Exterminadores do Além Contra a Loira Do Banheiro

2019-08-10 · 1 · 207

Este ainda é um rascunho publicado prematuramente e está sujeito a mudanças substanciais.

Nós saímos dos anos 80, mas os anos 80 não saíram de nós. Esta é uma comédia onde crianças levam tabefes e palavrões de baixo calão. Onde uma professora caminha com uma camisinha presa em sua testa. Onde cocôs e fetos tomam vida. E onde Danilo Gentili quase não atrapalha o andamento do filme.

Este não é um filme com atores de verdade, mas com comediantes. Nota-se o amadorismo completo do começo ao fim, com falas ridículas e nenhum senso de ritmo. Porém, eles estão se divertindo. O que é bom. Se eles se divertem, eu me divirto, certo?

Nesse caso, sim. Escrito e dirigido sem o menor pudor (e não sei como isso foi aprovado pelos nossos mecanismos de censura), Exterminadores do Além Contra a Loira do Banheiro já nos ganha em seu título, que de tão ruim não pode piorar. E é verdade. Ele mantém sua ruindade intacta do começo ao fim, para alegria dos espectadores de trash.

Seu único defeito é tentar ser um filme de verdade, com alguma estrutura, quando o que eles querem, e nós sabemos, é usar e abusar dessas trucagens de filmes gore da atualidade dentro do palco perfeito: uma escola tradicional de Santo André (cidade-natal do comediante Danilo Gentili).

Ghost Killers vs. Bloody Mary (Brazil, 2018). Dirigido por Fabrício Bittar. Escrito por Fabrício Bittar, Andre Catarinacho, Danilo Gentili. Com Dani Calabresa, Léo Lins, Danilo Gentili, Murilo Couto, Bacalhau, Bem-te-vi. · IMDB · Letterboxd · More Details · cinema · draft · movies · Twitter ·