O Outro Lado da Esperanca

Wanderley Caloni, escrito para Cinemaqui, 2017-11-06.

O Outro Lado da Esperança cria metáforas visuais que ao longo da história servirão para martelar o incômodo e o absurdo. Vemos um navio se aproximando. A câmera se aproxima dele, que atraca no porto. É um navio que carrega asfalto. E do asfalto eis que surge um imigrante. Sujo de ponta a ponta. Toma um belo banho e está limpo de novo. A "mesma coisa" acontece com o vendedor que se livra de todo seu estoque e transforma o seu dinheiro em um restaurante.
draft movies cinemaqui discuss