Imperial Vin

Este vinho é da Moldávia, uma região que eu nunca ouvi falar do mundo dos vinhos. Mas é de lá. O país configura um dos top exportadores do mundo e essa garrafa veio chegar na minha adega. Se trata de um reserva 2018, com passagem por 12 meses em barricas de carvalho francês e que está bom até 2023. Eu tomei agora e o resultado é de uma complexidade equilibrada entre os taninos amadeirados e seus tons de frutas vermelhas mais maduras ou menos doces. Talvez por conta dos aromas e sabores de especiarias do seu final. O buquê logo se desfaz no segundo dia, mas tive uma agradável surpresa ao usá-lo em um risoto de carne desfiada com parmesão. Ele fez toda a diferença no meu primeiro risoto.

Wanderley Caloni, 2021-09-28 21:17:15 -0300

blog draft wine discuss