O Orgulho

2018-07-05 · 5 · 878

Este ainda é um rascunho publicado prematuramente e está sujeito a mudanças substanciais.

Para um filme que fala sobre retórica, “O Orgulho” é bem fraquinho, embora o orgulho mesmo, esse sentimento poderoso (para o bem e para o mal) é devidamente apresentado na forma de jogo de palavras. Já o filme, convencional do começo ao fim, nunca se permite levar a sério qualquer uma das questões que ele levanta, se colocando no lugar-comum dos filmes que exaltam a dinâmica professor/aluno ou mestre/pupilo. Mesmo que o mestre seja um idiota.

A crítica completa foi escrita para o site CinemAqui. Você deve encontrá-la pesquisando por lá.

Le brio (France, Belgium, 2017). Dirigido por Yvan Attal. Escrito por Victor Saint Macary, Yaël Langmann, Yvan Attal, Noé Debré. Com Daniel Auteuil, Camélia Jordana, Yasin Houicha, Nozha Khouadra, Nicolas Vaude, Jean-Baptiste Lafarge. · IMDB · Letterboxd · More Details · cinema · draft · movies · cinemaqui · Twitter ·