Pendular

Wanderley Caloni, escrito para Cinemaqui, 2017-09-18.

Pendular possui alguns simbolismos, algum conflito, algumas situações. E nada disso parece fornecer pistas suficientes para entender o que está acontecendo. Bonito por bonito, temos uma obra vazia e incoerente. Justamente o que seus idealizadores parecem buscar. Uma das primeiras falas do filme deixam isso claro: "fxda-se a coerência". O resultado é um espectador passivo e entediado, sem nada para participar no processo da arte. Curioso que o filme conta a história de dois artistas criando, marido e esposa, cada um em seu canto e com suas formas e métodos.
draft movies cinemaqui discuss