Girl From Nowhere

Essa série tailandesa meio trash com baixo orçamento e histórias de mistério, crime e fantasia requentadas é ruim demais, e por isso mesmo é muito fácil de assistir. Nada de planos milaborantes nem design de arte rebuscado. O set é de novela, as falas são basiconas e o elenco é de dar risada.

Aliás, sorriso é o que Nonna, a aluna misteriosa interpretada por Chica Amatayakul, sabe mais fazer. Meu Deus, como ela sorri. Com seu olhar de peixe morto a série capta todos esses sorrisos sonsos em câmera lenta como se quisessem dizer alguma coisa. Não quer. E nem precisa. A história fala por si mesma. Apenas acompanhe.

A ideia é uma garota que pula de escola em escola escancarando as hipocrisias da sociedade. No primeiro episódio ela pega um professor assediador manjado. Ela consegue se disfarça muito bem cortando seu cabelo pela metade todo torto e mantendo o mesmo nome a série inteira.

Não estou falando mal. Trash é vida. Trash tailandês com garotas se vestindo de colegial é melhor ainda.

Wanderley Caloni, 2021-05-22

blog draft discuss