Instinto Secreto

2011-04-27

Este ainda é um rascunho publicado prematuramente e está sujeito a mudanças substanciais.

Falarei brevemente deste que, para mim, é uma das maiores surpresas em Home Vídeo em muito tempo. A princípio, o filme emprega uma dinâmica inovadora com um mesmo personagem representado por duas psiques/atores, e o uso de atores que conseguem passar a impressão de serem a mesma pessoa (Kevin Costner e William Hurt) é mecanicamente a melhor coisa do filme.

Ao mesmo tempo que não agride a inteligência do espectador, usando-o, de maneira genial, como um quase cúmplice dos pensamentos internos de Mr. Brooks, temos a exata sensação do que se está passando em ambas as esferas sociais, o que mais uma vez é um mérito ganho pelo funcionamento peculiar da narratia.

Apresentando-nos uma visão irônica e arrebatadora dos matadores em série, o filme consegue manter o interesse sempre crescente, com cenas que certamente figurarão entre os exemplos do que a arte cinematográfica bem dirigida consegue produzir.

link cinema draft movies