Como a geração de Sai de Baixo se encontra com a geração Não me Toque

2019-02-13 · 5 · 860

Este ainda é um rascunho publicado prematuramente e está sujeito a mudanças substanciais.

A coletiva de imprensa para “Sai de Baixo: O Filme” pode ser resumida da seguinte maneira: uma trupe de militantes mimimi fazendo perguntas sobre sentimentos e o elenco do filme respondendo à altura sem sair do salto; muito pelo contrário, com muita propriedade: “temos que dizer uma coisa que todo pobre concorda e se identifica: ser pobre é ruim!". Parecia um quadro de humor combinado. E que rendeu (a mim pelo menos) ótimas risadas.

A crítica completa foi escrita para o site CinemAqui. Você deve encontrá-la pesquisando por lá.

· blog · draft · cinemaqui · Twitter ·