House Spoiler 2022-08-08 [series] Acabou a sétima temporada, então fomos para a última. A mulher deu play e assistimos o que pensávamos ser o primeiro episódio da última temporada de House MD. Só que não. Era o último. Aprendemos na última cena. Mas até então eu estava analisando como se fosse a primeira, o que rendeu alguns insights. Nem todo spoiler vem para o mal. Por exemplo: deu para entender todo o episódio. Sério. Mesmo sem ter visto nada da última temporada.
The Pickup Artist 2022-07-12 [series] Se você conseguir aguentar o formato televisivo de um programa mutilado em torno de infinitos comerciais, The Pickup Artist ensina uma ou duas coisas importantes quando o assunto é pegar mulher. Talvez até três coisas. Seu astro e mentor é um homem que se chama Mistery. Uma mistura entre jovialidade e cerimonioso, essa figura é considerada a melhor na arte da pegação, e seus pupilos brilham os olhos só de estar com ele.
House M.D. 2022-05-18 [series] Estou revendo essa série médica onde na época encontrei a metáfora perfeita para debugging: diagnosticar "doenças" do software. A maioria delas bem comum; mas algumas bem raras. Há inclusive um texto da época onde este era um blog apenas técnico onde demonstro minha empolgação com essa analogia. Hoje é a vez de analisar como série. E House não possui nada demais como trama ou história, exceto seu núcleo. O protagonista vivido por Hugh Laurie é o centro desse drama sobre um médico brilhante e seus métodos não convencionais de diagnosticar seus pacientes, geralmente casos raros.
Homens? 2022-05-18 [series] Esta comédia de Fabio Porchat tem umas boas sacadas eventuais, embora apenas nos diálogos, evocando tanto o roteiro quando a direção de Porta dos Fundos, um canal fundo de quintal do YouTube que virou mainstream e diminuiu o número de piadas ousadas para chegar em um meio-termo entre ficar rico e agradar ao público que se acha inteligente. É a história de um homem com disfunção erétil porque vive em um presente em pleno pós-apocalipse, onde o politicamente correto e o feminismo castra as pessoas mesmo sem elas saberem, e onde o lado "oprimido" toma conta do jogo da "opressão".
Feel Good 2022-04-24 [series] É comum comediantes de standup compartilharem suas histórias de vida de uma maneira cômica. Os melhores de uma maneira tragicômica. Porque, convenhamos, trazer o melhor da comédia exige dor e sofrimento. E se alguém tem que sofrer nessa história que seja o comediante. Feel Good transforma a história de vida de Mae Martin, comediante de standup canadense, em uma série curta com piadas e situações rápidas que faz o tempo passar gostoso.
Crescidinhos 2022-04-18 [series] Esta série apresenta crianças japonesas muito novas, de 3 a 5 anos, fazendo tarefas de adultos, como indo fazer compras ou buscar algo para seus pais. Sozinhas. Há um batalhão de cinegrafistas em torno do evento, ajudando ocasionalmente, para atravessar uma estrada, por exemplo, se for necessário. As experiências renovam nossa esperança na educação mais antiga, que não tratava as crianças como retardadas, mas capazes de serem úteis desde os primeiros anos de vida.
Primitivo Di Manduria 2022-04-18 [series] Essa garrafa estava aberta há duas semanas em minha geladeira e finalmente levei em um rolê para bebê-la: a Páscoa em família. Na véspera à noite junto de uma pizza ela ainda não estava tão boa. Vinho forte demais. Deixei semiaberto em temperatura ambiente para o dia seguinte, churrasco, e aí finalmente ele deu alguns sinais de sabor. Frutas maduras, mas algum sabor. Se você para para degustar sente o valor da garrafa.
Ninguém Pode Saber (Pieces of Her) 2022-04-18 [series] É com aquela atriz talentosa, apesar de feia que dói. A pegada é ser uma espécie de thriller de espionagem com um pé na realidade. Esse pé é tipo aquele pé tímido sentindo a água fria da piscina. A atriz jovem, Bella Heathcote, é linda e uma delícia, motivo pelo qual a série enquadra vários momentos com ela com a câmera por trás e ela de jeans ou close dela bem iluminada e maquiada.
LOL: Austrália 2022-04-05 [series] Um experimento quase científico: colocar os maiores comediantes do país em uma sala e ver quem ri por último. A loucura começa quando eles percebem que com os colegas de profissão é preciso apelar. E muito. Há nudez e coisas tiradas da bunda.
Amor e Anarquia 2022-03-20 [series] A ideia acho que era para ser uma mistura do The Office com crítica social e uma história picante com cenas de soft porn. O resultado é sofrível, amador, mas divertido de acompanhar. O dia-a-dia de uma editora que tenta sobreviver à derrocada de valores e ao capitalismo predador dos serviços de streaming. Como a Netflix, por exemplo. Piada implícita ou eles não ligam? Pode ser que a série seja mais inteligente do que pareça.
A Maravilhosa Sra. Maisel 2022-03-09 [series] Esta série cômica sobre os anos 60 é roteirizada com diálogos dinâmicos e divertidos por serem ágeis e por estarem de fato se passando na época. Esta não é uma daquelas histórias onde os personagens são atingidos por clarividência e possuem senso de justiça social de 2020. Isso compete apenas a nós, espectadores, o que quer dizer que podemos nos divertir um pouco com uma direção de arte estilizada, colorida, e um elenco monotônico e eficiente.
Modern Love: A Second Embrace 2022-03-06 [series] A série nos conduz tão fácil a devaneios cotidianos que se torna um prazer começar e acabar uma temporada. No final desta repensamos quando as coisas dão errado no passado e os motivos. Ele era imaturo e o casamento não durou. Ela teve que batalhar o resto da vida e ficou acabada. Agora que ambos voltaram a se ver e estão se divertindo com suas memórias e novas brincadeiras na cama surge a questão do casamento como um incômodo que ela precisa evitar, mesmo que seja para onde os novos encontros parecem dar.
Modern Love: How Do You Remember Me 2022-03-06 [series] O episódio é sobre dois crushes andando pela calçada por meia-hora e eventualmente se cruzando. Antes disso eles vão se lembrando, cada um à sua maneira, dos momentos de seu encontro de uma noite apenas e um final insatisfatório. O valor dessas memórias está em um tenro abraço e a moral do curta é nos fazer pensar nesses breves momentos da vida onde existe uma conexão profunda com um estranho que nunca mais veremos, e está tudo bem.
Rua Augusta 2022-03-06 [series] Uma coisa que se nota do começo ao fim dessa série do Prime, produzido por O2 Filmes e TNT, é que a mixagem visual é muito defeituosa. A câmera treme em todas as cenas, quase travando, nas aéreas, nas externas, nas cenas de cenário. É desafiador conseguir focar e prestar atenção na história, que é bem bacana, amarrada como uma boa peça de teatro, que une todos personagens, mas que não precisa de seis horas de duração.
Cuphead 2022-03-06 [series] A proposta do jogo é emular os anos trinta ou whatever e de fato ser uma cópia daquela época em um jogo impossível de existir décadas atrás. E a série é uma animação que emula uma animação daquela época fielmente e nos faz pensar por que não assistir às animações originais no lugar? A pergunta é pertinente, pois apesar de ser uma cópia, ela não é perfeita. No primeiro episódio os perdedores de um jogo de um parque de diversões montado pelo diabo perdem sua alma, o que é irônico, pois esta é uma animação que age por mímica, mas já perdeu sua alma, que pertence à época original, e não hoje.
A Vizinha da Mulher na Janela 2022-03-02 [series] Esta série de terror psicológico é estrelada por Kristen Bell, de The Good Place, e ela está ótima. Ela faz uma louca varrida que passa o dia inteiro bebendo vinho como suco de uva e se recusa a aceitar o trágico final da vida de sua filha e o divórcio com o marido. Ela é uma ótima pintora, mas parou de trabalhar e agora virou uma bisbilhoteira da casa da frente onde mora o homem perfeito e sua filha para que ela volte a ter uma vida.
Am I...? Maybe This Quiz Will Tell Me 2022-03-02 [series] Fazia tempo que eu não via algo tão novo. A direção da câmera é fluida, dinâmica, e a edição impecável. O episódio nos comunica vários detalhes no comportamento nos jovens hoje em dia ou desde sempre e é encantador acompanhar. O interesse do autor nesses gaps, nos momentos que ninguém está olhando, e como nos comportamos, cativa aos poucos. O uso exarcebado da jovem Katie do celular e como o caos impera nas sequências, com sons em volta, e a falta de um enquadramento parado por dois segundos dão o tom naturalista que a história pede.
Modern Love S02 E03: Strangers in a Dublin Train 2022-02-22 [series] Um experimento. Uma espécie de Antes do Amanhecer resumido e destacado no tempo. Esses dois se conhecem um dia antes do isolamento da pandemia e não trocam celulares pela magia do momento. Não é romântico, é comédia. Ou deveria ser. Os momentos relacionados com o que passamos extrai um pouco de drama de nossas memórias que viveram tudo isso. E quem não viveu? É bem previsível que iria começar a surgir algumas histórias que não podem ignorar o que aconteceu.
The OA 2021-12-28 [series] Esta é a história de uma louquinha que arruma uma galera diversificada no colégio para ouvir sua historinha de quando ela era uma garota russa, quase morreu, voltou à vida depois que uma indiana dos além ajudou a moça, daí o pai bilionário foi morto e ela foi comprada por um casal de americanos de meia-idade. E tudo muda quando ela é mantida em cativeiro com uma turminha de humanas que fazem uma dancinha do universo para se salvarem.
American Horror Story 2021-12-15 [series] [lists] História de Horror Americana - Season 1 - Murder House História de Horror Americana - Season 2 - Asylum História de Horror Americana - Season 3 - Coven História de Horror Americana - Season 4 - Freak Show American Horror Story Season 5
House of Cards 2021-12-15 [series] [lists] Primeira Temporada Segunda Temporada Terceira Temporada Quarta Temporada Quinta Temporada, Episódio 1 Quinta Temporada Sexta Temporada Let Me Be Frank
Breaking Bad 2021-12-15 [series] [lists] Primeira Temporada Segunda Temporada Terceira Temporada Quarta Temporada Quinta Temporada Conclusão
Homem de Castanha 2021-11-14 [series] Esta série investigativa policial dinamarquesa desenvolve bem sua trama e seus personagens. Note o parceiro desagradável, misterioso e traumatizado da heroína. Seu lado introvertido, calculista e obstinado retirado de algumas personas no imaginário do gênero funciona até hoje. O maior defeito da série é o desenvolvimento, como toda série hoje em dia. Seis horas para um filme de duas é tempo demais. A história não ofende nossa inteligência, mas a duração sim.
Mr. Robot e sua redistribuição de riqueza 2021-11-01 [series] Aquele momento mágico em que toda a riqueza dos malvadões é redistribuída de maneira equitativa entre a população falha por pelo menos dois motivos. O primeiro é que os americanos estão bem longe de ser o povo mais pobre do mundo. Há miséria real fora da bolha ianque na mesma ordem em que eles são os 1% em relação ao mundo. Agraciá-los seria a pior forma de redistribuição de renda da história.
Alice in Borderland 2021-10-12 [series] Entendeu esse trocadalho? Quanta inteligência. Bom, essa é uma série que começa com uma edição excelente em seus primeiros minutos. Note como os três amigos e suas vidinhas são introduzidos em um piscar de olhos. Acompanhamos sua conversa online, andando no celular, e logo eles se encontram no cruzamento mais famoso de Tóquio, apinhado de gente. Meu Deus, é muita gente. O diretor quer nos mostrar justamente isso, pois minutos depois um incidente ocorre e você irá testemunhar um elegantíssimo plano-sequência, ou seja, uma cena com vários cenários sem cortes aparentes, uma corrida ao banheiro e seu retorno e vupt: todas as pessoas somem.
Round 6 (Squid Game) 2021-10-08 [series] Esta é uma distopia contemporânea interessante, porque usa ideias mesmo que velhas passadas com mais organização e propriedade. As mortes violentas dão o tom e faz pensar mais no sistema do que nas mortes. As mortes não importam quando ocorrem em massa. É o sistema, a alegoria controlada do capitalismo, o forte da série. Ela começa muito bem. De forma visceral já explica as regras do jogo desse povo endividado que foi convidado a participar e concorrer a um prêmio milionário.
Olá? Sou Eu! 2021-09-18 [series] Coreanos são os brasileiros da Ásia. Já percebeu como são meio malucos, descontraídos e bebem soju como uma nação de alcoólatras? E a febre dos idols, o que é aquilo, minha gente? Uma novela coreana, então, é tudo isso elevado à nona potência. Novelas são previsíveis e manjadas por padrão, mas as caras e bocas dos coreanos em novelas de comédia tornam tudo um espetáculo pelo exagero. Em "Olá? Sou Eu!
Mr. Robot S04 2021-09-13 [series] Eu gostaria de dizer que o que eu mais gosto nessa série é sua história, mas a loucura e as conspirações atingiram seu ápice já faz um tempo. O que resta é esse universo dark e depressivo que nas mãos de Sam Esmail vira uma obra de arte do niilismo de nossos tempos, a derrocada da tecnologia e do capitalismo em detrimento dos seres humanos. Eu disse seres humanos? Eles praticamente não existem aqui.
The Chair 2021-09-03 [series] Esta série de comédia fala sobre vários assuntos, mas o principal é sobre a arte de pisar em ovos no século 21. O que é muito importante se você tem medo de ser cancelado, mas é duplamente divertido quando a lupa que se vira para a sociedade contemporânea revela mais do que talvez gostaria. Vejamos o caso clássico do nazismo. É um assunto super-sério nos dias de hoje. Em jornais e revistas de prestígio, como New York Times, ou The New Yorker, incessantes artigos brotam toda semana sobre o quão sério e preocupante é esse assunto.
Grace e Frankie 2021-08-20 [series] Uma série televisiva que tenta resgatar os bons tempos de drama e comédia escritas para funcionar em temperatura morna independente se o casting é banal ou o tema é trivial. Grace e Frankie, duas mulheres cinquentonas de classe média alta, são deixadas pelos seus maridos, sócios, porque ambos são gays e estão apaixonados um pelo outro. Há 20 anos. Este é o mote para observarmos a intolerância e as reações de ambas frente à nova realidade.
Gilmore Girls 2021-08-08 [series] Esta série fofinha do final dos anos 90 apresenta mãe e filha em um relacionamento conturbado pelas diferenças do mundo lá fora e suas semelhanças herdadas. Alguns diálogos possuem pitadas de sitcom, outros conseguem a elevação de um Woody Allen pontual. As atuações principais são carismáticas, e temos Melissa McCarthy mais jovem e fazendo comédia de suporte, e é fascinante observar como ela refinou sua arte ao longo dos anos. A direção é televisiva, com momentos para inserção de comerciais, mas nada exagerado, o ritmo não é prejudicado.
Young Royals 2021-07-31 [series] Um trabalho bem sueco, com equipe sueca e casting sueco. Falado em sueco, inclusive. Sobre as idiossincrasias da realeza sueca em tempos de diversidade e discussões sociais. Tudo começa quando um dos herdeiros do trono, o mais jovem, apronta em uma festa e precisa pedir desculpas em público para toda a nação. Internado em uma escola onde são vistos alunos de classes distintas e um pequeno abismo entre elas, o primeiro episódio da minissérie já pontua com precisão os temas que serão abordados durante sua história: a tensão política, juvenil e (portanto) sexual que se delineia entre aqueles representantes da explosão hormonal.
Carrossel do SBT 2021-07-24 [series] Tudo começa cem anos atrás. Na década de 20. A outra década de 20. Um aluno é fascinado pelas virtudes humanas de sua professora e a mantém em sua memória afetiva até o dia em que começa a escrever sobre aqueles saudosos dias na escola. Agora já estamos na década de 40. Sendo publicadas por uma revista argentina, as histórias chamam a atenção para o aspecto social que surge entre as interações daqueles alunos e sua tenra, atenciosa e, de certa forma, ingênua professora.
Supermães 2021-07-05 [series] Série atualmente com cinco temporadas na Netflix, a ideia é ser uma comédia de mães empoderadas, o que me faz sentir muitas dúvidas se eu deveria estar dando risada dos draminhas sociais do novo século embutidos na história dessas mulheres que tomam as rédeas de sua própria vida. Por ser comédia é levemente exagerado, mas eu não estou a par dos movimentos sociais no primeiro mundo para entender se a imbecilidade está de fato nesse nível e este é um documentário.
Forever 2021-06-12 [series] Comédia simpática. Maya Rudolph e Fred Armisen interagindo de maneira sarcástica e cheio de subtextos são os melhores momentos, mesmo que os diálogos sejam péssimos. Isso é improvisado? A direção do criador Alan Yang é cheio de incertezas. Ele esconde essas incertezas em um estilo difícil de seguir, meio indie, meio boomer do novo século. O roteiro é igualmente indeciso. Sai do banal e cai no sentido da vida. Uma série sobre nada e tudo ao mesmo tempo.
Lúcifer 2021-06-12 [series] Seu sotaque e sua dicção são sexy. Esta é uma série em que o diabo de férias na Terra gosta de brincar com os humanos. Muitos deles devem-lhe favores e ele está cheio de disposição para sair por aí trocando farpas verbais e um pouco de ação em mais essa série policial.
Meu Amor: Seis Historias De Amor Verdadeiro 2021-06-12 [series] Um seriado de longas documentais sobre histórias de amor que já passam de décadas. Assisti o do casal do Brasil, Nicinha e Jurema. É sobre a rotina das duas moradoras da Rocinha, favela no Rio de Janeiro. De idade já avançada, elas trabalham o dia-a-dia com planos para o futuro sendo desenhados, os rituais do presente e tenras lembranças do passado. É uma edição relaxante, sem tensão alguma. Quase um vídeo de homenagem ao simples.
Outlander Quinta Temporada 2021-06-12 [series] Após uma leve queda na produção na temporada anterior, a Season 5 demonstra mais uma vez que é de um primor artístico. A maquiagem, o figurino, a direção de arte. O elenco fixo está agora à vontade independente da época que quer retratar. Que no caso agora é a iminência da guerra americana das colônias. É esse ar aristocrático dos personagens Claire e James Fraser, seguido de perto por Brianna. É o espírito do tempo materializado em cada quadro, e em muitas falas.
Sweet Tooth 2021-06-12 [series] Era uma vez um mundo pós-Covid onde o que sobrou foram millennials que achavam ser a solução de todos os problemas. Também achavam que eram metade homem, metade bicho da floresta. Nesse universo a mãe natureza está nervosa com os humanos carnívoros e a salvação é um bando desses furries veganos.
Hilda 2021-05-28 [series] [animation] Série animada bem desenhada. Seus tons de cores e formas são aconchegantes, assim como seu movimento ritmado com uma lúdica e tranquila trilha sonora. E esse sotaque britânico é tudo de bom. Hilda é uma garota que vive com sua mãe na floresta, cheio de criaturas fantásticas e aventuras a aguardando. Não é infantil, há temas juvenis que podem ser vistos como adultos. E não é infantil de tratar as crianças como estúpidas.
Girl From Nowhere 2021-05-22 [series] Essa série tailandesa meio trash com baixo orçamento e histórias de mistério, crime e fantasia requentadas é ruim demais, e por isso mesmo é muito fácil de assistir. Nada de planos milaborantes nem design de arte rebuscado. O set é de novela, as falas são basiconas e o elenco é de dar risada. Aliás, sorriso é o que Nonna, a aluna misteriosa interpretada por Chica Amatayakul, sabe mais fazer. Meu Deus, como ela sorri.
Love, Death & Robots: All Through the House 2021-05-22 [series] Um delicioso conto narrado em uma animação sólida, que conhece as texturas para mesclar o quase fofinho com o horripilante. Gostei particularmente do momento Aliens, mas toda a sequência é brilhante em se auto-conter em seu universo limitado: crianças aguardando o Papai Noel na noite de Natal. Onde estão os adultos nessas horas? Não importa. É isso que quero dizer com universo limitado. Só essa sequência é o que importa. O episódio pega uma história lúdica com uma ideia provavelmente já executada inúmeras vezes, mas dessa vez elevada para a grande computação.
Love, Death & Robots: Automated Customer Service 2021-05-22 [series] Um futuro estilo Wall-E só com humanos velhos e pets, sendo que pet pode ser um desses cachorros pequenos ridículos ou uma espingarda. As máquinas fazem tudo pelos humanos, inclusive causar um pouco de emoção, como um aspirador se revoltar e sair matando seu dono. É o que acontece nesse episódio da série que une efeitos digitais com histórias curtas e sangrentas ou sexuais (ou ambos, meu preferido). A nova temporada da série estréia em baixa com uma história requentada de outros carnavais e com efeitos que não nos causa qualquer comoção.
Love, Death & Robots: Ice 2021-05-22 [series] Qual era a sacada aqui? Uma série que começou promissora e revolucionária no quesito efeitos digitais e sem travas por idade, este episódio precisa inserir personagens de várias etnias morando na periferia da humanidade, um planeta inóspito, trabalhando para uma gigante indústria de extração. Alguns possuem a biologia melhorada, enquanto os outros são excluídos. É uma diversão de jovens por adrenalina. Uma história sem imaginação visual nem narrativa, a velha cartilha do artista que se apaixona pelo conto do proletariado.
Love, Death & Robots: Life Hutch 2021-05-22 [series] Você percebe o quanto o pessoal da computação economiza em cenas com movimento de face humana neste tenso, ótimo episódio de Love, Death & Robots. Aqui temos esses dois últimos da equação em uníssono. É a morte da guerra encubada em um container da sobrevivência. Aquele longa-metragem chamado Vida poderia se beneficiar dessa enxuta narrativa. Mas voltando à face humana, mesmo economizando tempo de tela, nossa capacidade de emular um rosto humano e todos os detalhes sutis captados apenas por nós está melhorando na computação.
Love, Death & Robots: Pop Squad 2021-05-22 [series] Love, Death & Robots. Os robôs do título são os criadores desse episódio, que se aproveita de todo clichê solidificado do estilo drama policial noir futurista para falar sobre uma época egoísta onde a humanidade pode viver para sempre, mas por causa disso precisam exterminar todas as crianças que ousem nascer. A história é triste, no mau sentido, mas piora com os efeitos visuais desses semi-humanos computadorizados. Você não pode sentir pena deles com suas expressões mecanizadas e ângulos manjados.
Love, Death & Robots: Snow in the Desert 2021-05-22 [series] Haha, que trocadilho genial. Muito bom, mesmo. Quase tão bom quanto essa história tão original e tocante. Pelo menos tem sangue, um pouco de sexo e cérebro voando. Não necessariamente nessa ordem. Eu não sei qual a prioridade nesse workshop de computação, mas a pele humana tem melhorado bastante entre as escurinhas, mas os caucasianos ainda estão um pouco estranhos. Falta o ar nojento. A fotografia é tão estilizada que as areias desse planeta inóspito não existe.
Love, Death & Robots: The Tall Grass 2021-05-22 [series] Um conto de terror enxuto, eficiente, mas termina no efeito. Sem memórias para guardar, é a sensação o mote deste curta da série de robozinhos que matam seres humanos. Nesse episódio não há robôs, nem morte e muito menos amor. Eu implico com o título da série porque ela não é honesta. What you see is not what you get. Este episódio é um ótimo exemplo, já que ficaria bem melhor do catálogo de Contos de Cripta.
Anatomia de Grey (Grey's Anatomy) 2021-05-15 [series] O piloto dessa série pulou nos títulos aleatórios da Netflix. Já tinha visto um pedaço ou outro, mas primeira vez que começo a série. Assisti cinco minutos de Jupiter's Legacy nesse esquema, mas assisti o episódio inteiro de A Anatomia de Grey. As produções pré-streaming, mesmo que para TV, possuíam um formato manjado, tão ou mais quanto as produções de internet, mas havia uma qualidade inerente em sua estrutura, seus personagens, seu roteiro e produção.
BoJack Horseman 2021-05-15 [series] Essa é uma série de animação simples de entender sobre os problemas contemporâneos da sociedade americana em não abraçar a verdade, preferindo se esconder por trás de uma capa de proteção politicamente correta. Também ressalta como é fácil ser honesto a respeito da vida lá fora, mas como é infinitamente mais complicado falar de sua própria infância. Bojack Horseman utiliza também um pouco das diferentes espécies que convivem nessa Los Angeles do glamour para destilar venenos sobre como as pessoas ignoram o que são e preferem ser tratadas como não são, como uma gata que quer evitar que os outros a vejam como.
Lei & Desordem (Brooklyn Nine Nine) 2021-05-15 [series] Essa série de polícia irreverente usa a pegada de câmera semi-documental e personagens interpretados por Terry Crews, entre outros. Bom casting. Lembra a série de filmes Loucademia de Polícia sem os estereótipos e com mais diálogos sarcásticos. Ela é morna desde o início, segue o clima descontraído com episódios fechados da TV aberta. Boa para passar o tempo. É curioso como os personagens são apresentados de maneira oficial pela chegada do novo sargento, mas como é nas sutilezas que percebemos os detalhes da personalidade de cada um.
O Legado de Júpiter 2021-05-15 [series] Estou adorando esse modo de título aleatório que a Netflix criou nas TVs LG (não sei se tem em mais algum dispositivo). Basicamente você clica em seu perfil e o serviço de streaming vai passando títulos "aleatórios". Você pode pular para o próximo em um clique do controle remoto. É como ter o modo TV de volta, com as vantagens de não ter comercial e tudo começar do começo. Por que estou falando isso em uma nota sobre Jupiter's Legacy?
Depois da Chuva (aka Koi wa Ameagari no You ni) 2021-03-27 [series animes] Que piloto, meus amigos! Um exemplo de episódio. Vamos descobrindo sobre o que é o anime aos poucos. As dores e descobertas do passado conversam com a Akira do presente que não sabe o que será da Tachibana San do futuro. Por quê? Porque ela era uma jovem colegial cheia de potencial nos esportes e sofre uma lesão em sua perna. Em meio aos pensamentos melancólicos ela acaba em um café para esperar a chuva passar e conhece o gerente de meia-idade do estabelecimento.
Obsolete 2021-03-13 [series animes] Bem bacana a animação. O traço dos desenhos lembra aqueles esboços dos desenhistas antes da arte final, o que muitas vezes é melhor que a arte final, pois permite ao espectador viajar mais nos conceitos de maneira abstrata, livre. A coloração para a noite do E01 mantém uma textura magnética, estilizada e impressionante do primeiro ao último minuto. O uso de poucos frames em cenas mais calmas nos dá um ar contemplativo do que está por vir, e mais uma vez é uma abstração mais livre que torna a narrativa mais poderosa.
Say I Love You (aka Suki-tte Ii na yo) 2021-03-13 [series animes] Traços expressivos e uma produção estilizada que chama a atenção para si pela edição, música e montagem formatam esta série como um trabalho denso sobre as profundezas de um trauma infantil. Mei não tem amigos por causa de um desses traumas do passado e chega à adolescência como uma garota quieta e isolada. Vista como maluca e antipática pelos colegas, ela chama atenção obviamente do cara mais popular da escola, pois caras populares estão cansados de rostinhos lindos lhe dando bola.
Ao-chan Can't Study 2021-03-07 [series animes] O pai dela é um famoso escritor de livros eróticos e seu próprio nome foi escolhido pelas iniciais das palavras amor e orgia. Disposta a quebrar essa "tradição" na família ela decide se dedicar totalmente ao colégio e aos estudos para fazer uma faculdade bem distante de seu pai. Ao-chan é o símbolo da repulsa feminina ao instinto libidinoso de todos os homens, que nos leva a falar, agir e imaginar a todo momento formas de enfiar nosso membro genital no buraco disponível mais próximo.
Kiss Him Not Me (aka Watashi ga Motete Dousunda) 2021-03-03 [series animes] Kae Serinuma é gorda e mantém uma rede de amigos lindos e perfeitos no segundo ano do colégio. O motivo: ela shipa secretamente os meninos. Otaku como sua amiga, juntas elas vivem esse mundo de amores 2D, mas Kae é mais podreira e não se vê namorando. Mas tudo muda quando ela fica uma semana em seu quarto, emagrece e se torna linda. Agora ela vai ter que lidar com a perseguição de todos esses garotos lindos que não deseja beijar, mas que beijem uns aos outros.
Lupin 2021-02-19 [series] Cuidado com essa minissérie, que de mini não tem nada. Ela apresenta em quatro horas uma história que não termina, o que vem se tornando um padrão em streaming. Vá assistir dois filmes lançados antes de 2010 que você ganha mais. Ela conta a história do ladrão literário misterioso cheio de artimanhas em uma adaptação Netflix, o que quer dizer obviamente que o herói será negro e vítima de racismo velado.
Soulmates 2021-02-19 [series] A premissa dessa série é que no futuro haverá um Tinder mágico que dirá quando houver um match entre duas pessoas feitas uma para a outra. Já existem séries parecidas, mas a diferença aqui é que as histórias individuais de cada episódio exploram o que acontece quando a situação está longe de ser perfeita para que um casal seja formado. Futurista, mas bem pouco. O único traço constante são os celulares transparentes.
The Great Passage (Fune Wo Amu) 2021-02-19 [series animes] Um anime sobre dicionários. Esse é o nível de riqueza dos assuntos das animações japonesas. Não só isso, mas a riqueza de detalhes também. Esta animação possui traços de cenário que nos faz prestar atenção além do esperado nas imperfeições de uma parede ou um móvel de madeira. Como os sinais de envelhecimento de uma casa onde um jovem introvertido mora com sua idosa e simpática senhoria. Ele descobre que nasceu para fazer dicionários e entra em um novo projeto para fazer um, estimado em dez anos de trabalho.
Um Delduca no Pedaço 2021-01-17 [series] Esta série de anime obscura iniciou há mais de três décadas. Na época na região de Mococa, interior do estado de São Paulo, nasciam os primeiros computadores pessoais e esta é a história de um jovem que aprendeu a usá-los como ninguém. Se renovando a cada nova temporada, a série foi se adaptando com o surgimento da internet e, principalmente, dos stickers. Foi nesse momento que a gama de espectadores aumentou consideravelmente.
One Punch Man: Return of the Hero 2020-12-26 [series] Bem decepcionante esse início de temporada. Esta é uma série de uma tacada só, mas money talks e a tentativa de continuar a aventura que nunca acontece acaba se levando a sério e com poucos momentos cômicos que faziam-nos repensar a baboseira que são as séries de super-heróis com seus níveis malucos, e a sindicalização (fora os vilões hilários, vilanescos). Neste episódio é usado o arco de um dos primeiros humanos salvos por Saitama, da época em que ele tinha cabelo.
Sherlock: The Final Problem 2020-12-08 [series] O último episódio da série da BBC sobre o detetive mais famoso de todos os tempos (e sua família) está longe de ser o melhor de todos, mas assistindo agora em revisita soa melhor do que a primeira vez. Talvez as séries e filmes que assisti nesses últimos três anos não tenham ajudado muito a elevar a sétima arte, com raras exceções. O mundo está muito chato e condescendente com uma barra que talvez nunca tenha baixado tanto em tão pouco tempo.
Dietland 2020-12-06 [series] Série sobre o de sempre: aceite seu corpo, indústria de cosméticos. Tudo muito suave para chamar a atenção. O feminismo do século 21 no Ocidente se limita a lutar contra a opressão das pessoas acharem que só existe um tipo de beleza. Ela recusa cantadas porque sabe que os homens só querem comê-la por fetiche. Ela passa mal por estar em uma dieta da moda que é horrível. 2020-12-13 Vi outro episódio.
How to Keep a Mummy 2020-11-22 [series animes] Esta série de anime adorável é sobre voltar a enxergar a ternura do dia-a-dia, a fazer do carinho entre mascotes e filhos o tema principal. Não há vilões (pelo menos não até onde acompanhei) nem reviravoltas. Apenas uma pequena múmia adorável e seus amigos. A descoberta sobre o que ela come, como ela trata uma doença e se outros compartilharão do mesmo respeito e admiração dessas criaturinhas sabendo que elas existem.
Sherlock: A Scandal in Belgravia 2020-11-22 [series] Um dos melhores episódios da série é o primeiro da segunda temporada, A Scandal in Belgravia. Ele estabelece uma intrincada rede de personagens que crescem dentro de uma trama que envolve a continuação da temporada anterior nos seus últimos momentos após termos sido apresentados a Jim Moriarty e a emenda com Irene Adler, uma dominatrix que impressiona menos pelo sexo e mais pelo seu uso político. E por falar em política há uma participação maior do Reino Unido e outros governos em torno dessa mulher com um chicote que torna a história ainda mais picante.
Sherlock: The Blind Banker 2020-11-22 [series] Segundo episódio da série da BBC, uma vez consolidados os personagens clássicos de Sir Arthur Conan Doyle na época contemporânea, o segundo roteiro se permite ser mais denso e brincar com mais referências que precisam estar na memória do espectador que for acompanhar as tramas se desenvolvendo enquanto os personagens vão evoluindo junto. Se por um lado este é o primeiro encontro de Watson com uma crush que conheceu no seu primeiro emprego após a volta da guerra, esta também é uma oportunidade para analisarmos sua relação com Sherlock, que é divertidamente possessivo e ciumento, mas que ao mesmo tempo possui suas razões para acompanhá-los.
Sherlock: The Great Game 2020-11-22 [series] Um atributo admirável dessa série da BBC é que ela não cai na tentação de serializar histórias do detetive como se fosse comum crimes extraordinários acontecerem todos os dias em Londres. Cada episódio implicitamente gira em torno da única pessoa com motivos para trazê-los à tona: Moriarty, arqui-inimigo de Sherlock. E aqui os produtores e criadores sentem que é hora de apresentá-lo, já na primeira temporada que chega ao final. Sua aparição é discreta e em uma revisita impossível de não perceber os seus detalhes.
O Gambito da Rainha 2020-11-14 [series] Xadrez para os fracos Esta série da Netflix, que por isso me dá certa alergia, só me chamou a atenção porque tem xadrez no meio, do qual sou aficionado, mas depois descobri que é do mesmo roteirista de Logan. A história é de uma garotinha que se tornou órfã de mãe após um trágico acidente de carro e no orfanato aprende xadrez apenas observando o zelador e jogando em sua mente.
Miss Kobayashi's Dragon Maid 2020-10-13 [series animes] Atualizado em 2020-10-22 Ela se diz um dragão, mas é doméstica e tem peitão. Essa série possui traços fofos e nos remete a épocas menos estilizadas. Um episódio ou dois é suficiente para matar a curiosidade, mas seus personagens são cativantes e são apresentados aos poucos, o que merece uns episódios a mais (depois cai na mesmice). Você já os viu antes em outros animes, mas não com essa personalidade cativante.
Rascal Does Not Dream of Bunny Girl Senpai 2020-10-11 [series animes] Este anime adolescente foca nos dramas da idade: fama, bullying, desconexão com a realidade. Seu ritmo é lento. Ele reflete sobre a transição para a fase adulta como uma criança veria. E sua grande atração é como um adolescente tarado veria: uma linda garota vestida de coelhinha da Playboy.
Glow Up 2020-10-04 [series] Sempre que minha esposa assiste algum reality onde é a habilidade das pessoas que está em jogo eu acabo assistindo mais do que devia. Em Glow Up são artistas de make-up, e a escalada de cada um deles revela mais do que apenas trabalhos de maquiagem. É uma imersão na dinâmica de um criador em pegar um conceito qualquer e transformar em algo para os outros admirarem. É sobre técnica, mas muito mais sobre estilo, e mudança de estilo.
Pica Pau 2020-10-04 [series] O desenho icônico dos anos 50 e 60 apresenta hoje uma série de frases icônicas que permanecem atuais até hoje. A arte não é das melhores, mas para a época é marcante. Ele passou pelo teste do tempo e ressurgiu nas novas gerações com um ícone, em moldes semelhantes a Chaves ou Star Trek. Não a mesma qualidade, mas a mesma transformação nas cabeças dos jovens.
Queer Eye 2020-10-04 [series] Esta série sobre pessoas aumentando a auto-estima das outras com dinheiro, atenção e serviços profissionais foi idealizada pela produtora Netflix e por isso está assinado com sangue gay. É sobre cinco fabulosas bichas que são habilidosas, cada uma com seu expertise. Design de interiores, gastronomia, roupas, auto-ajuda e maquiagem. Tudo em um pacote que busca pegar uma pessoa "da plateia" que esteja "marginalizada socialmente". Nem sempre, mas é preciso ser a maioria.
Ratched 2020-10-04 [series] Tudo é desculpa para fazer um filme ou série de streaming. Nesse caso é a personagem Enfermeira Mildred Ratched, do livro, peça e filme Um Estranho no Ninho, aquele protagonizado por Jack Nicholson e que cria uma das vilãs mais icônicas do cinema, a tal enfermeira. Essa figura ficou tão marcada que agora surge em uma reencarnação com a cara da Sarah Paulson, a conhecida atriz da série American Horror Story.
Restauradores do Rust Valley 2020-10-04 [series] Esta é dessas séries automobilísticas em que as pessoas consertam carros velhos. Só que o cara que conserta esses carros é velho. Os carros não são apenas velhos: são sucatas em seu ferro-velho. Seu amigo é das antigas e deve fazer mais piadas do que as câmeras mostram. Sua risada me lembra meu amigo bonachão. Por onde ele passava fazia as pessoas pararem para ouvir sua risada. A montagem da série gira em torno desses dois velhos amigos e os problemas financeiros desse negócio que nunca teve futuro.
Sem Maturidade Para Isso 2020-10-04 [series] Dos mesmos criadores de Regular Show, eis uma animação com momentos frenéticos, ideias estupendas, ótimas sacadas e que cai na mesmice uns três episódios depois, mas a primeira temporada é tão breve que você mal percebe. Perto de atrocidades como Hoops, que segue a fórmula obtusa e ultrapassada de criticar o politicamente incorreto, Close Enough é uma obra de arte. É dinâmico e tenta não repetir piadas, e as encaixa tão rápido que uma ou duas que não tenham graça passam despercebidas no meio da tempestade de ideias.
Mr. Bean 2020-09-29 [series] Apesar das ideias e piadas ultrapassadas, o que não acometeu o experimental Monty Python, por exemplo, essa série britânica dos anos 90 brilha mais pelo humor físico de seu protagonista, Mr. Bean, que brinca de referenciar as piadas internas sobre os comportamentos condenáveis de um britânico. Bean faz um Chaplin da Rainha com um timing e expressões admiráveis. Figura no imaginário popular até hoje, mais até que Jim Carrey. É difícil lembrar de como Carrey era bom no humor físico porque suas piadas eram muito boas.
Parks and Recreation 2020-09-29 [series] Já vi episódios espalhados dessa série em alguns momentos nos últimos dez anos. A primeira ou segunda temporada já concluí com certeza. Mas ainda estou incerto se vale a pena assistir até o final, assim como The Office, embora este arrisque um pouco mais nos perder (uma coisa boa em séries e filmes que geralmente é menosprezado). Amy Poehler é tudo de bom, mas os personagens secundários empalidecem. Inexplicável como alguns deles se deram bem no show business, seja como comediante de standup e série netflixiana ou como heróis de sagas multimilionárias.
Seinfeld 2020-09-29 [series] Seinfeld é um comediante nerd: passou boa parte de sua carreira atrás dos holofotes criando piadas diariamente e catalogando sua estreia na TV. Já nele ele encaixa boa parte delas em episódios que misturam sua vida como o personagem do comediante de standup. Ou estou confundindo com o modelo de Louie, que é infinitamente melhor? Ele não é ator, está longe de ser, e a série é de improviso. Funciona médio, mas se tornou cult, assim como Friends, ou qualquer série que você assista demais e simpatize com aquelas pessoas como velhos amigos de sofá.
The Boys 2020-09-29 [series] Quando você assiste uma série com quase uma hora o episódio você espera o mínimo de profundidade. Mas todos moram na mesma vizinhança em The Boys, e isso me entedia em uma série com heróis inseridos em uma realidade Watchmen em uma fase mais trumpiana, menos pesada que Nixon (ou como Watchmen entendia esse período da história americana). O cinismo e mal-caratismo também faz parte do pacote do que significa ser um herói nesta realidade, que envolve ser uma celebridade acima de tudo, mas por detrás das câmeras um político.
The Feed 2020-09-29 [series] Um thriller futurista meio dark. O mistério no ar no primeiro episódio não é tão eficiente para querermos ver mais, e o universo concebido para a trama minimalista. O conceito, no entanto, é curioso. Ainda que pouco explorado. Um elenco britânico misturado com outras etnias são um plus, mas não convence. Nem os atores negros, claramente escalados por cotas de diversidade (mas competentes, só que sem função na narrativa). Todas as ideias que constrõem as teorias do mundo conspiratório de hoje traduzidas nesse conceito de mentes conectadas.
Community 2020-08-19 [series] Não sei se gosto de Community tanto quanto a primeira vez, uns dez anos atrás. Um de nós três deve ter envelhecido, e não de uma maneira boa: eu, a série ou a sociedade. As brincadeiras da série em torno do politicamente correto giram confortavelmente no limite do aceitável. E, no pior dos casos, sempre temos Pierce, o velho incorrigível, para fazer os comentários racistas e homofóbicos. Porém, se quando lançada, a série usava esses termos quase como jargões fora do mainstream, gerando um certo ar de estranheza para quem mora fora dos EUA, hoje nosso comportamento, ou ao menos o da sociedade americana, é pautado nesses conceitos.
Jaspion: mais profundo que Star Wars 2020-08-19 [series] Não à toa, essa série japonesa dos anos 80 fez enorme sucesso no Japão e no mundo. Ele eleva a fórmula de ação japonesa com monstros gigantes (gênero conhecido como tokusatsu) a um novo patamar, adicionando estrutura no roteiro, direção coesa, trilha sonora envolvente, efeitos visuais satisfatórios (até hoje), poucos diálogos explicativos (o que é uma mania japonesa, principalmente em animes) e profundidade filosófica mais madura que Star Wars (o que não é difícil, mas convenhamos: é sobre monstros e um robô gigante).
Modern Love 2020-07-26 [series] O conceito é de histórias curtas baseadas na coluna homônima do New York Times. Tem a ver com amor representado de diferentes, inusitadas, formas. Possui uma direção enérgica que combina transições elegantes e músicas que evocam os sentimentos desejados do espectador, mas com muita delicadeza. É um trabalho sincero, de passar o tempo, fácil de apreciar, difícil de sair dos trilhos. Satisfação garantida pelos fãs do que é fofinho, mas não óbvio de maneira ofensiva.
O Grito: Origens 2020-07-20 [series] Assim como o original, falado em japonês, o que é um plus, mas ele é muito comum e seu tom inusitado é revelador demais. Não queremos este mistério desvendado, queremos levar sustos. A série de streaming leva tudo a sério e faz perder parte do que nos fazia gostar de O Grito: o gore, o trash e a falta de uma estética de terror que seja esquecível. Exceto seu grito do título, claro.
American Horror Story Season 5 2020-07-15 [series] A maior virtude de AHS é sua direção de arte. Existe um desafio na série em conseguir agradar os diferentes fãs de terror, seja gore, sobrenatural ou dramático. E o figurino, a fotografia e o design de produção conseguem captar uma essência genérica o suficiente para que todos se sintam representados e única o suficiente para essa ser A temporada sobre hotéis tenebrosos. Com um tom pesado o suficiente para existir vampiros na trama e ainda acharmos isso relevante ou novidade, a relação entre sexo e vampiragem surge espontânea e orgânica com a aparição de Lady Gaga nesse papel.
Japão Submerso 2020-07-15 [series animes] A animação é menos cartunizada e um pouco mais realista. São capturados momentos e sensações, as coisas que prestamos atenção quando algo acontece em nossa volta. E muitas coisas já acontecem no E01. Sentimentos de culpa e sobrevivência e impotência cerceam Japão Submerso, uma série animada de catástrofe.
The Nanny 2020-07-15 [series] Envelheceu bem. É um sitcom como os primeiros com risada gravada e piadas empilhadas em episódios curtos. Algumas atrizes se destacam, como a principal e a mirim. É sobre as diferenças sociais de uma vendedora de cosméticos de um bairro periférido de Nova York indo trabalhar como babá dos três filhos de um viúvo ricaço. Uma mistura de Sound of Music americano e alguma outra coisa que a torna americana. Ser enlatada, talvez.
Upload 2020-07-15 [series] A fotografia é perfeita, de filme, e logo corta para o metrô lotado de Nova York e as cores de vídeo caseiro. Depois as cores ficam um pouco melhor, mas é o contraste que interessa nesse momento. Várias ideias interessantes surgem na tela, ainda que pouco acuradas. Existe no universo de Upload uma sarcástica sci-fi que retrata um futuro muito próximo onde é possível subir para a nuvem nossa consciência e continuar a vida por lá, no formato digital, em um mundo virtual à sua escolha.
Wotakoi: Amor é Difícil para Otakus 2020-07-15 [series animes] Série para meninas ou garotas com o tema otaku. Garotas otakus possuem problemas específicos. A protagonista aqui saiu do último emprego por causa disso e agora encontra um amigo de infância otaku de games e sua própria supervisora é uma otaku famosa. É um material leve, até demais, que faz uma personagem correr até o metrô e em seguida mostra o aviso de que não se deve fazer isso. A preocupação é em ser um conteúdo mais maduro e sobre sentimentos, ao mesmo tempo que engraçadinho (e consegue graças à dublagem fofa).
Bleach 2020-07-11 [series animes] Apesar de ser de 2006 Bleach lembra animes dos anos noventa como Evangelion pela sua pegada intimista, mas que aos poucos revela ser desse século, mesmo, sobre as constantes divagações sobre nossa essência, em uma abordagem mais abstrata, embora não menos direta: há fantasmas bons e maus. Apresentada rapidamente, a trama é sobre esse jovem que consegue ver espíritos. A família cuida dos vivos em uma clínica e ele cuida dos mortos.
Evangelion No More 2020-07-11 [series animes] Cansei de Evangelion em meia-dúzia de episódios, apesar se seu ritmo ser agradável e suas personalidades femininas fascinantes. Além de ser um trabalho artístico deslumbrante para sua época. É uma pena que seu protagonista seja cria dos emotivos anos noventa, uma criança abandonada pelo pai, órfão de mãe e que se sente inadequado diante de lindas e maduras jovens. Seu pai é um insensível sádico que pode estar se vingando no filho pela perda da mãe.
Westworld No More 2020-06-21 [series] Não consigo mais continuar assistindo à terceira temporada de Westworld. Eu sei que as robôs feministas são demais, mas a loira com o cabelo preso vestindo preto parece mais uma alemã lésbica. E Jesse é o aviãozinho que lhe traz as drogas para ela e sua esposa mais alta que eu imagino que deveria existir neste universo de beldades estéreis. Uma droga psicodélica faz Jessie enxergar a realidade sob diferentes gêneros cinematográficos e eu me escondo de vergonha de ainda estar interessado em dar play nessa monstruosidade que se tornou a série.
Gekkan Shojo Nozaki Kun 2020-05-16 [series animes] Assisti a esta série a temporada inteira e me esforcei para não debochar da fórmula e em troca ganhei algumas piadinhas. Algumas até engraçadas, mesmo que previsíveis. Quem não liga para isso é mais feliz assistindo animes. É até possível sair da fórmula imposta pelos gêneros de animes, como este "mangá para garotas", mas esta é uma série que não o faz. A ideia é uma história onde a menina se apaixona por um desenhista de.
Westworld S03 E01 2020-04-28 [series] Não há muitos motivos por trás de quem deseja assistir à continuação de uma série como Westworld. Exceto a falta do que fazer, talvez. As ambições da série terminaram na primeira temporada e agora ela se estende pelas suas ideias que deixaram de ser filosoficamente ambiciosas e passaram a retroalimentar o sistema moralista vigente. A introdução do novo personagem da classe trabalhadora interpretado por Aaron Paul (ótimo casting) e a vida lá fora, com seus arranha-céus ecologicamente corretos, seriam motivo suficiente para assistirmos a mais uma temporada?
Terrace House 2020-04-15 [series] Como o fato dos participantes saberem que se trata de um programa televisionado faz com que a verdade saia pelas beiradas, revelando como personagens são criados e mantidos em rede mundial. A maior crítica que se pode fazer de um reality show é que a parte "reality" nunca consegue se sobrepor ao "show". Se a própria vida já é um show, em que todos estamos apresentando e cuidando de nossos egos quando em público, o que dirá com dezenas de câmeras apontadas para você, interagindo com pessoas que nunca viu na vida.
Self Made: Inspired by the Life of Madam C.J. Walker 2020-03-27 [series] Daquelas séries biográficas que pode ser lida em quinze minutos na internet. E de quebra você estará melhor informado sobre os fatos e não engolirá a cartilha social corrente. Por exemplo, é óbvio que a filha dessa milionária negra não era lésbica na vida real, assim como não existia uma vilã milionária mestiça para confrontar a pureza do sangue de uma afro-americana. Parece existir apenas uma verdade nessa mistureba roteirizada por Nicole Jefferson, Elle Johnson e a tataraneta da protagonista: no fundo todos gostariam de ser brancos.
Beastars 2020-03-22 [series animes] Lembra Zootopia, mas é muito mais adulto, embora se passe em um colégio, como muitos dos animes japoneses desse gênero de relacionamentos. Ele lida com a questão do instinto criando um universo onde presas e predadores convivem, e em meio a um grupo de teatro ocorre um crime da natureza. Poesia e potência são os ingredientes mágicos desta série com ótimas ideias de mixagem de técnicas e formatos de animação. Unindo 3D, computação e os traços típicos de desenho japonês, Beastars vai além tanto pela estética quanto pela argumentação, embora falhe em desenvolver ambos de maneira satisfatória.
Coletivo Terror 2020-03-22 [series] Além do fato de ser falado em norueguês, o que foge do lugar-comum, esta produção Netflix não tem nada de novo. São ideias para filmes de terror condensadas em meia-hora por episódios. Eu assistiria alguns desses episódios no formato filme, mas consigo me divertir muito mais observando as ideias originais sendo lançadas no cesto de lixo em uma produção para TV. Espero que algum produtor olhe para elas e diga: "isso pode dar um filme".
Better Call Saul: Rest in Peace? 2020-03-19 [series] Os quarto e quinto episódios da quinta temporada parecem finalmente ter saído dos trilhos que mantêm a qualidade das obras de Vince Gilligan para TV. Vemos nossos personagens queridos falando mais do que deviam, em específico Mike, que parece não pertencer mais a ele mesmo e revela fraquezas de interpretação de Jonathan Banks que, assim como as de Dean Norris e seu Hank Schrader, poderiam ter ficado de fora sem ceder à pressão inócua dos fãs.
Better Call Saul (S05 E01) 2020-03-02 [series] Avançando no futuro e no passado, eis que chegamos ao momento que Jimmy se torna Saul. E não é nada glamoroso. Causa uma estranheza um advogado com ternos coloridos de tamanhos inadequados aparecer de repente, como uma borboleta defeituosa, com uma asa faltando, que surge do casulo. Mas a vida real é assim, e Better Call Saul eventualmente nos esfrega mais realidade do que a série de onde ele surgiu, Breaking Bad.
The Witcher 2020-01-12 [series] Henry Cavill fazendo voz grossa estilo do Batman e personagens que soam como NPCs de jogos de computador, The Witcher é de dar sono em seus primeiros quinze minutos. Introduzindo Geralt of Rivia, um bruxo bonitão, forte e com vestimentas de RPG, Cavill e seu comportamento robótico é a síntese dessa série baseada em uma série infindável de livros do escritor polonês Andrzej Sapkowski, além da síntese da maioria das séries que começaram na literatura e foram encomendadas por mega-corporações produtoras de conteúdo em massa para streaming.
Dont Fuck With Cats Hunting an Internet Killer 2020-01-11 [series] Esta minissérie documental narra uma investigação sobre um serial killer desde um vídeo dele matando gatos. Sua principal virtude é mostrar uma comunidade ativa na internet realizando descobertas impossíveis de serem feitas pela polícia por falta de tempo e recursos, mas quando os dois mundos se encontram é como se os investidores fossem incompetentes, sendo que na verdade eles não têm tempo de verificar todo e qualquer maluco que poste vídeos suspeitos.
Cells at Work! 2020-01-09 [series animes] Uma ideia fascinante ensinar o comportamento das células do corpo humano como se o organismo fosse o cenário de um anime onde se travam batalhas épicas em torno de um acontecimento que do ponto de vista macro se trata apenas de um arranhão. No decorrer da história placas são levantadas, explicando a função de cada tipo de célula que corre pelas veias (e provavelmente nos episódios seguintes acompanharemos outras partes do corpo humano).
Você 2020-01-09 [series] As boas ideias do mundo estão condenadas a se tornar séries medíocres de streaming. Este é o caso de You, que narra a história de um stalker que utiliza os mecanismos online que qualquer um de nós poderia utilizar, observa seu alvo pelas janelas e vitrines do mundo real, e que nutre um certo fascínio em conhecer a pessoa a distância. Esta é a única explicação para que o bem apessoado Joe Goldberg não se aproxime em definitivo da vida de Candance Stone, já que no primeiro encontro entre eles já ficou clara a conexão afetiva, e até uma certa tensão sexual.
Teasing Master: Takagi-san 2019-12-26 [series animes] É muito fácil não gostar dessa série por causa dela não explorar um tema que você goste e esteja na sua zona de conforto, e muito difícil deixar de gostar depois que você entende seu tema pueril. Ela é um respiro de ar livre de tensões fictícias, heróis e vilões, explosões e o salvamento do mundo, ou até como lidar com um poder inusitado. É apenas a história de um menino e uma menina pré-adolescentes.
Chernobyl 2019-12-11 [series] Um russo tudo fala na frente de um gravador. Em inglês. Ele prepara seis fitas cassete e deixa em um local premeditado para não serem descobertas pela KGB. Logo em seguida se mata. O clima de conspiração em plena União Soviética não impressiona mais. Na verdade é até esperado. Só não é esperado que russos falem em inglês. Chernobyl é uma minissérie em cinco capítulos de cerca de uma hora cada narrando os acontecimentos reais de uma noite fatídica e os dias e meses seguintes em uma cidade que começa observando a beleza das cores no céu vindas de um incêndio na usina nuclear e termina enterrando seus mortos em concreto.
Filmes Que Marcam Época 2019-12-02 [series] Esta série Netflix que acompanha a tendência do Brinquedos Que Marcam Época empolga por trazer o making off de trabalhos consagrados que hoje são reconhecidos como clássicos pelo grande público. Começa com os filmes Dirty Dancing: Ritmo Quente, Os Caça-Fantasmas, Duro de Matar e Esqueceram de Mim. Eu comecei vendo este último, que passa por toda a história necessária sob os olhos dos entrevistados que faziam parte do elenco de produção e que toparam participar da série.
Ninguém Tá Olhando 2019-12-02 [series] É gostoso assistir a uma série nova e sua ideia fresca, com algumas sacadas que revisitam temas anteriores, mas sob um novo olhar: o olhar brazuca. É assim que chega Ninguém Tá Olhando na Netflix, um trabalho conjunto entre uma cineasta de curtas documentais de aspecto social (Carolina Markowicz), o autor da terrível série 3% (Teodoro Poppovic) e um editor de filmes com forte fundo social, como Tropa de Elite e Cidade de Deus (Daniel Rezende), que justamente por conta de seus criadores e do formato televisito da rede de streaming vira uma maçaroca de dar dó já no seu terceiro episódio.
Fleabag 2019-11-18 [series] Esta série de comédia com episódios curtos apresenta uma protagonista que quebra a quarta parede trocando olhares significativos para nós, espectadores. São significativos porque nós entendemos que eles devem ser. Nessa comunicação extra oficial ela desmente e prevê o tempo todo as pessoas com quem interage, criando assim uma segunda camada de interpretação do que seria uma comédia de situação como todas as outras. Phoebe Waller-Bridge é a roteirista, atriz e produtora desta série.
Cinco Séries da Netflix 2019-07-27 [series] Descubra se puder: Esta série sobre evidências forenses mal formuladas com má ciência é uma versão de estagiário de Making a Murderer. Esta série de pegadinhas é tão politicamente correta que parece um documentário. Esta série com um gato gordo e um pinto que fica todo arrepiado está entre as melhores aquisições da Netflix nos últimos anos. Esta série inteira sobre tacos que é narrado por um taco ficou a cinco minutos de me dar um piripaque.
Black Mirror S05 E03 Rachel, Jack and Ashley Too 2019-06-15 [series] O último episódio dessa temporada de Black Mirror faz aquela empoderada básica, de cartilha, pra empolgar o público feminino, e no meio de grandes ideias desperdiça todas em um final que lembra qualquer outra série de suspense e ação menos a própria Black Mirror, essa série britânica que ficou conhecida por nos fazer pensar e não possuir finais fáceis. Ela emprega uma garota de quinze anos, Rachel (a competente Angourie Rice, de Dois Caras Legais), órfã de mãe e fascinada pela cantora pop Ashley O (Miley Cyrus) que, nenhuma surpresa, é um produto de marketing exposto em uma vitrine composta de shows e entrevistas para a mídia (qualquer relação com Miley Cyrus e sua persona Hannah Montana não é uma coincidência).
Black Mirror S05 E02 Smithereens 2019-06-14 [series] Eu sei, eu também gostava da versão futurista do Black Mirror, e acredito que eles continuarão a produzir episódios sobre o daqui a pouco tecnológico que nós tanto anseiamos como tememos. Porém, de vez em quando é de muito bom tom lembrar que coisas horríveis podem acontecer com a tecnologia que já temos hoje, nos alertando sobre o que preferimos ignorar: não são robôs dominando o mundo o grande medo de nossa evolução, mas humanos se comportando como robôs.
Black Mirror S05 E01 Striking Vipers 2019-06-10 [series] Black Mirror S05 abre com uma história de broderagem filmada em São Paulo, Brazil, lugar do universo onde mais tem broderagem. Pra quem desconhece o termo, é quando você é viado, mas só com seu abiguinho. O que me incomoda nisso tudo é um episódio de uma hora só pra contar essa história, sem nenhuma moral ou sentimento mais profundo. A série que alertava para os perigos da tecnologia vai pro caminho da putaria, mas em um conteúdo 18+ parece desenho de menininha perto do Love, Death + Robots.
Amor, Morte & Robôs 2019-06-09 [series] Love, Death + Robots é aquela série de animação que faz nós, nerds da primeira geração de vídeo games, com seus quadrados e retângulos de 16 cores que viram exploradores na selva (Pitfail, estou olhando para você) vibrarem como aquele personagem de Detona Ralph vibrou quando viu quanta resolução havia no rosto de sua amada. Nem todas as animações dessa série são sobre resolução e emulação do mundo real, mas episódios o suficiente para eu recomendar para todos meus amigos.
Como Vender Drogas Online (Rápido) 2019-06-09 [series] Esta série pisca para os nerds. A geração X (é essa mesmo? Fxda-se) não quer nada da vida e o Zuckerberg da Alemanha resolve vender drogas na darkweb apenas por um motivo: bxcxta. O desenvolvimento é complicado. O roteiro vai desenvolvendo a historinha como novela, sempre usando os mesmos artifícios. O amigo nerd o odeia porque ele abandonou o projeto motivado pela ex-namorada que não o quer, o namastê rico e bonitão de olho na mina dele, ele hackeando as contas das pessoas estilo Mr.
Feliz! S02 2019-06-09 [series] Passou o primeiro episódio da segunda temporada de Happy! diante dos meus olhos e eu não tenho a mínima ideia do que está acontecendo. Meu Deus, eu assisti o resumo da temporada anterior e fiquei mais perdido do que antes. A única coisa que vale a pena está nos primeiros cinco minutos: freiras explodindo ao som da música tema de uma temporada de American Horror Story. E eu não preciso assistir uma série inteira por isso.
The Umbrella Academy 2019-05-15 [series] Estava assistindo The Umbrella Academy e lá pelo terceiro episódio tive uma ideia genial: assistir já o último. A ideia para um crítico de cinema como eu é clara: não há nada que seja desenvolvido nos episódios intermediários que não será citado ou terá referências no season finale, e se houver não importa tanto assim. Tempo economizado, pretendo fazer isso com todas as séries se o começo não tiver indícios de que o resto seja acima da média.
I Think You Should Leave With Tim Robinson 2019-04-27 [series] Essa é mais uma das séries de comédia da Netflix que começa com suas melhores piadas no piloto e vai piorando. Ela tem uma pegada Monty Python de experimentação misturado com os canais da tv interdimensão de Rick & Morty, mas não consegue dar o salto final para o abismo. São quadros até que bem bolados, mas quase nenhum deles sabe bem quando parar. Alguns cedo demais, a maioria tarde demais.
Special Primeira Temporada 2019-04-26 [series] Tenho algo a confessar: o piloto de Special mentiu para mim. Pensei que seria uma série de humor negro onde alguém com paralisia cerebral seria atropelado constantemente por um carro. Mas não é. Está mais para um programa preenchendo cota para deficientes. E deficiente no caso físico, emocional e mental. Nunca é explicado na série o que é realmente um paralítico cerebral, mas a conclusão que chegamos no final é que se trata de uma pessoa que não consegue fazer algumas coisas como amarrar sapatos e embaralhar cartas, mas outras sim, como usar o celular e o computador.
Bonding 2019-04-24 [series] Bonding, ou Amizade Dolorida (como está na Netflix Brasil), é uma série curtinha, que quase pode ser um filme, se tivesse a ousadia de implementar um closure no final de sua temporada. Mas não importa: é um conteúdo solto. Livre, leve e solto. Ele trata de traumas de adolescência, sexo e fetichismo de maneira a abraçar o mundo. E é um abraço gostoso e engraçado. É mais ou menos essa a impressão dessa série que possui um elenco afiado para sua história, que envolve a amizade entre um gay/bi e uma garota atormentada pelos rapazes do colégio.
Special 2019-04-24 [series] Ryan O'Connel criou e é o astro de sua própria série. Ele tem paralisia cerebral, é gay (pelo menos na série) e não tem vergonha de sair do armário. Por ser gay. Já por ser aleijado... Esta é uma série de humor negro, e apenas por isso eu a recomendo. Mas há mais coisas. Ele vai trabalhar em uma revista de millenials. Tem um cara usando suspensórios. A estrela do lugar é uma gorda porque ela vive escrevendo artigos sobre o orgulho de ser gorda.
Necrópolis 2019-04-22 [series] Esta série é um bom exemplo de como fazer conteúdo engraçado sem pretensão alguma e um orçamento menor ainda que a pretensão e ficar bom. Bom, bom eu não diria. Ele fica exatamente como você esperaria que ficasse um vídeo com você e seus amigos em uma tarde preguiçosa e criativa. Ela conta a história de um escritório do IML (Instituto Médico Legal) em que a última alternativa de médico residente foi o fracassado Richard (Rafael Pimenta), que estudou cinco anos para passar em uma faculdade particular de medicina e se formou e se endividou no processo, se tornando "doutor".
Osmosis 2019-04-16 [series] Ah, se o amor fosse apenas um código em um computador orgânico -- aka nosso cérebro -- e que fosse possível descobrir sua alma gêmea simplesmente analisando esse código. E se essa série distópica da Netflix, baseada em uma versão mais romântica e dramatizada de um episódio de Black Mirror, fosse francesa, e exibisse todas as formas de amar de um futuro próximo? Bom, aí nós teríamos que perder uma hora assistindo ao piloto para concluir: ideia interessante.
Coisa Mais Linda 2019-04-15 [series] Essa é uma série brasileira vintage que se passa em um Rio de Janeiro que parece feito em computador e fundos de cenários estilo papel de parede do Windows, com filtros exagerados que lembram a primeira vez que a TV Globo botou as mãos no sinal digital, em alta resolução, e misturou filtros com aquele saudosismo dos anos 90 a respeito dos anos 50. Prova disso é seu feminismo chinfrim, ultrapassado, que tenta soar atual em um Brasil na década de 50.
Boneca Russa 2019-02-06 [series] Sempre que alguém vem com a ideia de refazer o princípio do icônico filme de Bill Murray, Feitiço do Tempo, já surge aquele sentimento de muleta narrativa para tornar uma história artificialmente interessante. E quando essa ideia vem da Netflix, então, é certeza que lá vem bomba. Nesse caso uma das atrizes russas de Orange is the New Black, Natasha Lyonne, junto com Leslye Headland e a comediante Amy Poehler (da série Parks and Recreation) resolvem usar um princípio muito simples que vai se desenrolando em princípios menores e irrelevantes.
Gunnm (aka Alita) 2019-02-06 [series animes] Curioso que sou, resolvi dar uma olhada no OVA dos anos 90 responsável por Alita: Anjo de Combate, blockbuster tecnológico com efeitos de captura de movimentos e expressão de fritar o cérebro humano. Com menos de uma hora, todos os momentos icônicos do longa metragem dirigido por Robert Rodriguez estão lá, jogados da mesma maneira, sem esperança de uma narrativa coesa que trame a favor de alguma conclusão. Se trata de um vislumbre rápido e aleatório de um futuro distante onde certas coisas existem, e que no fundo nunca mudaram: ricos contra pobres, enganação, ilusão e o medo de fracassar na vida.
Hi Score Girl 2019-01-17 [series animes] Hi Score Girl apela para o saudosismo de velhos que vivenciaram todas as gerações dos games e fliperamas mais badalados da história, mas é ao mesmo tempo uma história de relacionamento entre um menino e uma garota. Isso provavelmente deve dar tilt. Ou não. Tendo um estilo que parece obviamente biográfico, acompanhamos a história de Haruo Yaguchi (Kohei Amasaki), um garoto que sempre vai mal na escola e não tem maiores habilidades, exceto ser sempre o primeiro nos fliperamas, onde praticamente vive após as aulas.
Amor Ocasional 2019-01-02 [series] Essa série estilo comédia romântica da Netflix está ligeiramente acima da média, graças à performance adorável de Zita Hanrot como a vulnerável Elsa e também ao tratamento um pouco mais sério à história criada pela dupla Chris Lang e Noémie Saglio. Ela é francesa e é uma série, o que quer dizer que não termina. Mas seus personagens são suportáveis por talvez mais alguns episódios, embora no fundo tudo pudesse ser resolvido em um longa metragem.
Westworld S02 Season Finale 2018-12-30 [series] Foi uma longa jornada desde o começo da temporada, mas nossos neurônios mereciam um pouco mais de respeito. Eu sei que seres humanos não fazem escolha e tudo mais, mas a filosofia de boteco de Ford pós-morte é de matar. Se fosse possível escolher seria fácil: reescreve esses últimos dois episódios, o 9 e o 10, que tá fácil de consertar. Anda. Eu fico esperando. Concentrado em nos dar algumas reviravoltas custe o que custar (porque a primeira temporada teve a rodo) a continuação comercial de Westworld dá voltas em torno do próprio rabo sem um closure que seja realmente intrigante.
Westworld S02 E07 2018-12-30 [series] Eis o melhor episódio até agora de toda a série. Ele possui a garra da ação contida em uma história cheia de ideias cujas conclusões não são entregues, mas discutidas, o que torna a desorientação espacial e temporal também no campo das ideias, mas mesmo sem termos a exata compreensão do que está acontecendo não nos perdemos. Isso é sci fi no seu máximo filosófico. Talvez nem 2001 tenha ido tão longe.
Westworld S02 E01-06 2018-12-30 [series] "O homem não pode fazer-se sem sofrer, pois é ao mesmo tempo o mármore e escultor." Essa frase de Alexis Carrel não poderia ter um valor mais direto do que o visto em Westworld, com a devida correção, já que a grande questão sobre a qual gira o drama é a diferença entre androides e humanos. No entanto, androides também podem mudar, mas a um alto custo. A versão 2.0 do homem torna até Nietzsche, como sempre, relevante.
Westworld S02 E01-04 2018-12-30 [series] Westworld e suas revelações nos primeiros quatro episódios são tão profundas que suas várias linhas narrativas ficam em um vácuo por mais de um episódio. E isso é por uma causa justíssima, pois não há como se concentrar com vários acontecimentos em paralelo (e em várias linhas do tempo), e também porque eles (por enquanto) não se influenciam, mas se completam, para explicar um assunto que já vai ficando claro no segundo episódio e óbvio no terceiro: a busca por imortalidade.
Westworld S02 E01-02 2018-12-30 [series] Estava com saudade de voltar a escrever sobre Westworld. Agora comecei a ver a segunda temporada, os dois primeiros episódios, já que a temporada acabou. É curioso como o jogo de expectativas não funciona muito bem com uma série que praticamente arrasou logo em sua primeira temporada, que merece ser vista e revista algumas vezes. No entanto, é preciso ser mente aberta para aos poucos compreender o que os criadores da série pretendem.
Westworld (Revisita ao S01 com algumas questões e spoilers) 2018-12-30 [series] A revisita a Westworld vale muito a pena. Detalhes que só serão revelados no final são percebidos desde o começo, e a experiência se torna única novamente. Em meu primeiro texto não me lembro se liberei spoilers (vendo agora... não), mas este aqui é certeza que terão. Como toda revisita a esta série deve ter. Em primeiro lugar, fui desnecessariamente duro com a série em meu primeiro texto. Se trata de uma história necessária para os dias de hoje, e uma história cujo roteirista necessário é possível contar nos dedos.
Westworld 2018-12-30 [series] Eu fui programado para escrever esse texto? Posso responder, na melhor das hipóteses, que eu estar escrevendo este texto é consequência da soma das minhas ações. No entanto, volta outra pergunta no lugar: eu fui programado para executar tais ações? A série televisiva -- leia-se: lotada de enchimento de linguiça -- Westworld tenta explorar essa questão nos entregando em sua história um parque temático com representações físicas fidedignas de seres humanos, que interagem com os visitantes como personagens "de carne e osso" do velho oeste.
Westworld S03 E02 2018-12-30 [series] Então eles resolveram plagiar Matrix. Para ser sincero, em vários momentos soa como uma ingênua homenagem. Mas a soma de tantas homenagens acaba se tornando plágio, pois são tantas ideias vindas da mesma fonte, parte integrante e ativa da história que essa temporada pretende contar, que não há como deixar de pensar que vinte anos depois do blockbuster revolucionário de ação dos irmãos Wachowski vira um episódio acelerado que recapitula todos os elementos que amamos nos três filmes.
Wanderlust 2018-12-26 [series] Wanderlust é o primeiro trabalho recente que conheço que tenta abordar relacionamentos abertos de uma maneira mais madura, mais dramática. Ou pelo menos a primeira metade dessa série começa a delinear o assunto dessa maneira. Focado na terapeuta de casais Joy (Toni Collette), a série com apenas seis episódios tenta também explorar os relacionamentos de outros personagens (para não dizer todos). É uma tentativa de ampliar um dos subtemas vistos em Beleza Americana que se sabota da metade para o final.
Christiane Amanpour: Sex and Love Around the World 2018-12-16 [series] Esta é uma série movida por um sentimento. O sentimento de superioridade do Ocidente, de suas liberdades e sua forma de enxergar o mundo. Todo o resto está errado, está oprimindo e está sendo comandado pelo patriarcado. Exceto os muçulmanos, claro. Eles são bonzinhos. A host Christiane Amanpour (que desconheço, e fico feliz com isso) nos apresenta como é o sexo em diferentes partes do mundo. No Japão, por exemplo, ela se escandaliza pelo fato de existir casamentos onde não há sexo (duh) e uma esposa ter um namorado para satisfazê-la.
Derren Brown: Apocalypse 2018-12-16 [series] O que você faria se acordasse em um apocalipse zumbi? Esta minissérie, que começa com uma história em dois capítulos de 45 minutos, explora essa abordagem usando uma cobaia em torno de uma produção que mistura o melhor da edição televisiva de séries como The Walking Dead e um roteiro que se assemelha a um jogo, mas que por contar com uma pessoa que vive isso de verdade, está anos à frente de qualquer tentativa de dramatizar os quadrinhos da série famosa de Frank Darabont.
Dá Licença, Saúde 2018-12-08 [series] Essa série possui um certo charme quando você percebe que todos os seus personagens são burros, incompetentes e mal intencionados. Às vezes são os três juntos. O que torna ele divertido em alguns momentos é o cada um por si, onde uma pessoa tão incapaz tenta se safar por sua esperteza. O que a torna menos interessante são as diferentes falhas no roteiro. Logo no começo a maioria delas está relacionada com a troca de um aparelho celular.
Minecraft Story Mode 2018-12-08 [series] O problema de uma história interativa nunca é a interação em si, mas a falta de capacidade do roteirista em criar uma árvore de possibilidades onde permaneça uma narrativa suficientemente interessante para o espectador. O espectador sente quando está sendo enganado, quando o que ele vê em sua tela é um mero replicante (Blade Runner). E essa barreira em um vídeo estático me parece intransponível. Mesmo que essa seja uma ramificação eloquente de perguntas e respostas esta continua sendo uma tabela fixa.
O Método Kominsky 2018-12-08 [series] Essa nova criação de Chuck Lorre (Big Bang: a Teoria, Dois Homens e Meio) consegue elencar os excelentes Michael Douglas e Alan Arkin em plena forma, mas não parece dar lhes personagens dignos de suas performances. A série não parece muito certa de si se pretende seguir uma linha mais humorística ou dramática. Com certeza não consegue fazer os dois. Isso é para poucos, e do jeito que está o piloto já parece uma bagunça.
Atypical - Segunda Temporada 2018-11-17 [series] A segunda temporada de Atypical já demonstra o que o final da primeira temporada já arriscava em dizer: se trata de uma novelinha típica norte-americana aliada a algumas tentativas de conscientizar as pessoas acerca do autismo. Porém, para parecer mais interessante, a série vai além, desenvolvendo todos os personagens da família central da história em situações problemáticas, como traição e a mudança para uma faculdade de diferente classe social, o que remete a inúmeros outros trabalhos anteriores.
Super Drags 2018-11-17 [series] Super Drags é um projeto de animação de três idealizadores patrocinados pela Netflix. Um deles é de Fernando Mendonça, que depois de produzir CDs interativos na internet 1.0 já participou de um projeto megalomaníaco chamado BugiGangue no Espaço, mas agora parte para o público adulto em uma ideia simples: uma animação para adultos envolvendo drag queens. A proposta é interessante e tem drag queens conhecidas no cenário Brasil como dubladoras, além do ótimo Guilherme Briggs.
Ugly Delicious 2018-11-17 [series] O chef de cozinha David Chang é o astro dessa série criada por ele. Ela segue um caminho documental bem-humorado, com montagens bem conduzidas e a captura de momentos hilários entre Chang e seus amigos conversando sobre... adivinhou: comida. O trunfo da série é nos entregar diferentes e inusitados lugares para experimentar comida que está sendo produzida sob a influência cultural da região, da tradição e da inovação. Chang não é um tradicionalista apenas, mas alguém que aprecia boa comida, seja lá de onde vier.
House of Cards - Sexta Temporada (Series Finale) 2018-11-16 [series] A sexta e última temporada de House of Cards foi marcada por alterações drásticas em seu elenco, todas encabeçadas pela saída do seu protagonista, Francis Underwood, interpretado pelo insubstituível Kevin Spacey e que teve que ser substituído porque a patrulha dos bons costumes estava de olho em um caso ocorrido há mais de 30 anos onde Spacey avançou sexualmente para cima de um jovem de 14 anos (algo assim; leia os jornais se quiser saber mais).
Making a Murderer S02 2018-10-31 [series] "Terminando quando o "filme" atinge o tempo presente, Making a Murderer é um projeto em andamento com pontas soltas e, pior, algo de podre no ar." Esse foi meu último parágrafo sobre a primeira temporada de uma série que influencia a vida real. Sim, pois a segunda temporada é praticamente impulsionada pela influência do documentário na vida de Steven Avery e familiares. E o resultado é que surge uma nova protagonista, a advogada Kathleen Zellner, famosa por absolver 17 condenados injustamente pela justiça americana.
Better Call Saul S04 2018-10-26 [series] Better Call Saul em sua quarta temporada segue o mesmo formato de todas as anteriores: é uma novela porque se estende demais -- as regras um pouco degastantes de uma série -- mas entrega o que promete mais uma vez: um protagonista um pouco mais próximo de se tonar o Saul Goodman que todos nós conhecemos de Breaking Bad. Após a morte de seu irmão Jimmy McGill perde sua licença para advogar por um ano, e nesse tempo a história segue um caminho que eu sinceramente não esperava, mas que é uma das virtudes da série: ela mostra o dia-a-dia de seus personagens e como fazem para progredir passo-a-passo.
Maniac 2018-09-30 [series] Dois estranhos se encontram casualmente. Ambos possuem traumas no passado. Um deles é curável, e o outro tem esquizofrenia. Ambos parecem pensar na mesma frequência e frequentam os mesmos sonhos gerados por computador. Ambientado em um mundo ligeiramente futurista e esquisito, com um toque de retrô, a série Maniac tem um quê estético (e temático) que aos poucos nos revela ser um sci-fi pautado em algumas ideias muito mais psicológicas e filosóficas que poderia-se esperar.
Final Space 2018-09-15 [series] Esta é uma série animada da Netflix que apresenta uma espécie de anti-herói (embora bem infantil) e personagens que possuem a pretensão de estarem em uma super-aventura galáctica. Só que não. E por algum motivo, apesar de irreverente, lhe escapa esse sentido do humor: que quando você tira importância de alguns elementos da história, mas mantém outros, você não entendeu direito a ideia por trás do seu próprio projeto. Este desenho possui traços simples com estilo vetorial e situações ligeiramente engraçadas.
Better Call Saul - Quarta Temporada, Episódio 1 2018-08-08 [series] O primeiro episódio da quarta temporada de Better Call Saul é uma aula de como tornar todos os personagens relevantes, ao mesmo tempo que ele usa nosso interesse em saber mais do universo de Breaking Bad (ele é um spin off dessa série) e também inicia uma nova mini-jornada para todos eles. Como não adorar essa série? Boa parte desse feito se deve, claro, aos atores, que já conquistaram um merecido espaço em suas personas fictícias e que têm a chance de expandi-las.
Merlí 2018-08-06 [series] Merlí de Héctor Lozano segue uma cartilha de novela moderada, onde seus personagens nunca se transformam em algo diferente do que são, mas coisas do cotidiano acontecem a eles para movimentar uma história em torno de um professor de filosofia. Sobre filosofia, a série não é didática porque suas aulas já não o são desde o princípio. Se quer aprender quem eram os peripatéticos (citados no piloto da série) que pesquise na Wikipédia.
Dark Tourism 2018-07-26 [series] Essa série que saiu na Netflix é uma boa série, porque ela contém todos os elementos que faltam hoje ao jornalismo pensante. Há obviamente um formato senso forçado, mas quando algo é bem feito, isso passa como diversão. Seu host é a figura de um americano caucasiano classe média turista padrão, cheio de receios e medo. A melhor parte de sua atuação são as perguntas medrosas com a reação silenciosa. A edição mantém um timing dinâmico, mas que sabe aproveitar esses momentos e ao mesmo tempo suas narrações, que sempre vão revelando o lugar inóspito que está sendo visitado com muita calma, sendo degustado a cada palavra.
Samantha! 2018-07-13 [series] O plano-sequência inicial de "Samantha!", série da Netflix produzida no Brasil, irá revelar uma miríade de sentimentos e mensagens conflitantes sobre o que significavam os anos 80. Incluindo a figura de uma caixa de cigarros em um programa infantil protagonizado por uma garota mimada, uma criança erotizada na TV brasileira. Até agora, nada de novo. Só que piora. Avançamos no tempo e o que temos no lugar é a Samantha adulta (Emanuelle Araújo, que fez Gretchen no elogiado "Bingo: O Rei das Manhãs"), uma dançarina magrinha e gostosa que performa exatamente a mesma música sei lá quantas décadas à frente.
Botched 2018-07-04 [series] Botched é mais uma das séries de canais como Discovery Home & Health e... ops. Acho que me enganei de canal. Anyway. Algum canal pago desses por aí onde abrem mulheres para fazer cirurgias plásticas para as completarem como os últimos Frankesteins de nossa geração. Mas Botched não começa de uma pessoa insatisfeita com seu corpo natural e a partir disso trabalha opções que esteticamente irão preencher o vazio existencial dos pacientes.
Fugindo do Continente 2018-07-01 [series] Fugindo do Continente é uma série de tv de e para britânicos. Ela aborda fugir da sua ilha para morar em algum dos países da Europa, seja Itália, Portugal, Espanha ou França. Dentre outros. É praticamente um guia de consumo e de turismo. Ele é prático, formatado em quatro empreendimentos apresentados pela apresentadora em um nível de corretora de imóveis, e se trata de uma "aventura" totalmente sob controle do conforto do seu sofá.
Mandou Bem 2018-07-01 [series] Mandou Bem é uma série comunzinha americana em que a apresentadora Nicole Byer nos impulsiona a enxergar a graça e o nonsense de trazer três convidados aleatórios a pintar o sete na cozinha do palco, tentando fazer algo que preste em confeitaria imitando pequenas obras de arte do ramo. Com seu espírito leve (apesar de fisicamente pesada), Byer utiliza um chef francês e um outro convidado ilustre toda vez que se dispõe a nos apresentar os terrores dos amadores na cozinha e a nos dar boas risadas.
Screenland 2018-06-29 [series] Essa série parece ter a intenção de reconhecer a genialidade dos gamers em antecipar futuras tendências nos jogos eletrônicos que virão com a melhora da inteligência artificial e a construção de ambientes virtuais, sejam eles realistas ou não. Como o primeiro entrevistado sabiamente formula, a capacidade da mente humana em adaptar e interpretar nossa realidade será colocada à prova. Na verdade, já está sendo, como ele demonstrou em seu primeiro sucesso: um jogo que alia meditação com controle da consciência.
Morte na Escadaria (Staircase) 2018-06-25 [series] Mais uma série que demonstra a incompetência e/ou a má fé do sistema americano de justiça. Ou podemos dizer a má fé de qualquer sistema de justiça estatal? Perdoem-me os religiosos, mas um sistema que paga juiz e advogado de acusação pela mesma folha não tem muitas chances de ser algo remotamente imparcial. O que me chamou mais a atenção foi que o juiz era negro e uma das promotoras era mulher e negra, julgando um branco rico pela séria acusação de homicídio.
Sense8 S02: Amor Vincit Omnia 2018-06-17 [series] O cancelamento da série Sense8 pela Netflix nos apresentou um exemplo muito óbvio de como séries bem-feitas não podem funcionar como filmes, pois foram concebidas para expandir o seu mundo personagem a personagem, caso a caso. Quase como uma novela bem feita. E no caso do delírio criativo, poético e existencial de Lana Wachowski, mais do que nunca. O que ocorre no episódio/segunda temporada se torna um trabalho impressionante dos roteiristas em comprimir uma temporada inteira e todas as suas reviravoltas, incluindo até o final da própria série, resumido em 151 minutos.
Safe 2018-05-29 [series] Antes que me perguntem, não, Michael C. Hall não mudou muita coisa desde seu icônico personagem em Dexter. Ele sempre foi o ator perfeito para o papel de serial killer, e aqui se sai muitíssimo bem no papel de um viúvo pai de duas meninas, onde uma delas some misteriosamente. Estamos em um condomínio fechado da classe média alta americana com pais um pouco autoritários demais com seus filhos (crítica social!
Turma do Peito 2018-05-29 [series] Turma do Peito, ou melhor dizendo, The Letdown, é uma comédia de situação que acaba virando um sitcom ao ar livre que acaba virando esquetes posicionadas para fazer rir diante ou das piadas sendo ditas ou do palco que montaram para contar a piada (como a rua onde o vendedor de drogas atua). Alison Bell é uma recém-mãe que não estava pronta para isso, piadas de maternidade, piadas de como o homem não ajuda muito a esposa, piadas de como as pessoas sem compromisso com bebês a veem e piadas de como as que levam a maternidade a sério a veem.
Mob Psycho 100 2018-05-28 [series animes] Mob Psycho 100 sofre do mesmo problema de Death Note: a primeira metade é fascinante e a segunda metade é quase insuportável. Isso porque a grande sacada da série -- um paranormal super-poderoso que tem ambições onde o seu poder é inútil -- se trai totalmente em um momento onde seu irmão é envolvido na trama principal e todos os valores do protagonista são automaticamente descartados apenas por capricho de um roteiro que pega uma excelente ideia e transforma em mais uma daquelas aventuras com pessoas poderosas que falam demais.
Mob Psycho 100 (2018) 2018-05-27 [series] Eu assisti com meu cunhado o primeiro (talvez o segundo) episódio da versão anime deste mangá idealizado por One, o mesmo responsável por One Punch Man. Há claramente elementos coincidentes na "filmografia" de One, como o herói não-convencional que é poderoso mas não se gaba de seu poder, e além disso ainda tem problemas cuja solução não envolve em nada o uso de seu poder. O anime de Mob Psycho 100 se beneficia dos traços minimalistas já vistos em One Punch Man, mas no caso de One Punch a crítica aos animes de seres super-poderosos é visceral.
Kakegurui 2018-05-20 [series animes] Tentando unir a paixão descontrolada ao risco com uma sugestão erótica, mais no anime do que no live action (atrizes japonesas só conseguem ser sexy aparentemente se já estão ocidentalizadas ou em filme pornô), esta é uma série que abusa de uma direção visceral que caminha compenetrado entre as lindas e jovens jogadoras, além de efeitos visuais capengas (mais no live action), como efeito nos olhos das personagens. Aproveitando o alívio cômico de um rapaz humilde e da catarse da heroína como muletas, esta é uma fórmula que pode ser repetida à exaustão.
Aggretsuko 2018-05-16 [series animes] Esta é uma série reciclada pela Netflix. A original tinha 100 episódios de duração bem curtinha, 1 minuto cada, e esse tem 10 de duração do tamanho padrão de sitcoms (20 minutos). Ela conta a história de Retsuko, uma das inúmeras mascotes da Sanrio (responsável por personagens fofinhos como Hello Kitty, Keroppi, entre outros). Ela trabalha em um escritório de contabilidade opressor ao máximo, mas é sua vida, e para vivê-la ela precisa do Karaokê no fim do dia, onde curte extravasar todo seu ódio pela sua rotina em uma canção de heavy metal cuja letra é puro catarse.
Feliz! 2018-05-16 [series] Happy! é uma feliz (que surpresa!) importada do serviço de streaming Netflix de um conteúdo da produtora Syfi, responsável pelos jovens clássicos Sharknado. Criado pela dupla Grant Morrison e Brian Taylor baseado nos quadrinhos criado por Morrison e ilustrado por Darick Robertson, esta aventura de ação policial distópica se passa em um universo onde há muitas brechas para o sobrenatural, mas ao mesmo tempo garante um realismo fantástico bem típico dos criadores de Adrenalina (1 e 2).
The IT Crowd 2018-04-16 [series] Já tentou desligar e ligar o computador de novo? Sabe o que quer dizer TI? Então talvez você goste dessa comédia britânica em formato de sitcom e seus momentos quase fora da realidade, que nos faz lembrar de maneira muito divertida como (não) funciona o ecossistema do pessoal de suporte técnico. São dois os personagens principais: o irlandês alto, perdido e com toques afeminados Roy, e o nerd até os ossos Moss.
The Handmaid's Tale (O Conto da Aia) 2018-04-15 [series] Esta série da Hulu pode ser vista como uma mini-aula de história e sociologia "a céus abertos". Começamos vendo uma família fugindo na floresta. Um pai, uma mãe e uma garota. Eles fogem das forças inexoráveis de um Estado autoritário (isso na prática, se você já assistiu filmes o suficiente, quer dizer que a família acaba ali). São momentos fortes que sintetizam o significado do totalitarismo na vida das pessoas, quando o coletivo vale mais do que a própria unidade básica da sociedade: a família.
O Mecanismo 2018-03-26 [series] Desde Narcos fica claro que Padilha não está bem. Acostumado a tentar chocar a sociedade usando detalhes sutis da realidade mais estranha que a ficção (Tropa de Elite, Tropa de Elite 2, Robocop (2014)), o diretor erradicado do Brasil por conta de ameaças à sua integridade e de sua família por conta de um possível Tropa de Elite 3, sua série "O Mecanismo" tenta resgatar o patriotismo brega de um brasileiro que já se esqueceu faz tempo o conceito de patriota, permeado de uma onda direitista extremamente brega.
Jerry Seinfeld - I'm Telling You For The Last Time 2018-03-18 [series] Standup de 98 de Seinfeld é melhor que último do Gervais (graças ao SJW) Comecei a assistir o último standup do Rick Gervais, Humanity, mas me cansei em menos de 10 minutos. Coloquei no último do Seinfeld e não consegui parar de ver. Ambos possuem quase a mesma duração de uma hora, mas Seinfeld possui ritmo, e Gervais, nervosismo. Por que isso? Porque Gervais é um maldito SJW. Eis o porquê.
Altered Carbon 2018-03-04 [series] Esta é uma série que lida com algumas questões já abordadas em trabalhos clássicos, como Blade Runner, Ghost in the Shell, etc. E por isso mesmo faz questão de homenageá-las em seu design. Dessa forma, é curioso ver como a megalópole é retratada como um misto entre esses dois trabalhos citados. Mas não se trata de uma cópia de nenhum deles. Antes disso é uma revisita a uma distopia como aquelas, que une elementos em comum para fazer uma série ligeiramente bem humorada em seu tom irônico.
La Casa De Papel 2018-02-27 [series] O que está acontecendo com as pessoas? A série "La Casa de Papel" está sendo pesadamente recomendada por ser "viciante", "impressionante", "tenso" e "imperdível", sendo que no melhor dos casos esta parece ser uma versão estendida e dramática de Onze Homens e Um Segredo, um filme que, diga-se de passagem, sabia rir de si mesmo ao empregar uma música empolgante e nada séria. Aqui parece que estamos à beira de um colapso nervoso com uma história que tem mais a acrescentar ao rol de novelas televisivas que o cinema propriamente.
Mr Robot: Terceira Temporada 2018-02-27 [series] Seria um spoiler dizer que esta temporada de Mr. Robot terá ou não, como as duas temporadas anteriores, uma reviravolta no final? Bom, é como esse novo personagem diz: uma história pode começar morna, ter um meio medíocre, mas o final... precisa ser surpreendente. Então faça as contas. Mas Mr. Robot está se tornado o trabalho hermético e confuso que gostaríamos que ele fosse, então mesmo que houvesse uma reviravolta, ela seria sutil demais para ser percebida.
Twin Peaks (2017) 2018-02-27 [series] Você que conhece o diretor David Lynch sabe que ele não é muito afeito a narrativas ortodoxas e pensamentos não-oníricos. Então faz muito sentido você, que não assistiu à primeira versão de Twin Peaks, se tornar completamente perdido ao acompanhar esta pseudo-continuação do diretor em uma versão mais moderna, mas ainda assim, hermética. Estamos falando de Twin Peaks, uma série que flerta com o sobrenatural da maneira mais direta e crua possível.
Comedians In Car Getting Coffee 2018-02-23 [series] Essa série da Netflix coloca Jerry Seinfeld levando comediantes com um carro estiloso para tomar café em um lugar agradável. Nunca é o mesmo carro, nunca é o mesmo comediante e nunca é o mesmo café. Se trata de uma enquete rápida para quem não tem muito tempo para perder assistindo, mas oferece um insight diferente de um famoso em uma situação "comum". A edição é estilosa, boa trilha e comentários floridos do apresentador, que possui um humor que a maioria das pessoas não gosta.
The End Of The F***ing World 2018-02-06 [series] Apesar do piloto desta série apresentar desde o começo dois adolescentes problemáticos, um psicopata e uma ninfomaníaca, não é à toa que fuck... ops, foca, está encoberto no título. Este é mais um sintoma da geração abobalhada que acha que é cool, mas não consegue falar de sexo sem corar nem falar da morte de inocentes por diversão. Propaganda enganosa em cima de outra, este é um casal bonitinho que, como Arlequina em Esquadrão Suicida, adora falar que é louca.
Dark 2018-01-30 [series] Mais uma produção enlatada da Netflix, mas dessa vez as pessoas falam alemão. É um conto alemão, em uma cidadezinha no interior da Alemanha, com muitos jovens em um colégio e uma fotografia sombria. Um prefácio anuncia que acontecimentos fantásticos irão ocorrer (Stranger Things feelings). Esses acontecimentos irão mexer com nossa noção do tempo. E de fato mexem: ao final do primeiro episódio de 50 minutos a sensação é ter visto um filme de três horas onde nada acontece.
Sherlock: A Study in Pink 2018-01-25 [series] Um estudo em rosa. A segunda visita a este episódio é mais lenta. Estamos sendo apresentados a Sherlock Holmes, Dr. Watson e como esta série atualiza o formato de histórias clássicas da dupla já imortalizada nos cinemas e na literatura. E o resultado não poderia ser melhor. Cortes ligeiros da mise en scene pela metade criam transições elegantes entre cenários. O uso da tecnologia da internet e dos celulares está totalmente integrado à história.
Dirk Gently's - Segunda Temporada 2018-01-19 [series] A segunda temporada de Dirk Gently's prova que é possível sim construir obras audiovisuais que se baseiam fortemente no espírito do autor britânico Douglas Adams. Se o filme Guia do Mochileiro das Galáxias já dava uma pequena ideia da mente criativa de Adams e DGS01 possuía um season finale de cair o queixo, este S02 coloca agora o próprio core da história, com suas dezenas de personagens, quase tão complexo, denso e fascinante quanto os próprios textos de onde essas ideias surgiram.
Black Mirror - S04E01 - USS Calister 2018-01-12 [series] A quarta temporada de Black Mirror começa razoavelmente bem, mas dá sinais de cansaço. A ideia de brincar com Star Trek, vinda de autores obviamente fascinados por séries como essa e Além da Imaginação (há uma brincadeira igualmente inventiva no último episódio dessa temporada) deram origem ao terror estelar de simulação que irá nos mostrar que a série começa a abusar dos conceitos de simulação (jogos ou não) e em alguns momentos as ideias no papel (como ideia e argumento) não foram tão bem conduzidas.
Black Mirror - S04E02 - Arkangel 2018-01-12 [series] Talvez a história mais fraca de toda a série Black Mirror, Arkangel é o segundo capítulo da quarta temporada e fala sobre a relação entre mãe e filha. A mãe sofre um trauma no parto da filha e em quase perdê-la em um parque. Isso é o suficiente para que ela tenha incapacidade de comunicação com sua filha e utilize um mecanismo de monitoração extremamente controverso: ver e ouvir o que sua filha está fazendo.
Erased: Piloto 2017-12-27 [series] Esta é uma série fantástica baseada tão fortemente em um mangá e anime que ele pode ser o delírio do fã das obras originais ou atiçar a curiosidade do cinéfilo. Por que a curiosidade? Se observarmos os movimentos de câmera, a forma de disposição dos personagens e dos elementos em cena perceberemos que esta obra continua sendo um anime em forma. Em conteúdo também. A narração dos pensamentos e sentimentos do herói é a típica adaptação narrativa que o Ocidente faz para o Oriente.
13 Reasons Why 2017-12-07 [series] Essa novelinha pré-adolescente consegue ser bem irritante às vezes. Não é uma produção barata nem tosca. Muito pelo contrário. Há muitas virtudes narrativas em um trabalho que parece descartar apenas uma virtude dentre as que escolheu: coerência. E é através dessa "pequena" falha que podemos concluir que, apesar de tecnicamente interessante e artisticamente bonito, "13 Reasons Why" é uma merda colossal que revela que esta geração tem pouquíssimas chances de sobreviver a eles mesmos.
Alias Grace 2017-11-12 [series] Homens retardados, animalescos, vivendo em torno de mulheres histéricas, depressivas ou apáticas. Este é o retrato da história contada por Grace Marks para um doutor, igualmente abjeto, Dr. Simon Jordan. A narrativa de Grace sob os olhos da série da Netflix representa um dos últimos pilares do movimento igualmente abjeto chamado (ainda) de feminismo: a crença marxista que homens e mulheres são definidos através de sua relação de opressores e oprimidos.
True Detective: Primeira Temporada 2017-11-01 [series] Este é o tipo de série que pode ir de maçante para fascinante, dependendo de quem assiste. Com um roteiro intrincado, sério, sisudo demais, a história contada em oito capítulos segue uma sequência difícil de ser equiparada. Porém, mais do que isso, aqui temos dois personagens em pés de igualdade. Cada um deles é interpretado por um monstro da atuação. Como não amar Matthew McConaughey e Woody Harrelson depois de seus Rus Cohle e Marty Hart?
True Detective: Primeiras Impressões do Piloto 2017-10-29 [series] True Detective, em sua primeira temporada, é uma série que apresenta Matthew McConaughey e Woody Harrelson em papéis principais em uma narração dupla baseada em depoimentos e flashbacks. Ao final do piloto percebemos que o assunto em que ambos estavam sendo investigados continua à tona, o que gera um dos ganchos mais impressionantes em uma série. Ambientado em Lousiana com locações em lugares pobres e isolados, esta é uma série que por estas pistas já deveria chamar a atenção de quem está procurando por algo acima da média.
A Filosofia de Rick And Morty: Primeira Temporada (anotações) 2017-10-21 [series] [animation] Reassistindo a Primeira Temporada de Rick & Morty para revisar alguns pontos filosóficos fascinantes da série. Acabei vendo a Segunda Temporada e, como já acabou, a Terceira também. E a terceira é provavelmente a melhor de todas. Vejam! Eu sou Pickle Rick!! S01E01 Rick comenta no piloto que eles não sabem o que é mais importante. Precisa de uma semente para ficar mais inteligente para fazer mais ciência. Isso meio que planta a semente da dúvida se Rick é absurdista, niilista ou simplesmente um cientista fanático.
Steins;Gate 2017-10-05 [series animes] Não é fácil contar bem uma história de viagem no tempo. Mais difícil ainda é conseguir fazer ela ter sentido. E mais difícil ainda é conseguir que o espectador sinta o movimento espaço/tempo dos personagens, a apoteose de todo criador de sci-fi desta linha. Poucos devem ter chegado a essa proeza: De Volta para o Futuro (a trilogia), A Máquina do Tempo, Os 12 Macacos, Efeito Borboleta, O Predestinado, Primer, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban.
Death Note: Notas da Morte 2017-09-18 [series animes] Esta série japonesa se estende por mais tempo do que devia e não entende todo o seu potencial narrativo. Esta é uma história que possui altos e baixos em torno de uma ideia poderosa, e arrisco dizer que seus altos superam seus baixos. Mas sua conclusão é clichê, comercial demais para sentir-se o peso do que estava sendo discutido. Como praticamente todas as séries de animes japoneses que se baseiam em mangás, as falas revelam demais e os quadros são parados demais.
Filosofia De Mr Robot 2017-08-28 [series] Então eis que ergue-se um mundo niilista, até um pouco absurdista, onde o controle é uma ilusão. O sonho de garoto de salvar o mundo encontra novos significados do que é mundo e do que é salvar. Elliot não é apenas multifacetado pela figura de sua família; ele É sua família. E não apenas isso, mas consequência do próprio mundo que ele deseja salvar. Há desafios hercúleos em sua jornada, que parecem intransponíveis para nós, mortais.
Chef & My Fridge 2017-08-25 [series] Da Geladeira para a Mesa, Take Care of My Refrigerator, Take Care of the Fridge, Take Care of the Refrigerator, Good Care of the Fridge. Com tantos nomes já é possível deduzir que é um programa maluco da TV coreana, traduzindo a forma simpática, polida e divertida com que os asiáticos costumam se comportar. Isso inclui este programa gastronômico que mesmo sendo uma repetição barata à exaustão em seu formato, consegue divertir sem ofender, e ainda educar a respeito da alta gastronomia sem muitos exageros.
Atypical 2017-08-21 [series] Mais do mesmo com o algoritmo já batido da Netflix. Depois do "gênero" indie invadir Hollywood com suas famílias desajustadas, agora é a vez dos espertos computadores da gigante de streaming entregar uma família desajustada por série. Esta tem no pacote uma mulher traidora e um autista. Está havendo há um tempo um movimento de inclusão dos autistas, depois que perceberam que eles não são simples retardados (nossa, como a humanidade é genial).
F is for Family - Segunda Temporada 2017-08-21 [series] [animation] Enquanto a primeira temporada afiava seu tom do humor para algo dos anos 70 que divertia os que não ligam para o politicamente correto ao mesmo tempo que demonstrava por que estamos na fase do politicamente correto, a sequência de F is for Family explora melhor seus personagens, dando a eles a medida certa de tempo em cena. Exceto pela caçula que quer ser programadora de computadores. E sempre que sua ambição aparece faz meus olhos brilharem.
Glow 2017-07-31 [series] Mais uma série feminista/SJW pela Netflix. Dessa vez nos anos 80, embora essa década já fosse libertadora para mulheres. É sobre elas entrando na luta livre, como os homens, e não apenas se exercitando na academia de ginástica, todas coloridas e com polainas. A série apresenta uma Alison Brie (Community) irreconhecível. Teoricamente ela paga peitinho (e bundinha) logo no piloto, mas se for ela mesmo, é frustrante como ela mirrou desde a série de comédia que a tornou particularmente desejada.
Outlander - Segunda Temporada 2017-07-27 [series] A segunda temporada de Outlander mantém as mesmas virtudes da primeira -- figurino, direção de arte, fotografia -- e ainda melhora a atuação. Concentrado em tentar entregar sempre alguma mudança, por menor que seja, em cada episódio, esta parte da série consegue quase sempre evocar a já bem estabelecida atmosfera de seu início, mas se mantém fraco na tensão de seus dramas, e desperdiça seu maior mote: a luta do dia-a-dia pela mudança do destino.
Outlander - Primeira Temporada 2017-07-19 [series] Essa série parece uma cria da fórmula criada por Game of Thrones, onde sexo, violência e coadjuvantes de passagem são a lei. Porém, logo fica claro que a intenção nunca foi fugir muito do esquema noveleiro, onde torcemos por um casal principal. Ainda assim, a Escócia e os escoceses são retratados com tanto carinho nostálgico que é possível assistir à novela para se permitir viajar para aqueles tempos de outrora, onde costumes, valores, economia, política e sociedade parecem ligeiramente diferente do que vivemos hoje em dia.
Crashing 2017-07-04 [series] Eu já falei que a filmografia britânica é obviamente superior aos puritanos estadunidenses, seja no cinema ou em séries de TV. E Crashing não é exceção. Aliás, além de regra, é uma prova que, por contraste, besteiras como How I Met Your Mother já se beneficiariam só de serem produzidas na terra da rainha. A desvantagem dos ingleses é que suas séries são curtas demais. Essa tem em sua primeira temporada seis episódios de meia-hora cada.
Better Call Saul - Terceira Temporada 2017-07-03 [series] O espírito de Better Call Saul é o mesmo de Breaking Bad. A moral de seus personagens frequentemente oscila entre o aceitável e o criminoso. Porém, enquanto em Breaking Bad as ações de Walter White paulatinamente caminhariam em direção a atos que, sem sombra de dúvida, o deveria colocar por detrás das grades, este spin-off com o advogado da série original como protagonista nunca chega nesse nível, preferindo trabalhar a ambiguidade e a forma torta da justiça na vida real, onde às vezes -- ou quase sempre?
Sense8 - Segunda Temporada 2017-07-01 [series] A segunda temporada de Sense8 é tudo o que estava sendo ensaiado na primeira, mas com muito mais intensidade, propriedade e coração. E conforme se aproximava do final foi ficando mais claro por que, mesmo com tanta qualidade narrativa e temática, ou justamente por causa dela, a série estava se despedindo por falta de fãs suficientes. As irmãs Wachowski sempre foram mestras em mesclar temas contemporâneos e filosóficos (Matrix), além de sempre deixar claro que, embora idealizadoras de blockbusters, estão sempre experimentando formas ousadas de contar uma história (Speed Racer), e mesmo quando as coisas não dão muito certo (O Destino de Júpiter) o resultado se mostra pelo menos digno de provocação.
House of Cards - Quinta Temporada 2017-06-05 [series] Uma nova temporada de House of Cards significa que as peças do jogo serão remanejadas para dar início a outra partida, e a história é sempre sobre o remanejamento de peças, e não a partida em si. A Netflix usa e abusa de seu formato, já que a temporada inteira foi concebida para ser assistida em sequência. Os episódios quase nunca terminam em reviravoltas, mas em conclusões. São mini-capítulos da eterna história pela busca do poder.
House of Cards - Quinta Temporada, Episódio 1 2017-05-30 [series] House of Cards estreia novamente na Netflix em seu formato de praxe, com tramas interligadas que irão necessariamente desencadear no plano de dominação da família Underwood. Vemos uma breve e eficiente recapitulação de toda a saga e logo vamos nos acostumando novamente a ver os personagens se digladiado por um pouco mais dessa droga viciante que é o poder. Nada ainda foi estruturado de forma contundente. Apenas as peças do jogo foram remanejadas para dar início a outra partida.
Cara Gente Branca 2017-05-24 [series] Esta é uma série Netflix que fez sua lição de casa e está aproveitando a onda de discussões sobre racismo para inserir um trabalho que tenta fazer o espectador pensar em quanta besteira os militantes das minorias conseguem discutir ao mesmo tempo. Estruturado em capítulos de 20 minutos onde os bastidores da universidade de Winchester é esmiuçado pelo ponto de vista de cada um dos seus personagens, o primeiro episódio é sobre a radialista mestiça que tem um programa de rádio onde "denuncia" o racismo velado enquanto namora um rapaz branco, o segundo episódio é sobre um estudante/jornalista que tem "medo de falar sobre a verdade dos outros" e mal consegue se assumir gay, e o terceiro episódio é sobre um dos candidatos a presidente do grêmio estudantil, filho de um pai influente na política que aprendeu que política é apenas dizer o que as pessoas querem ouvir.
Juacas 2017-05-18 [series] [cinemaqui] A nova série da Disney, Juacas, tem todos os elementos que você esperaria de um conteúdo tipicamente Disney. Focado em uma galera jovem e despreocupada, há moças e rapazes em um clima descolado e um ambiente que lembra um pouco a novela Malhação, mas que ensaia contar uma história mais minissérie. Ela se passa na praia de Itacaré, na Bahia, e deve impulsionar o turismo na região. A areia e as águas parecem límpidas e próprias para o surf.
Girlboss - Primeira Temporada 2017-04-26 [series] Girlboss é uma história sobre os desafios do empreendedorismo. A série pega muito leve nos obstáculos, porque isso é EUA, e isso é Califórnia (se fosse no Brasil não existiria história, provavelmente). Seu núcleo gira em torno de uma menininha que, assim como quase todos nós, ainda não achou seu lugar no mundo, mas parece finalmente ter entendido o sentido da vida: tornar as pessoas felizes. E ela faz isso do seu jeito, reconfigurando roupas usadas (consideradas "vintage"), e não chama o que ela faz de negócio, mas de outra coisa.
Dirk Gently's Holistic Detective Agency - Primeira Temporada 2017-04-21 [series] Eis que termino a primeira temporada dessa série, e sou obrigado a dizer que quem estiver disposto a assisti-la terá que necessariamente ir até o minuto final para entender a engenhosa estrutura de seu roteiro, que consegue tornar o todo melhor que a soma de suas partes. Não que já não seja divertido acompanhar tantos weirdos por metro quadrado. Conseguindo interpretar com extrema eficácia por Max Landis um dos mundos do intraduzível escritor Douglas Adams, Dirk Gently's confia mais na força de seus personagens para que estes carreguem uma trama complexa sem que ela se torne excessivamente hermética.
Better Call Saul - Terceira Temporada, Episódio 1: Mabel 2017-04-16 [series] Better Call Saul está de volta. E como sempre é um prazer acompanhar os trabalhos de Mike Ehrmantraut. Sim, ele é o herói desse episódio piloto. Interpretado por Jonathan Banks como sempre, a direção de Vince Gilligan explora como sempre a persona de Saul Goodman, retomando o que vimos nos episódios anteriores, além de entregar um pouquinho do futuro Saul em seu finale pós-Breaking Bad. Mas são as sequências no melhor estilo policial dos anos 80, sem nenhum diálogo, a parte fascinante desse episódio.
Samurai Gourmet 2017-04-16 [series] No meio de tantas séries televisivas sobre cozinhar, eis uma série sobre degustar. Samurai Gourmet é baseado em quadrinhos e mantém seu personagem-título sob controle criativo das ótimas expressões do ator Naoto Takenaka. Ele se aposentou recentemente e irá agora explorar diferentes restaurantes, bares e cafés, revivendo os velhos dilemas que clientes desses lugares possuem. Nós simpatizamos com Takeshi Kasumi porque, assim como ele, ficamos sem jeito de reclamar quando a comida está ruim, ou quando pessoas barulhentas ou mal-educadas desrespeitam o ritual de uma refeição.
Sherlock: The Lying Detective 2017-04-16 [series] Eis mais um vilão de respeito para a série Sherlock, embora este seja apenas um fantoche para mais uma demonstração das inúmeras habilidades do detetive de Baker Street. Há brincadeiras a respeito dele ser o autor do blog que Watson (Martin Freeman) escreve a respeito das aventuras do companheiro, e há uma participação perturbadora do detetive e seu escudeiro em um hospital com crianças. O vilão, interpretado de maneira caricata e divertida por Toby Jones, ainda assim é um marco, pois permite que os heróis sejam.
Sherlock: The Six Thatchers 2017-04-16 [series] Sempre um prazer assistir a um novo episódio da série Sherlock, que atualizou o personagem e o gênero de investigação criminal através de um roteiro, direção e edição que insistem em correr além do espectador, jogando migalhas de pistas para que imploremos por mais. Diferente do episódio anterior aqui a história volta para os tempos atuais, e há uma certa mesmice, mas que é explorada com uma certa elegância e que contém em seu terceiro ato uma notícia bombástica e ao mesmo tempo covarde, pois coloca os dois companheiros de volta a um formato manjado, mas não menos apaixonante.
The Sound of Your Heart - Primeira Temporada 2017-04-16 [series] Maeumui sori é uma espécia de sitcom e novela/série coreana que apela para o absurdo, peidos e quadrinhos mal desenhados. Ele é engessado em seu formato e simples em sua abordagem, e tenta concentrar o maior número possível de piadas escatológicas e familiares aos seus poucos personagens. Ele vai denegrindo aos poucos. Começa com ideias quase originais, mas pelo menos muito engraçadas, e usa um ator com um timing cômico muito bom (Kwang Soo Lee) para interpretar o personagem principal.
Ultimate Beastmaster - Primeira Temporada 2017-04-04 [series] Esta não é uma competição corpo a corpo, nem uma avaliação de força, nem de habilidades esportistas. É, acima de tudo, uma ode ao ser humano, como as olimpíadas deveriam ser antes. Uma ode à capacidade humana, de se sobressair, vencer desafios e, o principal: vencer a si mesmo. São 108 competidores buscando uma vaga em uma final com apenas nove deles, que irá trazer o grande vencedor dessa primeira edição de um conjunto de provas que equilibram habilidades em usar de forma inteligente a energia e a saúde do corpo desses atletas.
Netflix Live 2017-04-01 [series] Prepare-se para o "streaming" mais emocionante já lançado por um serviço de "streaming". Netflix Ao Vivo possui momentos do cotidiano que podem se tornar emocionantes, divertidos, hilários e até empolgantes! Através da narração inspirada do dublador da série animada BoJack Horseman, vamos acompanhar momentos ao lado de figuras marcantes, e muitas vezes essenciais. Estaremos cara a cara, e ao vivo, do lado de um micro-ondas, uma torradeira, uma luta de polegares, o interior de uma geladeira -- com uma salada de uma tal de Jéssica -- palavras cruzadas e quebra-cabeças, e até um motorista tentando estacionar o carro!
12 Macacos 2017-03-29 [series] Travelers e 12 Macacos parecem não conseguir compreender todo seu potencial. Enquanto Travelers cria uma "nova ideia" a respeito de viagens no tempo, mantém toda sua estrutura convenientemente sob controle de alguns limites estabelecidos apenas para isso. Já 12 Macacos mancha a reputação do filme homônimo, tornando a viagem no tempo não como um trauma vivido por Bruce Willis, que não consegue distinguir seus delírios da realidade, mas como um processo banal.
Abstract: The Art of Design 2017-03-08 [series] O mais decepcionante desta série documental da Netflix é que ela termina cedo demais. Estava pronto para acompanhar mais umas duas horas -- ou até o seriado inteiro -- a respeito de Christoph Niemann, o ilustrador de capas da revista The New Yorker. A criatividade e sagacidade aparentemente inocentes de Niemann encantam, mas é a capacidade do diretor Morgan Neville em desenhar o episódio que é o mais fascinante. Encontrando uma forma de unir a cidade de Nova York aos delírios criativos de Niemann, Neville embarca em uma viagem deliciosa a respeito do dia-a-dia de um criador e sua mente, algo que o documentário indicado ao Oscar esse ano, "Life, Animated", deveria aprender algumas lições.
Science of Star Wars - Primeira Temporada, Episódio 1 2017-03-05 [series] Este documentário dividido em três episódios, cada um com mais ou menos uma hora, é uma desculpa indesculpável para falar sobre Star Wars aliado às evoluções atuais da tecnologia. É um caça-níqueis declarado em seu formato, já que Star Wars nunca foi uma ficção científica, e se formos analisar os exemplos que vemos no filme sobre robôs (o primeiro episódio) em nada é possível fazer uma referência, exceto a montagem do próprio filme.
Travelers 2017-02-28 [series] Viagem no tempo, física quântica, mulheres bonitas e gostosas: uma fórmula que geralmente merece dar uma olhada, para diversos fãs, de diferentes conteúdos. No caso da primeira temporada de Travelers, da Netflix, a química entre esses elementos oscila de maneira irregular, quase sempre frustrando ideias mais ambiciosas e quase sempre se rendendo ao juvenil politicamente correto. Quer dizer, no futuro os animais são nossos amigos e as pessoas passam mal em ver bacon?
One Punch Man: Wanpanman 2017-01-17 [series animes] One Punch Man pode muito bem ser uma série de uma piada só. E ela está no título. Entre todos os poderosos heróis que salvam cidades com nomes do alfabeto e de todas as criaturas malignas das profundezas da Terra, Saitama é uma pessoa comum que decidiu ser um herói por diversão. Ele treinou muito. Não, você não entendeu: ele treinou muito mesmo. Tanto que é o mais poderoso dos heróis, mesmo que ninguém acredite nele.
Dirk Gently's Holistic Detective Agency - Primeira Temporada, Episódios 1 ao 3 2017-01-01 [series] Tudo que é britânico eu já tenho meu preconceito que diz que vai ser bom. Agora, tudo que é humor britânico, eu tenho minhas certezas. Criado por Max Landis e escrito e baseado no livro de Douglas Adams, a história segue muito outro grande trabalho de Adams, O Guia do Mochileiro das Galáxias, onde o caminho é muito mais essencial que o destino. Sendo uma representação bem-humorada da própria vida, a história gira em torno da investigação de um crime em um hotel cujas pistas envolvem desde animais selvagens a domésticos, passando por situações ilógicas e viagens no tempo.
Rick and Morty - Primeira Temporada 2017-01-01 [series] [animation] Essa é uma animação adulta até para muitos adultos. Ele discute temas familiares da maneira mais crua, usando artifícios de sci-fi para tornar tudo mais amenizado ou potencializado. Quando a história é das consequências de um desejo egoísta o roteiro acaba com toda aquela realidade, transformando os humanos em monstros. Quando quer discutir feminismo, adentra em um mundo onde mulheres usam os homens apenas para o que eles servem: aparelhos de esperma (aparentemente a genialidade feminina nesse planeta não conseguiu realizar inseminações artificiais).
3% 2016-12-04 [series] Mais uma série Netflix advinda de um experimento de produtores brasileiros. Cheguei a ver o piloto experimental no YouTube. Parecia promissor, ainda que precisasse de polimento no formato novelístico e superficial. Hoje, com a primeira temporada já produzida em nível Netflix, é possível afirmar que ele ainda precisa de polimento, pois possui os mesmos defeitos ignorados pela gangue de roteiristas. Há uma boa história em 3%, no entanto. Futuro distópico, humanidade (ou aquela parte da humanidade) é dividida em duas castas.
Chef's Table 2016-12-04 [series] As séries que costumo testar/acompanhar da Netflix me fazem às vezes questionar a capacidade da distribuidora de conteúdo de se manter na média das outras produtoras. Às vezes eles parecem ligeiramente superiores. E é o caso de Chef's Table, que se veste de uma série documental com cada episódio abordando um chefe de cozinha e o que ele tem a oferecer à alta gastronomia. Porém, no fundo, os idealizadores da série vão além, e embora sigam constantemente uma cartilha estática no roteiro (e na direção), os resultados podem surpreender.
Haters Back Off! 2016-12-04 [series] É difícil saber o que esperar dessa série de humor da Netflix. Ela oferece personagens que são sobrenaturalmente estúpidos. Mas, ao mesmo tempo, é tentador entender a mente de pessoas tão estúpidas interagindo, especialmente se essas pessoas possuem uma visão tão fechada sobre o mundo e pretendem ganhá-lo, elevando à fama a garota mais mimada da casa: Miranda Sings (o nome veios antes da fama, para saberem que o que ela faz no YouTube é cantar).
Quando a realidade encontra South Park 2016-11-18 [series] South Park é uma série que homenageia o pior em nós mesmos. A série criada pela dupla Trey Parker e Matt Stone a partir de personagens recortados em 2D é um retrato fiel da estupidez humana. Porém, nem os criadores conseguiram prever tão longe. E quando enxergamos o mundo de hoje lembramos da célebre frase de Einstein: "duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana". Sábio como era, porém, o famoso físico possuía algumas dúvidas a respeito do universo não ter fim.
Angel Beats! 2016-11-04 [series animes] "Não fazer sentido é com a gente!", repete a heroína Ryuko Matoi nos capítulos finais do anime "Kill La Kill", uma série ousada e inteligente, mas que acaba em seus capítulos finais descanbando para o clichê de lutas sem fim. Mesmo assim... pobre Ryuko; mal sabia ela que seria ultrapassada de longe por "Angel Beats!", um trabalho digno de colegiais sem ter o que fazer na hora do recreio, e que une diferentes conceitos em prol da diversão interna desses alunos, pois qualquer tentativa de entender a lógica interna desse universo cairá por terra.
Black Mirror - S03E04 - San Junipero 2016-10-28 [series] Já estava na hora da série Black Mirror enfocar uma questão altamente relevante e discutida entre os aficionados por tecnologia futura: a imortalidade. Dentre as diferentes formas, eles escolheram a perfeita para o romance que pretendem retratar em um arco ambicioso, tudo em apenas uma hora. Abaixo uma breve descrição COM SPOILERS. Como sempre, os sempre habilidosos roteiristas utilizam a descoberta aos poucos do que estamos vendo, muito embora, se você já conhece a série (estando na terceira temporada, no quarto episódio, isso é muito provável) fica difícil tentar se desvencilhar do óbvio: é claro que estamos falando do futuro.
Black Mirror - S03E03 - Shut Up and Dance 2016-10-28 [series] Após um episódio medíocre, Black Mirror volta a fazer história com a tecnologia atual. Sem apelar (muito) para o futurismo, conta a história de como quem não vive através da verdade vira refém dos outros, além de jogar o público a favor dos roteiristas usando a moral da sociedade como pêndulo de justiça (isso nunca dá certo). A história começa com o jovem, ingênuo e introvertido Kenny (Alex Lawther), que é solitário no trabalho e usa seu computador para estravasar seu apetite sexual de adolescente.
Black Mirror - S03E02 - Playtest 2016-10-25 [series] Como seria um episódio de hoje em dia da série "Além da Imaginação", que mistura lendas urbanas, teorias da conspiração e acontecimentos fantásticos, sempre com um fundinho de moral? Desconfio fortemente que seria como os idealizadores de Black Mirror nos fizeram passar este episódio-terror, que parece experimentar um Twilight Zone versão High-Tech. Este episódio, afinal de contas, também parece um playtest da série. Em uma época onde os games se tornam cada vez mais detalhados, a realidade aumentada e virtual viraram uma onda frenética, e as redes neurais.
Black Mirror - S03E01 - Nosedive 2016-10-23 [series] É muito bom ter o Black Mirror de volta na Netflix, com episódios novos. Nenhum me desapontou até agora, tanto pelos aspectos técnicos, narrativos, mas, principalmente: em fazer pensar. E esse nos faz pensar apesar da ideia óbvia: redes sociais. Todas juntas, na vida "real", fazendo as pessoas se esforçarem por aumentar suas notas, sua popularidade. Tudo depende disso. E no caso, o tudo é uma vida cercada de mentiras. Como não amar uma série como essas?
Easy 2016-10-23 [series] Easy é uma série muito interessante da Netflix. Ela explora os relacionamentos mostrando como eles, na verdade, são bem mais simples do que a esmagadora maioria das pessoas pensa que é. Todo o drama, as complicações, a falta de comunicação é traduzida em uma linguagem simples, de São Francisco, que envolve diferentes tipos de casais (ou outros) em diferentes tipos de situações. Seus pontos em comum? Tentar complicar o que é muito, muito simples.
Ghost Hound 2016-10-23 [series animes] Geralmente as animações japonesas pecam pelo caricato sem ter muito realismo (exceção: stúdios Ghibli). Aqui, em Ghost Hound, começamos assistindo um drama psicológico, mas no meio a coisa vira exatamente este caricato, que, embora em um nível mais sutil, acaba por acusar a si mesmo de ser... uma animação. Apesar disso, Ghost Hound é um trabalho denso, interessante, sempre marcado pelo mistério e descoberta de acontecimentos metafísicos/sobrenaturais aliadas a algo real ou pseudo-científico.
Midnight Diner: Tokyo Stories 2016-10-23 [series] Como uma versão japonesa, mas mais folclórica e... gastronômica? de Easy (série da Netflix sobre desembaraçar relacionamentos), Midnight Diner é fofo, pois apela para o jeito animê do japonês se comportar (e os atores colaboram, vivenciando personagens impossivelmente agradáveis), e um passatempo curioso. Parece que quanto menos sabemos dos detalhes da vida dessas pessoas fictícias, mais emblemática se torna a história, e mais torcemos para que tudo dê certo. Uma série que evoca esses sentimentos do seu espectador não pode ser tão ruim assim.
Supergirl 2016-10-22 [series] A nova série da "menina de aço" parece importada do seu original de 1984 e atualizada de maneira preguiçosa com os temas do momento (leia: feminazismo). Se até a metade do piloto conseguimos nos importar minimamente com a trama e, principalmente, com o destino de Kara e a decisão de ser quem ela verdadeiramente é (uma super-heroína), de lá pra frente o que vemos é a entrega total ao televisivo, a soluções fáceis e a modelos de entretenimento que utilizam referências dos últimos trabalhos da DC para soar antenado.
Luke Cage 2016-10-17 [series] As produções da Marvel têm tanta certeza que seus fãs irão acompanhar as séries do começo ao fim que eles sequer precisam fazer um episódio piloto que chame a atenção. E é assim com Luke Cage, cria gerada a partir de Jessica Jones, a quase-potencial série em se tornar algo além do incidente Vingadores em Nova York. Nesse caso, Cage passeia pelos personagens que irão colocá-lo em grandes enrascadas e fazê-lo viver grandes aventuras na velha e bobinha lenda do herói humilde que surge do Harlem e que combate uma poderosa máfia com conexões políticas.
O Incrível Mundo de Gumball 2016-10-16 [series] Mais um desenho de adultos que apela para o absurdo, a metalinguagem, o fofinho, o humor negro e o slapstick que ultrapassa o convencional em um formato quase tão criativo quanto A Hora da Aventura. Felizmente, Gumball tem senso do ridículo ou acaba sendo mais adulto. A família de Gumball é mais um exemplo de família funcional que não precisa seguir regras para ser considerada saudável. Seus irmãos são criações de video-game, como um garoto sem pescoço mas cheio de pernas.
Peppa Pig 2016-10-16 [series] Eis um desenho que preza por histórias sucintas, rápidas e simples, ligeiramente divertidas e que estão atreladas ao fato da família principal ser constituída de porcos. Aliás, mais do que isso. São porcos que vivem em uma casa, possuem um carro. Sua filha -- a Peppa do título -- vai a aulas de balé. Seus pais são gordos e simpáticos. Seus avós são ativos. Enfim, uma família normal que passa por peculiaridades que toda família passa.
South Park - Vigésima Temporada, Episódios 1 a 4 2016-10-15 [series] A vigésima temporada de South Park começa em um tom dramático que esconde o humor ainda mais dentro do absurdo de suas situações. Não deixa de ser poderosa sua mensagem, mas ele está se tornando, desde a temporada anterior, um longa-metragem anual de três horas e pouco. Isso é bom ou ruim? Talvez seja necessário esperar o fechamento do arco deste ano para termos certeza. O que a série criada por Trey Parker, Matt Stone e Brian Graden parece nunca temer é ousar além dos caminhos de seus semelhantes (Simpsons, e Family Guy, isso é sobre vocês).
Mr. Robot 2016-09-11 [series] Finalmente uma série que retrata o hacker de uma maneira realista. Mais do que isso: retrata o hacker inserido na realidade que vivemos hoje, nesse exato momento. E, por que não, alguns meses à frente? Mr Robot é uma série idealizada por Sam Esmail que está finalizando sua segunda temporada, em uma continuação tão profética quanto o nível subversivo das ideias contidas em seu original (a primeira temporada). De certa forma, embora com ótimos episódios e um roteiro instigante, a segunda temporada tenta fazer exatamente o que a Evil Corp faz na economia: vende o problema e a solução.
Jessica Jones 2016-08-18 [series] Uma história de super-heróis ligeiramente diferente do que a Marvel costuma contar, Jessica Jones é uma narrativa arrastada, que dá tempo de tela demais para a limitada Krysten Ritter (da série Breaking Bad), e que muda de tom durante sua história. No início há indícios de um noir pós-moderno, com cores na penumbra, uma protagonista bisbilhoteira de caráter (e um passado) duvidoso, e uma certa relativização do que é certo e errado; lá pela metade, com o surgimento do vilão Killgrave (o ótimo David Tennant) encontramos um curioso debate de quais são os papéis de bem e mal, assim como se vale a pena tentar salvar representantes da espécie humana conhecendo sua capacidade infinita para miséria de espírito, estupidez e egocentrismo; e no final, para conseguir executar seu "plano final", manipula tudo que havíamos visto até então para entregar uma conclusão clichê e insossa, nos forçando a tentar gostar de uma heroína problemática e desgostar de um vilão no mínimo fascinante.
Modern Family - Primeira Temporada, Episódios 1 ao 5 2016-08-04 [series] Família Moderna é uma série que explora justamente o conceito que seu título sugere. Há um casal gay que adota uma criança estrangeira, há a imigrante nova que casa com o velho rico, que tem um filho que é mais maduro que o próprio velho. Há o casal americano padrão -- para preencher a cota, supostamente -- e basicamente é isso. Engraçadinho, sitcom, não sabemos se a ideia era retirar estereótipos ou reafirmá-los.
Stranger Things 2016-08-04 [series] A irrelevância da bilheteria Netflixiana A Netflix conseguiu mais uma vez. Usando seu algoritmo de análise do que o público quer ver, aí está justamente o que a grande massa adoraria ver: referências doentias aos anos 80 sem qualquer vergonha de se render ao clichê, ou apelar para emoções baratas. As pistas de uma série misteriosa aparecem na primeira cena que são usadas. Além de tudo, o roteiro é preguiçoso.
Breaking Bad - A Série 2016-07-16 [series] Sabemos desde o início do seriado que há algo de novo, muito novo, na televisão. Através da figura de um pacato professor de química que descobre ter câncer e que será pai novamente enxergamos aos poucos a relativação da moral quando Walter White decide produzir drogas usando seu conhecimento e sua recém necessidade de zelar pelo futuro de sua família. Através dessa história inicial somos levados ao mundo do crime e como ele pode ser bem menos glamoroso do que imaginamos, mas também bem menos assustador do que nos contam.
Breaking Bad - Quinta Temporada 2016-07-16 [series] Assim como Tropa de Elite (1 e 2), Breaking Bad tem seu próprio arsenal para o campeonato de frases famosas dita ao longo da série. Cada temporada apresenta pelo menos uma, de "I am the Danger" a "Say My Name" até para frases que não são particularmente brilhantes, mas fecham diálogos memoráveis como uma cereja no bolo. Muitas dessas frases são ditas pelo protagonista interpretado por Bryan Cranston, mas eu diria que há uma bela de uma competição entre todos os inesquecíveis personagens.
Breaking Bad - Quarta Temporada 2016-07-16 [series] A saga de Vince Gilligan continua soando como um mini-manifesto libertário, mas agora ao mesmo tempo resolve discutir moral através de múltiplas ações de múltiplos personagens. Enquanto Skyler começa a se envolver nos planos de Walt, a questão sobre o que é certo e errado entra em conflito com o que é legal e ilegal. Durante toda a temporada, um cigarro (legal) é carregado por Jesse em seus inúmeros maços; o que esse cigarro contém de especial é uma outra substância escondida (ilegal) que pode ser usada para envenenar uma pessoa.
Breaking Bad - Terceira Temporada 2016-07-16 [series] Após a sequência de coincidências discutível no final da temporada anterior, Skyler agora sabe da droga, Walt decide em um ímpeto queimar o dinheiro, mas volta atrás. Todos são culpados na terceira temporada, dos usuários aos distribuidores e produtores, mas também os defensores da lei. Ninguém está a salvo do escrutínio moral, mas em vez de criticar, a série os entende perfeitamente. É a moral do indivíduo que está em jogo, e não uma série de leis absurdas em torno das quais todos lutam ferozmente.
Breaking Bad - Segunda Temporada 2016-07-16 [series] Temporada S02 revista. Alguns sentimentos mistos. A saga do Walter White ganha alguns contornos novelísticos, mas a paixão cromática do diretor de fotografia é contagiante do começo ao fim. Não me lembro de nenhum episódio onde não estivesse procurando nos cenários e figurino a presença das cores verde, amarelo, azul e roxo; pior: agora temos um novo tom que começa a despontar: o cinza/preto. E é por isso que um dos astros fora de cena que melhor contribui para a história é Michael Slovis, o diretor de fotografia de todos os episódios (ou da grande maioria), e que nas próximas temporadas irá digirir um episódio em cada.
Breaking Bad - Primeira Temporada 2016-07-16 [series] Sabemos desde o início do seriado que há algo de novo, muito novo, na televisão. Através da figura de um pacato professor de química que descobre ter câncer e que será pai novamente enxergamos aos poucos a relativação da moral quando Walter White decide produzir drogas usando seu conhecimento e sua recém necessidade de zelar pelo futuro de sua família. Através dessa história inicial somos levados ao mundo do crime e como ele pode ser bem menos glamoroso do que imaginamos, mas também bem menos assustador do que nos contam.
Blacklist (piloto) 2016-05-20 [series] Um episódio, e nada impressionante. Blacklist -- uma série com James Spader, Megan Boone e Harry Lennix -- apresenta um anti-herói que deve começar a fazer "delações premiadas" em troca de imunidade, sendo que ele próprio irá tirar vantagem disso, por conhecer tão bem o submundo do crime e por conhecer melhor ainda o passado, presente e talvez futuro da recém-agente do FBI/CIA/Whatever Elizabeth Keen (Boone). A questão é: já vimos algo parecido com isso em O Silêncio dos Inocentes, o que tira toda a graça dessa dinâmica tão inferior, mesmo que com bons atores.
The Lizzie Borden Chronicles (piloto) 2016-05-20 [series] Juro que esperava peitinhos. Uma série com a sempre "interessante" Christina Ricci (A Família Addams ou... O Oposto do Sexo?) sempre promete algo assim. Ela como a assassina sanguinária Lizzie Borden, então... A série possui uma temporada e oito episódios, e tem por intuito contar a respeito do caso dessa mulher do final do século 19, que matava pessoas com um machado. A série é assustadoramente televisiva, com aqueles zooms acelerados seguidos de câmera lenta, e cortes bruscos e sem motivo.
Better Call Saul - Segunda Temporada 2016-04-22 [series] A segunda temporada de Better Call Saul consegue repetir a façanha da primeira, em apresentar personagens fascinantes com praticamente só imagens; aqui, porém, Saul tem que dividir as atenções com duas figuras cada vez mais presentes: o bom e velho Mike Ehrmantraut (Jonathan Banks) e a madura e persistente Kim Wexler (Rhea Seehorn). Ambos são personagens que passam a valer a pena acompanhar e torcer junto, pois eles são, de uma maneira torta, lados da mesma moeda: a consistência e o caráter.
Better Call Saul - Primeira Temporada 2016-04-22 [series] A primeira temporada de Better Call Saul, spin-off do personagem Saul Goodman da série Breaking Bad, realiza um arco tão lendário quando o Walter White da série original. Esse arco é mais simples, previsível em sua própria estrutura, mas simplório jamais. Oscilando entre o cômico e o dramático, ganha mais o espectador que encara tudo aquilo como um drama tão intenso que consegue soar às vezes caricato, mas no final acaba se transformando em um tema digno de reflexão: como pode um sujeito ser esmagado de tantas formas diferentes e, ainda assim, continuar resistindo?
Sherlock: The Abominable Bride 2016-04-07 [series] A quarta temporada da série possui apenas um episódio por enquanto, e como todos os episódios anteriores, do tamanho de um filme de uma hora e meia, mantendo um clima morno metade do seu tempo, diminuindo seu ritmo para retratar a época vitoriana abandonada pela própria premissa da série de se atualizar. Neste episódio estamos na época original de Sherlock Holmes, e em uma de suas história originais, vinda de seus livros que, claro, continuam aqui sendo escritos por Watson.
House of Cards - Quarta Temporada 2016-03-13 [series] A temporada 4 de House of Cards é o que esperaria ver de um Francis Underwood presidente, algo que foi adiado pela pálida temporada anterior, que ainda que tenha seus momentos gloriosos, falha em sua premissa principal: causar tensão no dia-a-dia presidencial. E essa tensão está amplamente disponível agora, se espalhando por todas as vias políticas. Obviamente ela afeta sempre indiretamente Frank, mas a série se inicia com Lucas Goodwin na prisão (Sebastian Arcelus), que assim como Doug Stamper (Michael Kelly) terá uma curva trágica que desencadeará a trama principal.
House of Cards - Terceira Temporada 2016-03-13 [series] Até a sua segunda temporada, House of Cards se beneficiava dos movimentos estratégicos de Frank Underwood (Kevin Spacey) para chegar ao topo e assim mover a história. Agora que ele ocupa o cargo máximo da nação mais poderosa do mundo sobra pouco espaço para subir, mas um longo caminho para descer. A recuperação de Doug Stamper (Michael Kelly) e sua genialidade resumida em pouquíssimos movimentos faz reflexo com a fraqueza de Underwood em um cargo público, como tão bem define as incessantes entrevistas com a imprensa e os ataques dos jornalistas, que parecem ter surgido de um panfleto comunista.
House of Cards - Segunda Temporada 2016-03-13 [series] Já sabemos que Frank Underwood (Kevin Spacey) é capaz de literalmente tudo por mais poder. Se isso não fica claro no desfecho trágico do final da primeira temporada, com certeza o início da segunda não deixará a menor dúvida da mente doentia e obstinada do agora vice-presidente. Criando uma metáfora extremamente eficiente entre uma batalha da guerra civil americana e a obsessão de Underwook pela presidência, os símbolos e os desfechos cada vez mais irônicos dos personagens secundários povoam o imaginário do espectador de maneira sutil, mas permanente.
House of Cards - Primeira Temporada 2016-03-13 [series] Quanto mais penso que House of Cards não teria por que figurar entre as melhores séries que já vi (até o momento), pois "não tem nada de mais", mais fico convencido que tem. A despeito das demonstrações de poder e ambição de Francis Underwood (o personagem de Kevin Spacey) que divertem o público em geral, as entrelinhas que sutilmente se formam entre os personagens sobriamente idealizados por Beau Willimon, cujo livro "Farragut North" foi brilhantemente adaptado por George Clooney em Tudo pelo Poder, ajudam a construir na série um clima tão realista que torna-se assustador imaginar que aqueles acontecimentos podem de fato ter ocorrido ou estar ocorrendo com outros nomes em outros lugares, mas que mantém a mesma premissa narrativa de depender do poder emanado pelo Estado para que as marionetes dancem em torno do palco que se forma.
Love - Primeira Temporada 2016-03-01 [series] O que significa se relacionar? Por que para algumas pessoas isso funciona tão bem, enquanto para outras é como dirigir um trator esmagando todos os corações pelo caminho? A nova série da Netflix, Love, busca responder essa questão em um formato que tenta evitar sitcoms como How I Met Your Mother e se aproximar do drama de fato que é se relacionar com outras pessoas. Porém, não deixa de lado o bom humor, além de explorar bem o lado tecnológico dos dias de hoje e criar uma diversidade de etnias e gêneros que torcemos que seja verdade na vida real (nem que seja nesse universo limpinho, sanitizado e semi-rico de Hollywood).
Making a Murderer 2016-02-07 [series] Filmado por um período de 10 anos, Making a Murderer é um documentário que assume a posição do réu Steven Avery, que foi preso por 18 anos por um crime que não cometeu e que, posto em liberdade, precisa se defender novamente de mais uma acusação de um crime hediondo. Porém, mais do que isso, é um filme que nos ajuda a pensar a problemática das diferentes versões de um fato e como a construção de uma história se torna mais vital do que a própria história, além de colocar em xeque o sistema americano de justiça, quando uma comunidade inteira parece estar disposta a colocar um homem detrás das grades para sempre por um jogo de influências que é difícil de se desvencilhar.
F is for Family 2016-01-30 [series] [animation] Juventude Transviada e filmes do John Hughes são exemplos de filmes icônicos que discutem essa distância incômoda e fascinante entre as gerações de pais e filhos. F for Family é a tentativa da Netflix de mostrar isso E a distância que nos separa dos costumes de uma era: os (hoje) controversos anos 70, onde fumar em qualquer lugar era tão lei quanto falar palavrões na frente das crianças (e depois se perguntar onde foi que eles aprenderam a falar assim).
Black Mirror - S01E01 - The National Anthem 2015-12-13 [series] Black Mirror é uma série que explora o que há de pior em nossa era da comunicação instantânea e da tecnologia crescente. Na verdade, eles vão um pouco além da nossa realidade atual, avançando alguns anos/décadas, onde algumas novidades brincam com nosso conceito de humanidade e relacionamentos, mídia e governos. Essa série britânica parece ter como tema mostrar o que há de pior na globalização da mídia através da internet, além de sua velocidade quase instantânea de compartilhamento, permitindo com que um conteúdo proibido na mídia tradicional (televisão, rádio) por governos se espalhe irrestritamente por esta rede mundial descentralizada.
Black Mirror - S01E02 - Fifteen Million Merits 2015-12-13 [series] Black Mirror é uma série que explora o que há de pior em nossa era da comunicação instantânea e da tecnologia crescente. Na verdade, eles vão um pouco além da nossa realidade atual, avançando alguns anos/décadas, onde algumas novidades brincam com nosso conceito de humanidade e relacionamentos, mídia e governos. Alguém poderia acusar o segundo episódio da primeira temporada de Black Mirror de inocente, ou de dizer apenas obviedades. Esse alguém estaria correto.
Black Mirror - S01E03 - The Entire History of You 2015-12-13 [series] Black Mirror é uma série que explora o que há de pior em nossa era da comunicação instantânea e da tecnologia crescente. Na verdade, eles vão um pouco além da nossa realidade atual, avançando alguns anos/décadas, onde algumas novidades brincam com nosso conceito de humanidade e relacionamentos, mídia e governos. Talvez o episódio mais fraco dessa temporada, mas ainda muito bom pela tensão que cria. Em mais uma versão futurista do mundo -- mas nem tanto -- as pessoas usam um gravador de tudo o que veem e escutam em seu dia-a-dia, podendo voltar rapidamente às suas memórias áudio-visuais através de um controle, e até realizar um playback na tela mais próxima para as pessoas presentes.
Black Mirror - S02E01 - Be Right Back 2015-12-13 [series] Black Mirror é uma série que explora o que há de pior em nossa era da comunicação instantânea e da tecnologia crescente. Na verdade, eles vão um pouco além da nossa realidade atual, avançando alguns anos/décadas, onde algumas novidades brincam com nosso conceito de humanidade e relacionamentos, mídia e governos. As nossas vidas estão irremediavelmente conectadas ao mundo virtual da internet. Alguns não se importam muito com isso, outros praticamente vivem boa parte do seu tempo nisso.
Black Mirror - S02E02 - White Bear 2015-12-13 [series] Black Mirror é uma série que explora o que há de pior em nossa era da comunicação instantânea e da tecnologia crescente. Na verdade, eles vão um pouco além da nossa realidade atual, avançando alguns anos/décadas, onde algumas novidades brincam com nosso conceito de humanidade e relacionamentos, mídia e governos. Catártico, esse episódio consegue criticar ao mesmo tempo o coletivo que observa inerte a realidade cruel do mundo em sua volta, os selfies em enterros e no meio de desgraças, e ao mesmo tempo reverte essa expectativa punindo um indivíduo justamente por este comportamento.
Black Mirror - S02E03 - The Waldo Moment 2015-12-13 [series] Black Mirror é uma série que explora o que há de pior em nossa era da comunicação instantânea e da tecnologia crescente. Na verdade, eles vão um pouco além da nossa realidade atual, avançando alguns anos/décadas, onde algumas novidades brincam com nosso conceito de humanidade e relacionamentos, mídia e governos. O primeiro episódio de Black Mirror chantageia o primeiro-ministro britânico e o obriga a fazer sexo com uma porca em uma transmissão nacional na TV.
Black Mirror - S02E04 - White Christmas 2015-12-13 [series] Black Mirror é uma série que explora o que há de pior em nossa era da comunicação instantânea e da tecnologia crescente. Na verdade, eles vão um pouco além da nossa realidade atual, avançando alguns anos/décadas, onde algumas novidades brincam com nosso conceito de humanidade e relacionamentos, mídia e governos. Esse episódio, quase um especial, é o mais longo da série até o momento e o último da segunda temporada. Ele referencia vários episódios utilizando sua tecnologia futurista e suas interações no futuro.
Fringe (piloto) 2015-12-12 [series] Logo no começo, Fringe estabelece as conexões necessárias para uma longa jornada em torno do que a ciência descobriu, mas está nas mãos de poucos. Utilizando uma dose suficiente de tecniquês com senso comum, a primeira aventura utiliza efeitos visuais de primeira linha, um thriller policial com tons dramáticos convincentes e personagens em situações que permeiam muito bem o limite entre o plausível e a loucura. Criado por J.J. Abrams (Lost) e seus amigos, a série tem como heroína a agente do FBI Olivia Dunham (Anna Torv).
História de Horror Americana - Season 4 - Freak Show 2015-11-28 [series] Acho que já disse que AHS não é uma série de terror no sentido convencional -- assustar pessoas -- mas muito pior do que isso: mostrar o horror implícito no ser humano, e ir às últimas consequências do que a violência de seres egoístas, mesquinhos, vaidosos, orgulhosos e invejosos consegue produzir. E o resultado impressona, mas impressiona muito mais a capacidade dessas pessoas de fazer o mal, quase como se o mal nem precisasse depender dessas pessoas para existir, como se fosse materializado e aparecesse diante de nossos olhos sob a forma de ação, representada pelo horror gráfico, mas com um significado muito maior do que chocar pelo ato em si.
História de Horror Americana - Season 3 - Coven 2015-11-28 [series] Já havia falado que American Horror Story consegue impressionar pelos seus quesitos técnicos, a criação de seus personagens e seu aspecto gore que consegue preencher tudo que conhecemos de terror Hoolywoodiano (incluindo o subgênero trash). Porém, uma coisa que a série definitivamente não consegue é criar e consolidar histórias que sejam mais do que um passatempo conhecido como novela. Não há profundidade dramática em AHS, apenas a profundidade de seus objetos cortantes na carne humana.
História de Horror Americana - Season 2 - Asylum 2015-11-28 [series] A segunda temporada de American Horror Story utiliza outra história, outros personagens, com alguns atores da temporada anterior, e outros dramas. Porém, o que permanece marca registrada da série é a maldade. Não a maldade dos demônios espirituais que dominam as trevas, nem dos E.T.s (se há demônios, por que não aliens?) que nos tratam como ratos de laboratório. Essa maldade é fictícia, metafórica demais para que cause algum impacto além do gráfico.
História de Horror Americana - Season 1 - Murder House 2015-11-28 [series] Pela primeira temporada de American Horror Story (ou História de Horror Americana) pode-se perceber que, apesar de recriar muitas (quase todas) histórias de horror que fazem parte não apenas do imaginário de terror coletivo como foi responsável pelos maiores clássicos do gênero no Cinema, a direção e o roteiro mistos quase sempre referenciam de uma forma tão orgânica essas histórias que fica impossível não apreciar tamanha homenagem que a série proporciona para os fãs de terror.
How to Get Away with Murder - Primeira Temporada, Episódios 1 ao 3 2015-11-28 [series] Assisti alguns episódios deste que parece ser aquelas séries que causam sensação, talvez pelo seu final. O detalhe é que não importa como, todo novo episódio parece querer voltar nas mesmíssimas cenas finais, onde os estudantes de direito se metem em um assassinato e precisam... adivinhem? Lavar suas mãos. Sem muita originalidade sequer na escola desses estudantes, o herói dessa empreitada, o jovem entusiasta Web Giggins (Alfred Enoch), é escolhido pelo seu empenho, apesar de até então não ter estudado muito nas aulas de Annalise Keating (Viola Davis), a professora que oferece prêmios baseado no desempenho de seus alunos em casos reais que analisam.
Terror in Resonance 2015-09-19 [series] Esse aparentemente é um seriado de uma temporada apenas, com cada um de seus onze episódios com cerca de 20 minutos ou menos, dando no final das contas um filme de pouco mais de três horas com os famigerados cortes e padrões de mídia japonesa. Ambientado no Japão atual, conta a história de dois jovens terroristas, a perseguição das autoridades japonesas e uma influência norte-americana inesperada (embora todos esperassem por isso quando se trata de terrorismo).
Mais um Verão Americano (piloto) 2015-09-12 [series] A Netflix é uma empresa, e como toda empresa ambiciona o lucro. Por causa disso obviamente não consegue se desvencilhar do seu destino Hollywoodiano de descobrir uma fórmula e repeti-la à exaustão. É assim com seu conteúdo adulto -- sexo ocasional + violência exarcebada -- e é assim com suas comédias agrada-público-medíocre -- atores divertidos/comediantes, uma ou outra fala interessante, o tema acima da arte. E é assim que nasce uma fábrica de obras que reciclam o velho seriado norte-americano da época de Nanny, Full House, Um Maluco no Pedaço e tantos outros que capturaram o espírito americano de dar risada e globalizaram em uma fórmula fácil de pegar para todo mundo.
Narcos 2015-09-11 [series] Assisti os três (quatro?) primeiro episódio de Narcos, a série da Netflix produzida por José Padilha (Tropa de Elite) e que dirigiu o piloto. No elenco, Wagner Moura faz o famigerado criminoso que roubou o dinheiro dos americanos e os corações dos colombianos em um negócio ilegal que custou vidas e uma investigação difícil da polícia. Não, não estou falando de um ditador populista, destes que inundam a América do Sul.
Derek 2015-07-28 [series] Derek é uma série britânica dirigida e roteirizada e protagonizada pelo comediante Ricky Gervais. Seu personagem é a espinha dorsal e moral de um lar para idosos orquestrado pela perseverante Hanna (Kerry Godliman). A câmera trabalha da mesma forma com que seu trabalho em The Office (o britânico original), como se estivessem filmando um documentário e mesmo assim as pessoas fossem elas mesmas. É um formato popular, também usado em Parks and Recreation e copiado no The Office americano.
Family Guy 2015-07-28 [series] Depois de mais de 10 anos de sucesso, o sempre interessante Seth MacFarlane (Ted) insiste em piadas sobre eventos passados dos seus personagens, brincadeiras metalinguísticas e regionalismos durante quase todo o tempo. Talvez essa seja a eterna questão da série que já acumula treze temporadas e continua se autorreciclando em altos e baixos. O fato de apelar para sexo, violência explícita e dark comedy apenas enfatiza a "escassez" desse material em programas live-action, fruto de uma autocensura crônica da sociedade estadunidense, apesar de nunca explorar esses temas de maneira verdadeiramente libertária como South Park.
Louie 2015-07-28 [series] O comediante, diretor, roteirista, ator Louis C. K. já protagonizou diferentes shows de stand up comedy e é um veterano no assunto. Talvez veterano seja dizer pouco: o cara é simplesmente fodástico na arte do humor. É uma das referências do gênero, e após a morte do mestre (que deus não o tenha) George Carlin, talvez Louis seja o melhor comediante norte-americano da atualidade. Além de já realizar algumas pontas no cinema (inclusive num dos últimos filmes do Woody Allen, Blue Jasmine) e em séries (Parks and Recreation) ele resolve estrear sua própria série de comédia baseada em sua persona artística (pai de duas filhas divorciado com mais de 40 que faz comédia para sobreviver).
Regular Show 2015-07-28 [series] Regular Show consegue contar seus episódios em apenas dez minutos. Isso em uma história quase sempre dotada de uma criatividade sem limites onde figuras impossíveis surgem para completar as piadas com o toque final do absurdo necessário para arrematar histórias com esse tom. Confuso, mas é sempre assim. Parece ser comum hoje em dia as animações preferirem vender para a TV vinte ou até mais minutos de uma experiência inchada. O público não se importa, e várias produções parecem se sentir merecedoras de ocupar nossos minutos raros dedicados ao entretenimento com repetições baratas de músicas e enredos.
South Park 2015-07-28 [series] Comecei assistindo essa animação já "decanária" (10 anos?) recentemente através das temporadas disponíveis na Netflix brasileira. O resultado foi um entusiasmo tão grande e egoísta que praticamente parei o meu ritmo frenético de filmes para reservar boa parte dos meus fins de semana e noites para ir até o último capítulo disponível da versão dublada em português. Posso dizer que aprendi muito sobre a vida, o mundo, a sociedade, e mim mesmo.
Sense8 2015-07-06 [series] Essa é uma série que tem todos os motivos de ser "acusada" de novela, no sentido da história estar totalmente focada nas reviravoltas amorosas de seus personagens. Mas o que dizer quando o destino amoroso do personagem X, Y e Z estão unidos de uma maneira tão fantástica que é impossível de disassociá-los e montar a velha tabela par romântico ou trio amoroso? Curiosamente, existe um trio amoroso na história. E existe um drama familiar.
Better Call Saul e Metástasis (piloto) 2015-03-03 [series] Tive uma experiência no mínimo curiosa esta noite. Não, não é o que você pode estar pensando se você não me conhece. Quem participou da experiência comigo foi a Netflix. E Saul Goodman, ou James McGill. E Walter White e seu alter ego latino, "Señor Blanco". E eu recomendo essa experiência. Better Call Saul está em seu quarto episódio e já apresenta pelo menos dois episódios imperdíveis. Não estou falando do piloto.
Elementary (piloto) 2015-01-11 [series] E por que ele não é Sherlock? Cinema e televisão são linguagens que vão evoluindo com o passar dos anos, das produções e dos espectadores. Todos que gostam de séries de investigação já assistiram pelo menos um episódio ou ouviram falar de C.S.I., Bones, Law & Order e tantos outros -- onde até Sobrenatural se encaixa. Todas essas séries confiam em uma fórmula que existe no Cinema há muito tempo e é usado em praticamente qualquer filme, mas que em investigação se torna muito óbvio: primeiro há um caso, depois o protagonista demonstra como é esperto, depois há uma reviravolta e ele se mostra errado para depois descobrir no terceiro ato que ele estava certo desde o começo ou descobriu coisas novas que o levaram a acertar por último quem era o culpado.
Diário de um Jovem Médico 2014-12-01 [series] É epoca da revolução! Todos querem lutar, mas nem todos podem. Em um hospital russo perdido no meio da neve um jovem recém-formado médico, conhecido como "Doutor" (Daniel Radcliffe), descobre que tudo que aprendeu nos livros não serve de muita coisa quando a vida e a morte diariamente estão em suas mãos. O mesmo Doutor, décadas depois (Jon Hamm), está tendo problemas com a justiça por conta do seu vício em morfina.
Dexter - O Final 2014-11-09 [series] "Dexter Morgan é um ser humano buscando seu lugar no mundo." Essa frase inicial do meu texto sobre a sétima temporada foi minha conclusão a respeito de toda a série e as motivações de seu anti-herói, protagonizado de maneira extremamente competente por Michael C. Hall do começo ao fim. Para mim, portanto, essa ambição de Dexter seria a direção natural por onde o grand finale se nortearia, já que vimos até então tentativas -- muitas frustadas, mas em sua maioria não -- de um sociopata se encaixar na sociedade de uma forma a não machucar pessoas, ou pelo menos pessoas que não "mereçam" ser machucadas (isso depende do nível do politicamente correto de cada um).
Dexter - Sétima Temporada 2014-11-09 [series] Dexter Morgan é um ser humano buscando seu lugar no mundo. O fato dele ser um sociopata e um serial killer é o que torna sua história mais... profunda. No entanto, fora isso, somos como ele, procurando se encaixar em um mundo que muitas vezes não faz sentido. Como quando sua irmã se apaixona por você. Ou quando sua vítima se torna sua namorada. Ou quando sabemos que não sentimos emoções, mas mesmo assim sentimos a necessidade de estar com determinadas pessoas e protegê-las do mal.
Street Fighter: Assassin's Fist 2014-10-05 [series] Minha impressão é que fãs de qualquer coisa avaliam uma adaptação cinematográfica pela proximidade com o material original. Porém, assim como o espectador médio do Cinema, suas prioridades sempre ficam entre a historinha, os atores e a identificação visual, e quase nunca com o "espírito" da obra original. Não sei se assisti à primeira temporada de Street Fighter: Assassin's Fist com atenção o suficiente para discorrer a respeito da série, mas tenho certeza que uma possível comparação que eu fizesse com o jogo em que ele é baseado seria inútil.
Cosmos: Uma Odisséia do Espaço-Tempo 2014-09-25 [series] Esse é um remake atualizado da série homônima dos anos 80 apresentada por Carl Sagan, um astrônomo famoso na época (até hoje, na verdade) e que ficou famoso para mim quando assisti (e li) o clássico absoluto de ficção científica Contato. Essa versão do programa, com visual e conteúdo atualizados, possui como apresentador também um "pop-star" da ciência: Neil deGrasse Tyson, um atrofísico renomado que curiosamente era fã e chegou a visitar Sagan ainda bem jovem.
Orange is the New Black - Segunda Temporada 2014-06-19 [series] Criado por Jenji Kohan, de Weeds e The Stones, com base nas memórias da detenta Piper Kerman, Orange Is the New Black começou em sua primeira temporada como a história de uma nova detenta (Piper Chapman, Taylor Schilling) condenada por tráfico de drogas junto com sua amante, Alex Vause (Laura Prepon). A série se focou mais nas diferenças entre a vida livre e o cárcere privado no meio de mulheres mais ou menos perigosas e carentes.
Orange is the New Black - Terceira Temporada 2014-06-19 [series] Orange is the New Black, apesar do título ultrapassado, ainda se mantém acima de sua irregular média. Digo irregular porque a série, apesar de possuir picos dramáticos e temáticos bem definidos, também possui os seus valores. Ou seja: se quiser aproveitar o que a série tem de bom, vai ter que aguentar muito lenga-lenga de mulher. Essa terceira temporada "surpreende" por seus ataques incessantes e cada vez mais incômodos da religião e de outros temas que flertam nervosamente com um esquerdismo até natural, vindo de um programa de TV que lida com detentas de um sistema presidiário mais do que o suficiente para manter seus "clientes" satisfeitos.
Saco de Ossos 2014-02-22 [series] O que impressiona nessa nova produção baseada em uma obra de Stephen King nem é a história, que segue mais ou menos os mesmos moldes da sua cinematografia que busca o grotesco e o fantasioso, exagerado e estilizado, mas o trabalho de som, a trilha e a direção de arte que, aliados a enquadramentos ousados, revelam os sonhos do protagonista como fazendo parte de sua realidade (como os imensos quadros pendurados).
The Walking Dead - Primeira Temporada 2013-04-03 [series] The Walking Dead é uma trama de zumbis para forçar uma trama sobre seres humanos sobrevivendo no limite. Ele exagera demais no drama, talvez nos zumbis, mas nunca nessa premissa. Estamos acompanhando pessoas que estão tentando adaptar uma nova moral, novas regras e novas formas de viver a vida. Felizmente ou infelizmente, aos poucos eles descobrem que nada mudou muito. Finalmente, por livre e espontânea pressão, decidi começar minha peregrinação por essa série que encanta pela dramatização do que antes era visto como piada: um apocalipse zumbi.
The Walking Dead - Segunda Temporada 2013-04-03 [series] Nunca se viu antes zumbis tão realistas e humanos tão inverossímeis. Não é tão difícil acreditar nos mortos-vivos, pois já vimos isso antes em inúmeras obras do que tornou um sub-gênero do terror. Porém, um grupo de humanos como esse tentando sobreviver nessa selva de carne podre (e dentes, claro) é algo inédito e inacreditável. E mesmo assim, é exatamente dessa forma que a maioria de nós vive, o que acaba não dando muitas esperanças caso o universo de George Romero realmente viesse à tona.
The Walking Dead - Terceira Temporada 2013-04-03 [series] Se a segunda temporada de The Walking Dead é um banho de água fria que vira um melodrama quase celebrando a mediocridade de algumas novelas globais, a primeira metade da terceira temporada e alguns belos momentos da segunda metade quase que compensam a tortura de acompanhar os velhos e conhecidos episódios arrastados na mesmice. O começo da nova trama aproveita um gancho do último episódio da trama anterior e mostra como Rick e seus seguidores evoluíram como um grupo, tomando uma prisão infestada de zumbis em questão de minutos.