Canja

Coloquei canja porque pode ser de galinha, que não sei as peculiaridades, mas a minha do dia a dia é de frango. É muito simples: compra um peito de frango. Fatia ele bem fininho. Esquenta a panela de pressão e encosta a superfície das fatias do peito no fundo da panela e deixa tostar um pouco. Se começar a queimar, que é quando após estalos um cheiro ruim chega, é porque passou demais. Antes desse ponto você pode ir jogando água fervente por cima, bem pouco, apenas para não queimar (mesma estratégia para dourar cebola). O objetivo é dar uma cor e extrair um pouco de sabor desse pedaço sem graça do frango.

Depois de tostar todos os pedaços joga o resto da água fervente, tampa a panela e deixa cozinhar um tempo. Pelo menos meia-hora. Não vá queimar. Deixe um timer.

Agora que você já deixou esfriar o frango desfie ele, com a mão, com o garfo. Não deixe pedaços grandes do frango, ele irá se misturar ao caldo.

Coloque um pouco de gordura na panela, ligue o fogo e comece a ir colocando a cebola picada, alho, o frango desfiado. Um pouco de coentro (mas não muito) se gostar. Acerte sal e pimenta e jogue açafrão para dar mais cor e se gostar. Deixe uma água quente do lado. Rale uma cenoura, passe um arroz e vá jogando. A quantidade? Tenta fazer o mesmo volume de frango para o arroz (depois de cozido) e a cenoura (crua). Depois de refogar um pouco pode cobrir com água e deixar cozinhar e apurar.

Ao final desligue o fogo e jogue um pouco de salsinha picada para a cor. Bom apetite nesse friozinho =)

Wanderley Caloni, 2022-06-11 20:59:21 -0300

blog recipes discuss