Um Segredo entre Nós

2011-02-13

Este ainda é um rascunho publicado prematuramente e está sujeito a mudanças substanciais.

“Fireflies in the Garden” começa de uma forma incisiva, demonstrando já em sua primeira cena a ignorância e infantilidade do pai do protagonista, Michael (Ryan Reynolds), quando este o manda ir embora para casa a pé, o expulsando do carro por ter perdido os óculos e atrasado a família para buscar a tia no aeroporto.

Se começa com uma introdução forte, o fato é que todo o resto é uma tentativa de martelar o mesmo conceito várias vezes de maneiras diferentes, o que soa enfadonho, por nunca desenvolver realmente a relação entre os personagens, e ofensivo, pois assume que o espectador, depois de meia dúzia de inserções explícitas sobre a relação malformada daquela família, ainda não seria capaz de compreender o que se passa por trás daquele lar.

Como se não bastasse, ainda precisamos ir e voltar no tempo para entendermos as consequências dos atos passados na relação entre as pessoas daquela família no presente.

link cinema draft movies