Luna Papa

2019-05-04 · 2 · 235

Este ainda é um rascunho publicado prematuramente e está sujeito a mudanças substanciais.

Esta é uma comédia russa que vai fazer você pensar várias vezes: mais um dia normal na Rússia.

Estamos na parte oriental, com turbantes, camelos, deserto e malucos de todo gênero. Uma trupe de atores passa pela cidade e um ator deixa um herdeiro, o narrador na história, na barriga de uma moça que adora o teatro.

E o que se segue é um road movie misturado com fantasia e comédia temperados com cultura russa. A atriz que faz essa moça é fantástica. Ela tem uma linguagem corporal que transcende o roteiro. Seu pai e irmão complementam toda a teatralidade da experiência.

Este é um filme que tanto encanta quanto decepciona pela sua teatralidade, pois ao mesmo tempo que a aventura ganha fôlego a cada cena, com o passar da história vai ficando mais claro que seus idealizadores não têm a mínima ideia do que quiseram fazer. É uma narrativa itinerante, que deseja criar cenas memoráveis, mas o cinema não vive de cenas memoráveis se essas cenas não estão conectadas com o sentido que a arte deseja extrair.

Mas filosofias colocadas à parte, Luna Papa diverte bem pela suas quase duas horas de duração, mas pode soar banal se analisarmos a história. Porém, é filme regional da Rússia Ocidental. Se você tem poucas oportunidades de ver filmes dessa região do planeta, assista, e ganhe um pouco mais no seu imaginário na coleção das bizarrices russas.

Luna Papa (Tajikistan, Germany, Japan, Uzbekistan, Austria, Switzerland, 1999). Dirigido por Bakhtyar Khudojnazarov. Escrito por Bakhtyar Khudojnazarov, Irakli Kvirikadze. Com Chulpan Khamatova, Moritz Bleibtreu, Ato Mukhamedzhanov, Merab Ninidze, Polina Raykina, Nikolay Fomenko. · IMDB · Letterboxd · More Details · cinema · draft · movies · Twitter ·