Exterminadores do Além Contra a Loira Do Banheiro

Wanderley Caloni, 2019-08-10.

Nós saímos dos anos 80, mas os anos 80 não saíram de nós. Esta é uma comédia onde crianças levam tabefes e palavrões de baixo calão. Onde uma professora caminha com uma camisinha presa em sua testa. Onde cocôs e fetos tomam vida. E onde Danilo Gentili quase não atrapalha o andamento do filme.

Este não é um filme com atores de verdade, mas com comediantes. Nota-se o amadorismo completo do começo ao fim, com falas ridículas e nenhum senso de ritmo. Porém, eles estão se divertindo. O que é bom. Se eles se divertem, eu me divirto, certo?

Nesse caso, sim. Escrito e dirigido sem o menor pudor (e não sei como isso foi aprovado pelos nossos mecanismos de censura), Exterminadores do Além Contra a Loira do Banheiro já nos ganha em seu título, que de tão ruim não pode piorar. E é verdade. Ele mantém sua ruindade intacta do começo ao fim, para alegria dos espectadores de trash.

Seu único defeito é tentar ser um filme de verdade, com alguma estrutura, quando o que eles querem, e nós sabemos, é usar e abusar dessas trucagens de filmes gore da atualidade dentro do palco perfeito: uma escola tradicional de Santo André (cidade-natal do comediante Danilo Gentili).

draft movies discuss