos com a estrutura do evento que, pelo que promete, vai ser maior ainda que o anterior. Eu sei que encontros de entusiastas nunca deveriam ser cobrados. Porém, essa é uma experiência que temos que vivenciar com nosso grupinho C++ para termos argumentos contra e a favor dos dois moldes que serão escolhidos.

Facebook | Twitter | Linkedin | Google