Casamento de Verdade

Wanderley Caloni, escrito para Cinemaqui, 2016-05-19

Casamento de Verdade parece a primeira ou uma das primeiras incursões de Hollywood explorando o tema da homossexualidade de maneira "comercial". Ele apresenta uma atriz conhecida por comédias românticas como protagonista (Katherine Heigl), mas a faz carregar uma culpa logo na primeira cena, um batismo, se desculpando logo na primeira cena de toda a comunidade religiosa que possa, talvez, quem sabe, achar o conteúdo ofensivo. No entanto, chamá-la de protagonista é superestimar seu papel na história, construída através de um elenco clichê para dramas, e ciente de que o filme é uma tentativa de discussão didática e saudável do tema, e mira longe de um possível estudo de personagem como o mais longo e mais intenso Azul é a Cor Mais Quente (esquecendo a parte do soft porn, é claro).
draft movies cinemaqui discuss