Sedução

Este é um rascunho e está sujeito a mudanças.

É um filme saudosista filmado nos anos 90 sobre a queda da ditadura espanhola dos anos 30. Ele celebra o amor livre, o laicismo e todas as esperanças do que ainda acham que a República é a solução de todos os males da humanidade. Mas ele o faz de maneira charmosa, sensual e verdadeiramente humanista. É uma comédia sobre amor e sexo, e por isso mesmo está infestado de comentários políticos. Não é na propaganda que se esconde o inimigo, mas nas entrelinhas. Mas não se preocupe, leitor de extrema direita, há mulheres para todos os gostos aqui.

O material dos roteiristas Rafael Azcona e José Luis García Sánchez possui todas as dúvidas honestas que comentários políticos e sociais bem-humorados merecem. Assim como Barcelona, o roteiro se aproveita do momento histórico para tecer sua narrativa sem ferir os valores dos espectadores. É besteira se importar com filmes ideologicamente contrários a você quando a visão de mundo de seus idealizadores brinca de igual para igual com a igreja, o exército e a família, três instituições fadadas à ruína de qualquer forma. Enquanto o patriarca moderno recita poesias espirituosas e se diverte na cama com sua esposa recém-chegada da viagem com seu amante, observamos como o inverno espanhol é frio, mas há maneiras deliciosas de se esquentar enquanto não chega o verão.

Há quatro beldades espanholas neste filme, e Penélope Cruz está longe de estar no topo da lista. Clara, Violeta, Rócio e Luz são as filhas desse senhor espirituoso que comentei. Elas visitam o pai durante as férias em um desses vilarejos esquecidos no tempo, ainda que próximos de Madrid, e encontram Fernando, um belo jovem que fica perdidamente apaixonado pelas quatro beldades, a ponto de "perder o trem" e passar mais tempo naquele agradável fim de mundo.

A história é inteligente o suficiente para separar as quatro moças em personalidades bem distintas, mas é a Fernando que elas serão apresentadas. Nunca a vemos interagindo entre elas para entendê-las, pois elas são meros estereótipos, a virgem, a sapatona, a gostosa e a viúva, e apenas sendo interpretadas por um elenco talentoso essas personagens conseguem se desvencilhar de seus unidimensionais destinos. Cada uma delas terá cenas de sexo com Fernando, mas cada uma à sua maneira. Aos homens resta ter inveja desse rapaz, mas seu jeito é tão carismático que o perdoamos logo após cada trepada.

draft movies