Um Amor, Mil Casamentos

2020-04-20 · 2 · 238

Este ainda é um rascunho publicado prematuramente e está sujeito a mudanças substanciais.

Os problemas desse filme de streaming é serem meramente medíocres e, pior do que serem medíocres, não se importarem nem um pouco com isso. Esta é uma produção baixo orçamento encomendada pela Netflix. O filme é todo rodado em uma casa de eventos supostamente italiana (eles estão na Itália), então o custo de filmar é o mesmo de alugar o local para algumas festas de casamento. Mais o imposto de filmagens e o vôo de atores ingleses para este lugar.

Seu diretor é Dean Craig, acostumado a escrever, mas que aparentemente não aprendeu nada na direção. Mas, quem se importa, ele conseguiu seu emprego de gerente de produção Netflix. Muitos estão conseguindo agora. Tudo que ele precisa fazer é escolher qual fórmula já pré-aprovada de histórias de amor vai usar e mudar alguns diálogos e situações. O filme sai quase no automático.

A fórmula que ele escolheu, aliás, é a minha favorita, pois consigo fazer outras coisas enquanto assisto. Escrever emails, jogar xadrez. Assistir outro filme como esse em paralelo. As possibilidades são infinitas. Algo parecido com o que a narradora em off, pobre Penny Ryder, entitulada no IMDB como “O Oráculo” (risos tristonhos), fala no começo e durante alguns embaraçoso momentos no meio da história em que tenta dar alguma moral ou explicar coisas da vida que ninguém perguntou. É uma lástima travestida de filme feito para puro entretenimento. Mais duas horas entregues ao público de sofá.

Love Wedding Repeat (Italy, United Kingdom, 2020). Dirigido por Dean Craig. Escrito por Dean Craig, Francis Nief, Christelle Raynal. Com Sam Claflin, Olivia Munn, Freida Pinto, Eleanor Tomlinson, Joel Fry, Jack Farthing. · IMDB · Letterboxd · More Details · cinema · draft · movies · Twitter ·