RIP, Alberto
Wanderley Caloni, 2015-01-21: pessoal, alberto fabiano, rip, programadores, coders, amigos

Acho que como muitos aqui de vocês, eu sou (fui?) um fã condicional de Alberto Fabiano, o mestre em várias coisas, não se restringindo apenas à informática. Alberto, é preciso dizer, foi um hacker de verdade.

Ultimamente ando fuçando nas minhas mensagens do GMail procurando por posts que se perderam no tempo. Acabei encontrando um email que o Alberto me mandou em 2006 comparando nossas evoluções na área. Não é preciso dizer que a minha evolução ficou para trás em algumas centenas de anos perto dele, mas mesmo assim ele teve a “humildade” e uma infinita modéstia de comparar-nos em alguns aspectos de nossas vidas profissionais, como termos começado a programar com Quick BASIC e gostar de Segurança da Informação.

Não fiz nenhum post à época da sua morte porque não achei adequado, nem o momento. Porém, de vez em quando, acredito que é necessário se lembrar dos melhores, assim como muitos de nós fizeram com o mestre Dennis Ritchie um tempo atrás.

Portanto, segue o email, e uma pequena lembrança. Que a sabedoria do Alberto esteja de alguma forma infectando o Universo e que seus átomos em milhões ou bilhões de anos reconstruam mais Albertos para espalhar inteligência e bom senso por todo o mundo.

Olá Caloni,

  Por um acaso, antes de adicionar seu site-blog no
  bookmark  do meu blog, fui dar uma olhada no about do
  seu site e fiquei surpreso como temos pontos em comuns
  em nossos perfis... com sutis diferenças... 

  Vc começou a programar com o Quick Basic, eu também
  programei com o Quick Basic mas comecei com o Gw-Basic
  em 1990, depois fui pro Basica IBM, depois fui pro
  Cobol mas como eu trabalhava com DBase III Plus logo
  fui ficando curioso em como automatizar alguns
  procedimentos e fiz meus primeiros PRG e com o tempo
  fui automatizado... migrei coisas para o Cobol,
  Clipper, Joiner, fiz vários experimentos com C, C++
  mas em 1999 eu acabei partindo para área de
  infra-estrutura onde fiquei por + de 2 anos... Neste
  meio tempo, mais por curiosidade e por consequencia
  natural da montagem de um Z80 em clube, cheguei a
  programar em ASM e C para Z80; que acabaram me levando
  ao PIC... 

  Sempre gostei do SCUA, achei muito curioso o fato de
  vc ter trabalhado lá, pois sempre tive um pé na área
  de segurança, tanto que meu TCC foi de graduação, pós
  em Engenharia de Software e o de uma pós-graduação em
  Security no IBPI (aí já é muito óbvio) foi de
  segurança... 

 Quase trabalhei para a OpenCS, você trabalha pra eles;
 achei isto muito interessante!

  Como centenas, acho que como alguns milhares de
  profissionais eu já estudei no IBTA; fiz Network
  Academy e quase fiz uma pós lá; não fiz por pouco. 

  Tenho programas espalhadas por aí, que nem sei se
  ainda são todos utilizados, em Cobol, Clipper, Joiner,
  SmallTalk (sim é isto mesmo, olhando para trás nem eu
  acredito nisto) assim como Java, pois é... VB 6, Web
  Pages em Perl, PHP, ASP, JSP e ultimamente em Python.
  Depois de um tempo meio fora, voltei a programar em C
  e ASM por causa de um súbito retorno ao envolvimento
  com microcontroladores à uns 4 anos atrás, e aí foi
  pintando o interesse em desenvolver em C para Linux,
  então-se voltei ao C++; porém agora com uma base muito
  mais solida de programação do que 10 anos antes... E
  tem sido à C++ no qual tenho me dedicado nos últimos 3
  anos; tenho que confessar que o que andei fazendo em
  VB nos últimos anos foi apenas pq eu não sabia como
  fazer exatamente em C++ ou (ouve casos) que por pressa
  e falta de suporte a bibliotecas específicas para C++
  (dá para acreditar?) e é isto... não nego que tenho
  muito o que aprender em matéria de C++, e pretendo! 

   Também não nego que já andei dando minhas cacetadas
   com Visual Objects (argh), Delphi, Clipper com Max e
   FiveWin, Lisp, RPG (por pura casualidade) além de
   Korn Script (também por força da ocasição), VBScript,
   JSCript, JavaScript (conseqüência natural ao se mexer
   com ASP e PHP; Java a princípio por curiosidade,
   depois por questão de sobrevivência e ultimamente
   apenas por comodidade ao mexer com J2ME.... 

   Bem... de qualquer forma, seu blog está no meu
   bookmark... e é isto aí!  Estarei na DevTech...

Att []´s..