Un-Go

Material de divulgação de mangá. Os elementos estão lá misturados em uma composição animada, mas nunca feita para animar. E há uma diferença.

Um anime feito para animar desenvolve movimentos próprios à parte dos ângulos, cenas e cortes de um mangá. Ele cria movimento usando os mesmos elementos visuais da arte estática em gibi.

Um anime feito por elementos do mangá vira uma composição de quadros inertes onde são inseridas cores, dublagem e um texto breve.

O primeiro episódio de Un-Go falha em nos atrair para seu universo por resumi-lo como uma lista de compras. Não há emoção alguma. Os personagens são introduzidos com um letreiro, um deles morre e logo vira palco para um joguete de deduções sherlockianas.

Mas não se empolgue. Deduções vazias em cima de um evento único de um assassinato tratado como corriqueiro afasta qualquer possibilidade de engajamento emocional do espectador. Se trata de um jogo de tabuleiro como muitos da Grow, mas sem sequer a lógica de pistas.

Wanderley Caloni, 2021-11-13 15:41:24 -0300

reviews draft animes discuss