Komi Can't Communicate

A estética do anime me agrada muito. Esse lance de cenários em 3D e personagens semibidimensionais inseridos em suas próprias neuras através de ajuda visual, mudança de fundo, etc. A própria movimentação da câmera é muito agradável de se ver e a direção acerta em cheio, pois o tema é sobre a tensão de alguém com crise de ansiedade ao tentar interagir com outras pessoas.

Um ponto negativo para os espectadores no Brasil é que as legendas em português estão estragadas, foram adaptadas por um retardado ou foi a pedido da Netflix que o idioma foi corrompido no momento que apresenta um garoto que veste saia. Esta é uma tendência bem atual. Quer dizer, não garotos que vestem saia, mas garotos que o fazem achar que são tão importantes que merecem a reescrita do gênero neutro como já estava sendo usado há séculos. No caso do português, o uso masculino também é neutro. Caso encerrado. Apenas um pouco curioso para saber de quem veio a decisão... não, já passou. Apenas um retardado aleatório seguindo ordens de fãs e grupos sociais preocupados com sua agenda.

Ainda assim, se ignorarmos os episódios e os momentos onde a língua portuguesa é assassinada por quem não a conhece (afinal, tradutores precisam conhecer a língua, mesmo?), Komi Can't Communicate não traz nada de novo como tema, é a alocação de dinheiro para assuntos socialmente engajados do serviço de streaming, como pessoas socialmente inadequadas e vamos falar sobre isso. Porém, sua linguagem visual é uma coisa apartada da história, e se engana bem. Melhor que tudo em sua volta.

Wanderley Caloni, 2021-11-08 19:02:49 -0300

reviews draft animes discuss