Teoria, Prática e Código

2020-06-21

Quando se está aprendendo programação é muito bom praticar escrevendo código. Muitos querem aprender a programar e não começam programando, e se você já começou colocando a mão na massa, parabéns por isso.

Agora, para avançar nos estudos, além da prática, a teoria tem que avançar. E teoria vai além dos estudos de livros e vídeo-aulas. É possível aprender muito mais rápido lendo o código dos outros, disponível aos milhões pela internet. A vinda do GitHub veio para democratizar esse acesso e descomplicar os caminhos de colaboração. Agora você pode encontrar um bug no código de uma pessoa do outro lado do mundo e mandar a correção para todos envolvidos no projeto validarem. O quão sensacional é isso?

Ler código de outra pessoa pode ser desafiador no começo porque é necessário seguir um raciocínio diferente, que não saiu de sua cabeça. Não é a maneira que você resolveria um problema, mas, se o código estiver correto, é uma maneira igualmente válida. E possivelmente melhor. Por estar fora da zona de conforto se torna uma oportunidade para aprender coisas que não estão exatamente nem na teoria nem na prática. É a experiência de outra pessoa traduzida em código.

Note que não digo essas coisas apenas do meu código, que não é perfeito nem exemplar, mas de qualquer código que resolva um problema que você está estudando resolver. Ler código é como ter o texto de um livro, mas compactado. Tem muitas ideias legais para copiar e usar, uma vez que você aprendeu o que o código faz.

Mas para isso é necessário quase o mesmo esforço usado para programar. Parece fácil, mas está longe disso. A boa notícia é que vai economizar muito tempo se persistir em entender.

link blog essays