Barbosa

Wanderley Caloni, 2020-04-11.

Barbosa foi o goleiro que deixou passar o segundo gol do Uruguai na Copa do Mundo no Brasil em 1950, arrebatando a taça de nossas mãos nos últimos minutos do campeonato. Certos da vitória, os duzentos mil espectadores e todo o Brasil por tabela saíram do estádio boquiabertos. A magia deste curta de Jorge Furtado e Ana Luiza Azevedo é explorar gêneros e possibilidades em uma história auto-contida que usa trucagens para disfarçar seu baixo orçamento, como uma profundidade de campo reduzidíssima. A história se passa em um estádio, e é difícil conseguir dezenas de milhares de figurantes para esta tarefa. De qualquer forma, o resultado é ainda melhor, pois mescla com filmagens da época, e realiza na montagem uma brincadeira que nos deixa imersos naquele pesadelo dos 2x1.

blog discuss