Um Gato em Paris

2011-06-12

Este ainda é um rascunho publicado prematuramente e está sujeito a mudanças substanciais.

A trilha sonora fantasiosa que evoca tanto os Batman de atualmente como, de uma forma mais lúdica, os policiais infantis que líamos quando crianças, abre as cortinas para o novo trabalho de Alain Gagnol, projeto de mais de cinco anos onde, debruçado com sua equipe de 60 pessoas sobre os mais de 40.000 desenhos criados à mão, revela uma estética curiosa e ao mesmo tempo divertida.

A história começa com um gato que divide sua vida em dia e noite. De dia fica com uma menina triste pela morte do pai, que vive com a empregada e sua atarefada e ausente mãe. De noite, sai à caça com um vizinho cuja profissão é roubar joias.

Além disso, o filme conta com um bando de gângsteres que conseguem divertir na medida certa. O mais inusitado, no entanto, foi encontrar em sua rica introdução elementos de O Poderoso Chefão, Os Bons Companheiros e, pasmem, Cães de Aluguel!

É com esse clima ao mesmo tempo infantil quanto caricato que Gagnol consegue, sem muitos saltos, narrar de maneira eficiente a história desses personagens e ao mesmo tempo exibir uma versão estilizada da noite parisiense.

link cinema draft movies