A Casa da Rússia

John le Carré foi um editor que teve a oportunidade de entrar em contato com um dos gênios da União Soviética logo após o processo de abertura política. Ele vira isca dos serviços secretos americano e inglês, que precisam saber se a Rússia de fato está acabada como potência, e o curioso aqui é o pano de fundo histórico da situação, algo conhecido hoje em dia como a opinião pública pós-Fahrenheit, mas muito provavelmente na época controverso: caso a URSS estivesse de fato acabada o que seria da imponente e latente indústria armamentista americana?

O filme baseado no livro de le Carré, que descreve sua experiência desse momento histórico, explora a visão cínica dos dirigentes da missão, que parecem não perceber o que tramam. Ou pior: talvez saibam.

O final é melodramático demais para uma história tão cínica e faz pensar que talvez seja a mensagem final do filme seja apenas: nada é como parece.

Wanderley Caloni, 2013-01-14

movies discuss