House of Cards - Quinta Temporada, Episódio 1

Wanderley Caloni, 2017-05-30.

House of Cards estreia novamente na Netflix em seu formato de praxe, com tramas interligadas que irão necessariamente desencadear no plano de dominação da família Underwood. Vemos uma breve e eficiente recapitulação de toda a saga e logo vamos nos acostumando novamente a ver os personagens se digladiado por um pouco mais dessa droga viciante que é o poder.

Nada ainda foi estruturado de forma contundente. Apenas as peças do jogo foram remanejadas para dar início a outra partida. O que já é o suficiente para ressaltar a falta que faz na televisão séries que envolvam o espectador sem ressalvas. Não há mocinhos ou bandidos em House of Cards, como qualquer espectador da série que se preza já aprendeu.

Dessa forma, torcer pela ascensão do jovem governador e sua esposa, ainda que pareça uma lembrança vaga e inerte de figuras trágicas como Peter Russo, nunca mais irá evocar sentimentos muito empolgados no estilo "o bem pode prevalecer". Isto é como uma guerra entre nazistas e comunistas. Qualquer lado que vencer irá gerar infortúnios para todos os lados. A não ser que você seja um estatista irremediável e reconheça que existam bons ditadores, assassinos razoáveis e psicopatas com um coração paternal.

Dessa forma, resta continuar assistindo e entender como a depressiva série da Netflix irá nos entreter dessa vez ao acompanharmos mais uma rodada de manipulações e trapaças em geral. Qual série consegue nos trazer sentimentos de lealdade entre um casal com uma relação tão afetiva quanto a entre diplomatas de dois países longínquos, e ao mesmo tempo nos deixar pensando em qual dos dois irá trair a confiança do outro?

draft series discuss