Fazenda Capoeira

2020-05-05 · 1 · 196

Voltando a assinar serviço de café, pois em tempos de quarentena o café dos mercados locais está escasso. Principalmente o em grãos. Infelizmente no estoque da Grão Gourmet eles só tinham a torra média-clara para este mês, não meu favorito, mas foi bom rever cafés mais suaves depois de um tempo de Stabucks. Este da Fazenda Capoeira, lá em Areado (Sul de Minas), é um cem por cento arábica catucaí amarelo. Foi torrado em primeiro de abril. Ficou bem saboroso com vinte e poucos gramas moído fino-médio e passado na Aeropress com um minuto de espera, com rápido giro no final. O aroma não é tão presente quanto poderia se esperar desse tipo de torra, e o sabor é bem doce para quem está acostumado a tomar sem açúcar ou adoçante. Parece enjoativo depois da metade de uma caneca de um quarto de litro, mas acabei passando uma segunda vez no mesmo dia, o que contraria minha opinião dele ser enjoativo. Porém, estava com saudades de tomar café de verdade. Qualquer café de verdade. Já fazia uma semana que estava com a dispensa vazia, e como todas as coisas boas da vida, valeu a pena esperar.

· blog · food · coffee · Twitter ·