Leur morale... et la nôtre

2012-03-04

Este ainda é um rascunho publicado prematuramente e está sujeito a mudanças substanciais.

Nessa comédia de humor negro francesa é difícil identificar-se com os protagonistas, um casal de meia-idade que vive sozinho às custas de promoções de supermercados e uma vendinha clandestina em sua própria casa e preocupados com a crescente onda de bandidagem no bairro que residem. Isso porque eles são tão vigaristas quanto os supostos “bandidos” que o casal de meia-idade tanto teme.

Porém, independente disso, é complicado achar a maioria das tiradas engraçadas pelo simples fato que o fenômeno da identificação não ocorre, e, mais prejudicial ainda, pela quase completa falta de timing cômico empregada pelo diretor Florence Quentin, que aparentemente não consegue diferenciar comédia de situação com comédia pastelão, pois mistura cenas de ambas sem qualquer discrepância e ritmo.

Mesmo assim é possível sairmos quase ilesos dessa pequena experiência de comédia de costumes francesa. Talvez o “francesa” da minha descrição tenha algo a ver com minha estranheza.

link cinema draft movies