Dá Licença, Saúde

2018-12-08 · 1 · 188

Este ainda é um rascunho publicado prematuramente e está sujeito a mudanças substanciais.

Essa série possui um certo charme quando você percebe que todos os seus personagens são burros, incompetentes e mal intencionados. Às vezes são os três juntos. O que torna ele divertido em alguns momentos é o cada um por si, onde uma pessoa tão incapaz tenta se safar por sua esperteza.

O que a torna menos interessante são as diferentes falhas no roteiro. Logo no começo a maioria delas está relacionada com a troca de um aparelho celular. E assim como naquela série espanhola de assalto a banco (qual o nome, mesmo? acho que Alguma Coisa de Papel), quando os detalhes perdem o encanto todo o castelo de cartas se desfaz.

Mas os atores são bons. Rupert Grint e seu médico (o ótimo Nick Frost) fazem a dupla perfeita onde nada pode dar certo. Temos certeza disso. E ainda assim chega uma hora em que cansa de assistir, pois apesar de não serem espertos eles possuem momentos de brilhantismo que não se justificam, além das falhas no roteiro fazer tudo parecer mal feito.

O piloto tem o dobro de duração e já começa a ficar insuportável bem rápido.

Sick Note (United Kingdom, 2017). Com Rupert Grint, Nick Frost, Pippa Bennett-Warner, Marama Corlett, Karl Theobald, Daniel Rigby. · IMDB · Letterboxd · More Details · cinema · draft · series · Twitter ·