Trailer - Flordelis : Basta Uma Palavra Para Mudar

Dizem que Deus escreve certo por linhas tortas. Também dizem que ele já fez milagres como abrir o mar do Egito e ressuscitar seu filho dentre os mortos. Porém, esses milagres empalidecem frente ao trailer do filme "Flordelis: Basta Uma Palavra Para Mudar". Este, sim, um verdadeiro sinal de que Deus existe, e Ele é Muito Zuero. Amém.

O longuíssimo vídeo, talvez mais longo que o filme, começa com um personagem interpretado por Reynaldo Gianecchini dizendo que ele escutava das pessoas que era um caso perdido. Ele está com uma meia na cabeça, mas assim que a tira vemos que é o ator. Dizem que ele é um caso perdido e que milagre nenhum daria jeito. Agora eu te pergunto: se alguém com um rosto como o de Reynaldo Gianecchini milagre nenhum daria jeito, o que será de nós, meros feios mortais?

Depois temos uma briga de um casal por uma criança de colo. Os nomes do elenco vão aparecendo nessas icônicas cenas, mas eu vou interromper essa análise para destacar a fotografia do trailer: preta e branca, daquelas que parece que a TV deu defeito. Eu já tive esse problema uma vez. Dizem que é o tubo que começa a pifar, mas é mentira, basta levar em uma autorizada para trocar a plaquinha, que custa mais ou menos o preço da TV. Ou seja, não compensa o conserto. Não há drama maior que ter uma TV funcionando sem cores e que você não consegue consertar. E por isso a produção do filme escolhe sabiamente uma música triste e emocionante para refletirmos nesses momentos de desesperança.

Não demora muito para que comecem a surgir palavras em LETRAS MAIÚSCULAS em um fundo preto dizendo ao espectador sobre o que será essa história. Uma mulher andando na rua escura: "ESPERANÇA..." (o que são essas reticências?). Uma mulher vai dar à luz: "SALVAÇÃO...". A criança nasceu! Mas o verdadeiro milagre é o elenco que vai sendo apresentado: Fernanda Lima, Déborah Secco, Cauã Reimond, Cris Vianna, Ana Furtado, Guilherme Beringer, Bruna Marquesine. Com uma música evangélica ao fundo. Não é pra dar glória, glória, aleluia de pé?

Então, quando você espera impacientemente que o trailer ou a música acabe, Marcello Anthony aparece dizendo que se Deus abriu o mar vermelho e derrubou o gigante Golias, ele vai fazer esse trailer ter o dobro de duração. E a minha fé de que Deus fazia apenas coisas boas diminuiu um pouco... (Vou começar a usar reticências, parece uma coisa boa.)

Vamos para mais uma bateria de palavras... todas minúsculas agora... listando... o que vai ter no filme? Como se fosse algo bom? ruim? neutro? Enfim, aparecem: "tráfico de drogas", "exploração infantil" (e Letícia Spiler aparentemente, é uma criança sendo explorada). Mais nomes de famosos aparecem. Meu Deus, esse filme vai ter nove horas de duração... quando, de repente, o rosto de uma mulher melecado de água/lágrimas surge e... um milagre acontece. Um verdadeiro milagre: a TV se conserta sozinha. As cores voltam! Aleluia, irmãos!

Preciso dizer que este trailer me emocionou de diferentes formas. Formas estas que prefiro não comentar aqui. Portanto, não perca: assine a garantia estendida de sua TV. Não passe por esse drama que esses famosos passaram. Deus vai te salvar uma boa grana no final das contas.

Wanderley Caloni, escrito para ou com a ajuda de Cinemaqui, 2019-08-24 00:00:00 +0000

blog cinemaqui movies discuss