Meu Nome é Badgá

Fala a verdade: não tem nada mais lindo que garotas skatistas. Estilosas, esbeltas, no ápice de seus corpos e habilidades, esbanjam personalidade sem precisar sair berrando aos quatro cantos "olhem pra mim!". Afinal de contas, não são garotos carentes por aprovação. Em Meu Nome é Badgá acompanhamos algumas dessas moradoras anônimas das comunidades de São Paulo que andam juntas. Há um esboço de personagens que nunca se concretiza. O objetivo é falar das situações do dia-a-dia dessas jovens, centrado na figura da garota-título, Bagdá.

Wanderley Caloni, escrito para Cinemaqui, 2021-09-13 23:04:48 -0300

reviews draft movies cinemaqui discuss