Conta Comigo

2012-04-25

Este ainda é um rascunho publicado prematuramente e está sujeito a mudanças substanciais.

Mais um filme dos anos 80 que envelheceu muito bem. Leveza e ingenuidade caminham juntos na história dos quatro amigos que partem em uma jornada com o objetivo de se tornarem heróis. E por mais piegas que pareça a argumentação de Conta Comigo, ela é levada a sério, o que faz toda a diferença no desenvolvimento dos personagens (que não são crianças genéricas).

Dessa forma, as personalidades de Gordie (Will Wheaton), Chris (River Phoenix), Teddy (Corey Feldman) e Vern (Jerry O’Connel) não são levadas apenas pelas suas impecáveis e inspiradas atuações, mas também por suas roupas, suas casas e seus pais, em um esmero imperceptível (o que o faz tão bom) de direção de arte e figurino. Ainda recheada de pequenos pedaços de músicas da época, a trilha sonora transporta-nos facilmente.

No entanto, o que garante uma atenção e carinho pela história não poderia ser mais nada que sua universalidade, já que cada um de nós, em menor ou maior grau, já vivenciou diálogos ou situações semelhantes. E não há nenhuma técnica mágica de Cinema que consiga um nível de cumplicidade tão grande como esse: o da vida real.

link cinema draft movies