Usinas de Angra (Rio de Janeiro) 2024-05-28 [tag_trips] Foram duas surpresas agradáveis saber que as duas usinas nucleares do país estão em funcionamento (uma terceira em obras paralisadas) e que há um mirante onde dentro há um pequeno museu com um sucinto vídeo de 2 minutos para leigos entenderem como a energia é produzida, além de réplicas de pedaços do maquinário usado para enriquecer e fundir urânio. A visita é gratuita e há toaletes disponíveis. Uma ótima parada se estiver na rodovia.
Santuário de Aparecida (São Paulo) 2024-05-28 [tag_trips] A basílica reformada com nova fachada deu um tom mais moderno e abstrato da religião. Parece anime. Mas manteve uma mistura entre a dedicação gótica e a simplicidade dos tempos atuais interessantes. A construção impressiona de todos os ângulos. Próximo do pôr do sol a luz incidindo fica mais bonita ainda. A loja oficial é grande e possui ótimas opções de compra de presentes, além da embalagem especial. O estacionamento é mal sinalizado e tivemos que dar três voltas até achar a entrada, além de caro. Os banheiros ficam em um andar abaixo o que pode dificultar a locomoção de algumas pessoas. O interior onde são feitas as missas mais uma vez impressiona pelo tamanho. É um lugar bem tranquilo para caminhar. Você sente paz e tranquilidade.
Kare Raisu 2024-05-28 [tag_trips] [tag_food] Receita de alguém que não achou Karê tão bom assim e em uma revisita ao Japão encontrou este restaurante [Kitchen Nankai] onde encontrou algo diferente feito de curry e que ao mesmo tempo mantém a essência do prato. O restaurante tem fila antes de abrir e pegam seu pedido antes. Se atente às coberturas do prato que vai pedir. O Katsu Curry é um karê menos comfy, um tanto amargo e mais intenso. É servido com fatias de frango à parte e o caldo é jogado ao lado e por cima. Custa 800 ienes (30 reais).
Santuário de La Naturaleza Humedal de Tunquen 2023-11-13 [tag_trips] Indo de carro até o estacionamento pago são apenas pouco mais de 1 km andando por uma trilha fácil. Nada desafiador. Depois a praia realmente é tranquila, mas mais por não ter nada mesmo. Para um santuário achei a areia e a água um tanto sujas, com uma espuma estranha. A areia estava com resquícios de carvão da fogueira que foi acesa no local. A lagoa usada pelos pássaros de migração cheirava mal. Há rastros de sujeira deixados por visitantes. A experiência mais legal foi pôr os pés no Pacífico, uma água com certeza bem mais gelada que o Atlântico, a qual estamos acostumados no Brasil.
Morro do Elefante 2023-11-13 [tag_trips] Bonito mirante. Há um DJ e quitutes para comer. É o ambiente dos jovens que querem gastar dinheiro. Há a visão do trenó que permite passar o tempo. Os teleféricos de acesso transmitem confiança, mesmo o aberto. O preço, como tudo em Capivari, é uma bica.
Jardim dos Pinhais Ecco Parque 2023-11-13 [tag_trips] Este lugar parece abandonado. Apesar de pagarmos ingressos com um preço médio (40 e poucos reais adultos) os jardins decepcionam pela falta de informação sobre as plantas, além da falta de sinalização de onde começa um tipo de jardim e termina o outro. Algumas partes se dividem e não há mapa em nenhum lugar para você saber onde está e quanto falta visitar. Os únicos banheiros que encontramos estavam em péssimo estado e não parecia ser para uso do visitante. Para pessoas com mobilidade reduzida o local é só subida, e não há saída fácil. Não somos avisados disso na entrada, mesmo sendo a primeira vez que vamos. Há um belo mirante, acho que no meio do caminho, mas em uma ponte com cordas que não inspira confiança. A seção de dinossauros está largada, a atração chave do tiranossauro Rex está em manutenção. Enfim, não vale o preço ou o dinheiro investidos.
Colchagua Museum 2023-11-13 [tag_trips] Não estive em muitos museus tão grandes quanto este, talvez o de história natural de Nova Iorque, mas esse acaba ganhando em vários sentidos. Primeiro ele tem um ótimo vídeo de introdução sobre o que nos espera. Ele também tem uma assinatura, uma personalidade, de alguém que gosta muito da história do Chile e dos homens. Um colecionador compulsivo, talvez, pois cada uma das inúmeras seções contém pelo menos dezenas de itens; muitas centenas. Contudo, em vez daqueles lugares que apenas amontoam tranqueiras com um áudio ou texto didáticos, neste há paixão em organizar cada item com um propósito, além de uma cadência e uma lógica entre cada setor.
Natal 2023 2023-05-30 [tag_trips] Fazia sete anos desde a última ida à capital do Rio Grande do Norte. Dessa vez fomos motorizados e demos uma esticada para Galinhos ver como está (está na mesma). Descobrimos que Camarões já não é mais o mesmo e que Mangai continua top. Casa de Taipa tem um cuscuz excelente (não o paulista) e passar o dia de bobeira na praia ou na lagoa beliscando isca de peixe e camarão sempre é uma boa ideia. Participamos de um quase golpe de pirâmide envolvendo cotas de quartos de hotel, sem nem usar o brinde depois de duas horas de conversa fiada. Dirigimos por 730 km em volta da região. Foram seis dias quentes e relaxantes. Chuvas esporádicas e passageiras (algumas de alguns segundos). Mais relaxante que isso foi fazer algo novo: passear de standup no meio de uma lagoa. Depois ser mordiscando por peixinhos por estar com os pés na água sentado às margens de uma água límpida. É bom pra variar.
Mangai (Natal, Centro e Ponta Negra) 2023-05-30 [tag_trips] [tag_food] Degustamos uma noite seguida da outra o Mangai do [Centro] e de [Ponta Negra]. A variedade de pratos foi bem semelhante, assim como o sabor, com pequenas diferenças. A qualidade de todo o buffet continua a mesma nas nossas memórias de sete anos atrás. Se trata de uma comida regional autêntica, feita com muito esmero, sempre fresca e com um sabor que diz algo. É um prazer cada mordida em cada pequena porção de quase qualquer comida que colocamos no prato, nem que seja um simples queijo coalho. A caipirinha de caju é bem feita. O suco de caju não é aguado, com a jarra bem servida. Pena que tiraram nossa jarra sem terminar. Não sei como funciona a regra, mas ainda estávamos nos servindo do buffet e quando voltamos à mesa jarra e copos sumiram. Por fim, o detalhe do sistema de pagamento de autoatendimento é sensacional. Simples, prático e eficiente. Mal espero por provar o mesmo buffet no mesmo restaurante que fiquei sabendo nessa viagem que existe em São Paulo.
Lagoa de Pitangui - Natal 2023-05-30 [tag_trips] Esta foi a lagoa com a melhor estrutura que encontramos em Natal, com preço justo e variável de acordo com o tipo de lazer que você procura. Custa desde 20 por pessoa com 10 consumíveis no local até 25 para usar várias atrações, como pedalinho, tobogãs na água, caiaque, etc. Há uma equipe para cuidar da segurança de todos. Não tenho certeza se em alta temporada a fila de espera é muito grande, mas na baixa com certeza o preço vale muito a pena. Para sentar você tem a opção de mesas levemente submersas no início das águas, com peixinhos que beliscam seus pés e comem suas cutículas (mas só se você quiser). As crianças adoram. A profundidade da água vai de raso até na altura de um adulto, e há marcas do limite seguro. O cardápio não é muito caro, é o preço da região, e há várias opções, inclusive de cervejas. O espeto de camarão é uma boa pedida.
Lagoa de Alcaçuz (Natal) 2023-05-30 [tag_trips] Esta lagoa é próxima de Natal e tem três barracas em volta que servem petiscos. A profundidade da água é bem rasa nos primeiros metros e é fácil de sentir a altura conforme se entra. O ambiente é bem gostoso, cercado de verde. Há redes na água e algumas atrações como caiaque pagos à parte. Como todas as praias e lagoas da região fecha cedo nessa época porque esfria cedo.
Galinhos Frutos do Mar (Slow Food) 2023-05-30 [tag_trips] [tag_food] Já havia um tempo que queria experimentar essa modalidade de restaurante na casa do chef. Porém, os mais badalados são bem mais caros. Esta é uma opção acessível em Galinhos, e com dois chefs! Eu gostei da experiência como um todo. Principalmente porque ela é única. Você nunca irá encontrar um restaurante como esse. A comida é boa, e nem pedimos o prato principal da casa, que é o Polvo. Porém, a experiência de estar comendo na casa dos outros é melhor. Ambos são bons de papo e a noite passou bem rápido. De repente já era meia-noite! Isso é notável para conhecer dois ilustres estranhos que cozinham e servem muito bem. Naquela noite a chef foi a Lany e foi Lorimar nos atendeu e recepcionou com algumas de suas milhões de histórias. Se for para Galinhos, reserve pelo menos uma noite com esses dois. E lembre-se de reservar, pois essa é a maneira correta de conseguir uma mesa.
Camarões Potiguar (Natal, Ponta Negra) 2023-05-30 [tag_trips] [tag_food] Não comemos muito e por isso para nós o melhor é ficar nas entradas. Felizmente é possível pedi-las na sala de espera e nem pegar uma mesa. Dos favoritos que tínhamos na memória sete anos atrás, o Ceviche de frutos do mar e a Bruschetta de carne de sol, apenas o primeiro sobreviveu. Mas sua versão 2023 está meio sem sal, sem graça. Não parece mais o mesmo. Acompanhei com a Pilsen feita para o restaurante, de mesmo nome, leve e refrescante.
Argentina 2022 2022-10-03 [tag_trips] Início de viagem Dia agitado. Acordamos às seis da manhã para ter tempo de conseguir um Uber para o aeroporto e chegar com duas horas de antecedência. Foi tudo tranquilo. Até demais. Guarulhos estava bem vazio. A passagem pelo raio-x foi a mais suave que já testemunhei em toda minha vida. O embarque foi feito com 20 minutos de antecedência. Vinte pessoas a bordo, incluindo a tripulação. Três horas e meia depois aterrissamos. Um pouco turbulento, mas aterrissamos. Bem-vindo a Salta! Passar pela alfândega e pegar as malas foi de novo a mais tranquila experiência possível. Começo a gostar do mundo pós-pandemia.
Casinha no Mato 2022-01-31 [tag_trips] Esta casa é realmente charmosa e bem isolada. Tivemos bons momentos lá. Houve alguns percalços na hora de chegar por conta das chuvas, mas dá pra imaginar que sem chuva a estradinha de terra seria muito mais tranquila. Algumas subidas perto do final merece atenção redobrada do motorista. Em caso de trecho com muitos buracos siga pelas pedras que houver e mantenha sempre em primeira marcha sem diminuir a velocidade nem acelerar muito rápido. Já na casa o barulho da natureza você vai logo se acostumando, assim como a claridade no início do dia. As trilhas próximas precisam de tempo sem chuva, claro, mas nem por isso deixamos de nos aventurar um pouquinho pela região. As instruções que os proprietários nos enviaram foram ótimas, muito úteis. Já de saída, no último dia, graças a um hóspede da Pousada Caminho de Luz, encontramos um outro caminho, próximo do final do caminho principal. Contudo, é uma opção mais longa, dando a volta pela direita até chegar na pousada, mas que evita uma subida muito íngreme que alguns carros podem sofrer um pouco para subir (principalmente os 1.0). Quando chegar nessa subida íngreme continue seguindo a principal e verá placas para a pousada pelo outro lado. Depois disso é só subir a primeira à direita na igreja, conforme o manual que os proprietários irão te mandar.
Casa na Praia 2022-01-31 [tag_trips] Dá pra perceber que a casa é muito bem cuidada e bem equipada para servir de estadia no litoral, como duas sanduicheiras na cozinha e ventilador de teto em todos os cômodos, além de vários colchões sobressalentes. Não é uma residência nova, mas muito bem cuidada e charmosa. Quem nos recebeu (esqueci seu nome, desculpe) foi muito simpático e nos apresentou toda a casa, como sair do prédio, etc. Os móveis são antigos e dão uma sensação de estabilidade. O teto rústico no começo parece estranho, mas é muito charmoso também. Se trata de uma locação familiar extremamente bem localizada, do lado da praia, só atravessar a rua. E é uma bela praia, tranquila, quase sem ondas e algumas sombras nos locais longe dos poucos quiosques do começo. Fomos em alta temporada dias de semana e foi muito tranquilo. A internet pode oscilar um pouco para quem trabalha home-office, mas o sinal 4G tem ótima recepção (número Vivo de SP). Do lado do apartamento tem um posto com algumas lojinhas de conveniência que quebrou o galho, além de uma dogueria e uma barraca de açaí. A padaria mais próxima fica a 1km, fomos andando pela manhã, pra quem gosta de caminhadas matinais não é tão pesado. Enfim, um dos melhores lugares que já fiquei no litoral norte.
J A Passeios 4x4 em Capitólio 2021-12-07 [tag_trips] O desânimo de uma viagem que precede a glória. Chegamos em Capitólio e dois dias seguidos uma chuva chata que impedia qualquer ideia de passeio. Então minha esposa entra em contato com esse serviço de rolês 4x4 e o tempo muda. Domindo de sol chegando, agendamos com eles para conseguir chegar nos pontos onde um carro comum sofre. Ela havia visto um serviço mais barato, mas optamos por esse pelos inúmeros reviews e o Instagram atualizado. E foi ótimo. Valeu a diferença de preço, já que sempre há a dúvida de qual serviço será prestado.
Monte Verde 2019 2019-12-10 [tag_trips] Monte Verde como cidade turística é bem cara, pois fica do lado das cidades do interior de São Paulo para onde boa parte da classe média da capital migrou. O foco turístico dessa região fica nessa cidadezinha encrustada entre os montes que dividem o Sul de Minas com o estado paulista. Todo o resto do gigantesco município de Camanducaia, suas cachoeiras e paisagens mais distantes, segue ignorado pelos que vêm de fora, mas não pelos locais.
Califórnia, 2018 2018-12-30 [tag_trips] Vale a pena fazer uma viagem aos EUA nessa época de 4 temers pra um trump? Er... financeiramente não. Mas como o timing é tudo e é preciso conhecer pelo menos uma vez na vida, e experiências são melhores que coisas, eu diria que vale, sim. Vivenciar outra cultura, valores, como as coisas funcionam de forma diferente, etc, acaba se pagando com o tempo. E no caso dessa viagem feita a carro com um casal de amigos, algo que não costumamos fazer, foi uma outra novidade que valeu a pena ter vivido.
Salta, 2018 2018-07-04 [tag_trips] A região de Salta é menos conhecida pelos amantes de vinhos argentinos, mais acostumados a Mendoza e suas ruas paradisíacas em pleno deserto. Mas Salta tem outro espírito, mais nativo, e mais charmoso, que revela como a Argentina, como todo país, é um aglomerado artificial de diferentes povos e culturas, e como o vinho, feito em um solo impossível de dar vida à uva, expressa a alma de suas gerações.