Fuga

Wanderley Caloni, escrito para Cinemaqui, 2018-10-26.

Fuga possui uma ideia fascinante a respeito de identidade, mas parece estar disposto a desperdiçar com uma narrativa lenta e repetitiva em torno de um mistério bobo como em tantos outros filmes. Resta o exercício narrativo, mas isso é tão pouco que passa desapercebido. Começando com sua temática rica do som suplantar nossas memórias, aumentando o som em alguns momentos para dar a sensação de desorientação como nessa cena inicial, vemos saindo de um túnel de trens subterrâneos uma mulher que parece atordoada.
draft movies cinemaqui discuss