Bíblia Sagrada: Números 2023-11-04 [tag_philosophy] [tag_books] O próximo livro da minha saga de ler a Bíblia é Números. Neste livro os judeus ainda estão presos no deserto reclamando como nunca para Jeová e ele está mandando ver nos castigos e nas regras esdrúxulas. Haja paciência, santo deus! O Senhor deixou a maioria de castigo, vagando por 40 anos no deserto. Eles vão morrer por lá. A maioria não chegará a ver a terra prometida e nem participará das guerras que estão rolando desde que os judeus invadiram de novo. Misericórdia.
Estoicismo: os céticos 2023-09-22 [tag_quotes] [tag_philosophy] Stoic Six Pack 4 - The Sceptics: Pyyrhonic Sketches, Life of Pyrrho, Sextus Empiricus, The Greek Sceptics, Stoics & Sceptics and Life of Carneades (Illustrated) (Sextus Empiricus, Diogenes Laërtius, Mary Mills Patrick, Norman MacColl and Edwyn Bevan).
Unabomber Manifesto (Theodore Kaczynski) 2023-06-25 [tag_philosophy] [tag_books] Theodore Kaczynski, conhecido como Unabomber, apareceu morto esses dias em sua cela. Ele estava preso pagando uma pena maior que a vida. Em sua época gloriosa ele forçou um jornal a publicar seu manifesto, um livro com centenas de parágrafos explicando o porquê da revolução industrial ter sido um desastre para a raça humana e como o futuro não deve ser melhor.
Bíblia Sagrada: Levítico 2023-03-04 [tag_philosophy] [tag_books] > > "Se a pessoa não tiver recursos para oferecer uma ovelha, trará ao SENHOR duas rolinhas ou dois pombinhos como castigo pelo pecado. > (...) > "Se a pessoa não tiver condições de oferecer sequer duas rolinhas ou dois pombinhos, trará dois litros de farinha da melhor qualidade como oferta pelo pecado.
Cognitive Dissonance 2023-01-31 [tag_philosophy] [tag_quotes] This is why people get upset when their beliefs are challenged A mental conflict occurs when beliefs are contradicted by new information. This conflict activates areas of the brain involved in personal identity and emotional response to threats. The brains's alarms go off when a person feels threatened on a deeply personal and emotional level causing them to shut down and disregarding any rational evidence that contradicts what they previously regarded as "truth".
Bíblia Sagrada: Êxodo 2022-12-26 [tag_philosophy] [tag_books] O povo judeu é teimoso. Esse é o maior ensinamento que o segundo livro do Pentateuco tem a nos dizer. Se Deus continuasse andando com este povo pelas areias do deserto após terem sido libertos das garras dos egípcios, ele acabaria por matar a todos eles. Palavras do Próprio.
Bíblia Sagrada: Gênesis 2022-08-28 [tag_philosophy] [tag_books] Esse primeiro livro da Bíblia é focado na origem do mundo e na perpetuação de uma tribo específica no meio da humanidade. Essa tribo se estabeleceu através de um deus, O deus, de acordo com o livro, que fez o pacto com Abraão. Que fez o pacto com Noé. Que fez o pacto com Jacó. Que fez o pacto com ele mesmo e o mundo. E o pacto dizia: irás cortar a ponta do seu pingulim. Seu, de seus familiares e de todo seu povo.
Manifesto Comunista (recortes) 2021-08-16 [tag_philosophy] > The history of all hitherto existing society is the history of class struggles. > Our epoch, the epoch of the bourgeoisie, possesses, however, this distinctive feature; it has simplified the class antagonisms. Society as a whole is more and more splitting up into two great hostile camps, into two great classes directly facing each other: Bourgeoisie and Proletariat.
A Propriedade é um Roubo 2020-10-11 [tag_philosophy] [tag_books] Dei uma folheada neste e outros textos de Proudhon, um dos anarquistas intelectuais mais falados nas rodas de filosofia, e cheguei à conclusão que é impossível se identificar com tamanho apelo às emoções. Proudhon, como tantos pensadores à esquerda, apela demais para o intangível e não argumenta com propriedade; nem a rouba nem a empresta. Ele parte do senso comum de que "não faça aos outros o que não gostaria que fizessem a você" e por isso se tornou popular, mas o senso comum muda com o tempo. Hoje soa ingênuo, infantil, quase uma peça de teatro escolar. Vamos todos dar as mãos para um futuro melhor.
Thomas Piketty 2019-09-08 [tag_philosophy] [tag_quotes] "A desigualdade não é ruim por si só; decida se ela é justificável." (Capital in the Twenty-First Century) "Toda a riqueza do mundo daria para cada um 760 euros." (Capital in the Twenty-First Century)
Why Facts Don't Change Our Minds 2019-02-03 [tag_philosophy] Você sabe como funciona um vaso sanitário? Tem certeza? Faça o experimento, então: descreva de maneira verbal todos os passos envolvidos no funcionamento de dar descarga em um vaso. Depois pesquise e verifique como ele realmente funciona. Compare a realidade com o seu achismo e exploda sua cabeça.
Diálogos Sobre o Vegetarianismo 2019-02-03 [tag_philosophy] Conheci o filósofo Michael Huemer através de um amigo e por procurar há um tempo atrás refutações convincentes do objetivismo. Encontrei uma saída para vários dos problemas discutidos pela humanidade. Isso se chama intuitivismo.
O Papel da Genética na Mobilidade Social 2018-08-26 [tag_philosophy] O que será que faz pessoas durante suas vidas ficarem mais ricas ou pobres de onde começaram? Nascer rico com certeza ajuda, mas e se não for apenas isso? Há habilidades inatas de cada indivíduo, carregadas pelos genes de seus pais, que poderiam influenciar nesse processo? E se sim, qual a relevância de quem são seus pais? Um estudo genético quis investigar as possíveis respostas.
George Orwell: Politics and the English Language 2018-08-26 [tag_philosophy] Politics and the English Language é um texto do George Orwell sobre como escrever de forma mais clara que os confusos escritores de nossa época. A língua inglesa era o que ele estava defendendo, não contra o empobrecimento como muitos eruditos, mas contra o seu uso por si mesma, tornando a mensagem, a coisa mais importante em um texto, secundária. Ao mesmo tempo ele, que é ídolo de vários movimentos totalitários, dá umas alfinetadas tão específicas nos "revolucionários" de hoje em dia que é merecida a citação. Vamos começar:
Stanford Encyclopedia of Philosophy para Kindle 2018-07-15 [tag_philosophy] A enciclopédia mais completa e de maior respeito da internet não é um enciclopédia geral, mas uma de filosofia. Está hospedada na Universidade de Stanford e possui revisão por pares e toda a autoridade de ser escrita por especialistas nos verbetes em questão. O único problema (até agora) era não ser possível baixá-la para degustar no Kindle. Até agora.
As Portas da Percepção, de Aldous Huxley 2018-06-25 [tag_philosophy] [tag_books] As Portas da Percepção é um (ou dois) ensaio do escritor Aldous Huxley que descreve com uma precisão poética os efeitos do uso da droga conhecida como mescalina, e se você tem vergonha na cara já deve ter se lembrado desse nome citado nas inúmeras vezes que assistir ao filme The Matrix. Quando Neo recebe uma visita que o acorda ("the white rabbit") ele ainda parece estar dormindo. Sua visita e cliente conhece esse efeito: "mescalina! A melhor maneira de voar". Aparentemente o Sr. Huxley voou bem alto em certo momento da vida.
Just the Arguments 2018-02-27 [tag_philosophy] [tag_books] Just The Arguments, como o próprio nome diz, explora apenas os argumentos dos debates filosóficos mais relevantes na história da Filosofia, e também tenta na contemporaneidade se manter neutro ou equilibrado (como se isso fosse possível).
Why People Are Irrational about Politics 2017-06-27 [tag_philosophy] A teoria da "Irracionalidade Racional" do filósofo Michael Huemer estabelece uma base teórica que nos permite afirmar que qualquer discussão política é em sua essência irracional: The theory of Rational Irrationality holds that it is often instrumentally rational to be epistemically irrational. In more colloquial (but less accurate) terms: people often think illogically because it is in their interests to do so.
Prefácio de O Capital Vol. 1 2017-06-27 [tag_philosophy] Embora se trate de um rascunho, os Grundrisse possuem extraordinária relevância, pelas ideias que, no todo ou em parte, só nele ficaram registradas e, sobretudo, pelas informações de natureza metodológica. Uma dessas ideias é a de que o desenvolvimento das forças produtivas pelo modo de produção capitalista chegaria a um ponto em que a contribuição do trabalho vivo se tornaria insignificante em comparação com a dos meios de produção, de tal maneira que perderia qualquer propósito aplicar a lei do valor como critério de produtividade do trabalho e de distribuição do produto social. Ora, sem lei do valor, carece de sentido a própria valorização do capital. Assim, o capitalismo deverá extinguir-se não pelo acúmulo de deficiências produtivas, porém, ao contrário, em virtude da pletora de sua capacidade criadora de riqueza.
Confirmation Theory: Hume''s Refutation of Induction 2017-06-27 [tag_philosophy] Este recorte se trata da explicação do filósofo Michael Huemer sobre a "refutação" de Hume sobre indução. De acordo com Huemer, "Hume's 'refutation' of induction essentially goes as follows:" 1. There are only three possible kinds of knowledge: (a) 'relations of ideas,' which are things that are true by definition, (b) direct observations, and (c) knowledge based on inductive reasoning, where an inductive inference is a generalization from experience.
Uma prova simples e modesta da existência do livre-arbítrio 2017-05-28 [tag_philosophy] Uma prova simples e modesta do livre-arbítrio, ou pelo menos que refute o "determinismo duro" (que não admite nenhuma possibilidade de alternativas na ação) é dada pelo filósofo Michael Huemer através de 7 premissas e uma conclusão:
Os fundamentos praxeológicos da Teoria Legal Libertária 2017-05-28 [tag_philosophy] Em essência, a ética libertária não ambiciona buscar o que é certo, mas em determinar o que com certeza não pode ser justificado. Este meu artigo cita alguns pontos vitais do artigo de Lacombi Lauss.
Física Quântica para Filósofos 2017-05-28 [tag_philosophy] O filósofo Michael Huemer explica o mecanismo de manipulação e medição do spin dos elétrons. Há infinitos spins, sendo que ele se foca no que ele chama x-spin e y-spin, spins separados em 90 graus. A primeira noção é que ao ser colocado em contato com um divisor magnético o elétron pode seguir duas direções distintas e diametralmente opostas à inclinação do dispositivo. Não há como saber de antemão qual sentido o elétron irá seguir.
O Mundo de Sofia 2016-11-03 [tag_philosophy] [tag_books] Este foi o livro meio unanimidade dos fóruns de filosofia quando questionado qual o melhor começo para a área, que dê uma visão global, histórica e funcional do que é, afinal de contas, filosofia. Bem, e também o começo mais divertido, o que para uma área como essa deve se resumir aos quadrinhos do Existencial Comics e o livro de Jostein Gaarder.
Anarchism vs. Objectivism by Harry Binswanger 2016-02-15 [tag_philosophy] Um texto bem longo e denso. Um desafio e tanto resumi-lo ¿. Em primeiro lugar, é necessário entender que não há opção de não impor uma moral. Uma moral é sempre um requisito de uma sociedade civilizada, ou até a maneira de um indivíduo se relacionar com o mundo. Dessa forma, um governo constituído de uma forma objetiva ainda irá impor a moralidade que se defende de agressão. A questão de agências de segurança é isso: são instituições que irão promover uma moral pelo uso da força. Um governo também é isso, só que movido pela filosofia objetiva de seus cidadãos. Se estes não possuem racionalidade de constituir um governo assim, como ocorreu com os EUA, como eles poderiam patrocinar agências de segurança melhores que isso? Recai a questão do rei filósofo de Platão. As massas são incapazes de escolher a melhor filosofia, então os militares forçam essa filosofia. Mas a questão continua: as massas e os militares não saberiam qual filosofia suportar. Agências de segurança não competem em um mercado, pois este mercado não existiria em um ambiente onde há troca de tiros. Pense em agências de segurança não como coletivo, mas indivíduos. Se um usa a força contra o outro, não há competição, apenas o uso da força. Criar um governo é separar a força do capricho. Todos os seus cidadãos devem concordar em abrir mão do uso da força por capricho, e apenas seguir a filosofia objetiva sob a qual a sociedade em que vive é fundada. A própria esquerda pode achar que o acúmulo de capital é coerção e instituir uma agência de segurança para fazer valer sua moral pela força. E todo uso da força é monopolista. Não há competição (a não ser que considere uma guerra uma competição, mas de forma alguma isso pode ser considerado voluntário). Não usar força, nem como retaliação, seria a única forma de anarquismo coerente. Ex: se eu atiro de volta em quem me atira, estou impondo minha moral de não haver força iniciada sobre mim. A solução anarquista consistente é apenas convencer racionalmente a não atirar em mim, o que é pacifismo. Não há imposição de moral em um governo. O que ele faz é garantir a liberdade de seus cidadãos agirem virtuosamente se assim o quiserem, mas nunca forçá-los. Ele faz isso em nome da moram, mas sem impô-la. Se é moralmente defensável que um homem de defenda, também o é juntar com outros homens e fazer o mesmo por procuração: um governo objetivista. A diferença entre um governo e uma agência de segurança é que um governo está agindo sob um controle objetivo. Dessa forma, anarquistas que são contra um governo são na verdade inimigos do objetivismo, pois querem ter o "direito" de usar força sob capricho. O argumento que governos crescem naturalmente. O motivo: filosofia errada. São as ideias dos homens que guiam seu governo. 22:04 leituras: Libertarianism and Moral Disintegration - Joseph Rowlands A questão aqui é que o libertarianismo não possui uma base moral para extrair o princípio ético e político da não-agressão. Dessa forma, um libertário deve aceitar essa regra sem ser uma escolha consciente, uma conclusão lógica da racionalidade. Em vez de ser um guia moral, o PNA vira uma regra aceita e que, uma vez que interfira nos desejos egoístas do indivíduo, se torna um empecilho. Se for seguida sem ser aceita de forma consciente, portanto, obedecê-la vira uma forma de altruísmo (sacrifício pelos outros sem razão). Por último, não há virtudes em seguir uma vida moral, por atingir uma virtude moral. Não existe certo e errado no libertarianismo, apenas o proibido. 22:05 leituras: Your Dog Owns Your House - Anthony de Jasay De maneira a surpreender o leitor, Anthony de Jasay traduz o pensamento socialista em um texto a respeito de como alguém deve sua casa a todos os envolvidos direta, indireta e historicamente, desde o cachorro que a protege até Cristóvão Colombo, por ter descoberto a terra onde ela está. Depois discute esse mesmo conceito aplicado a outras propriedades e frutos do trabalho de alguém. Na segunda parte do texto ele desmistifica a falácia. Primeiro desmente esse nonsense que é existir um ente chamado sociedade, com desejos e racionalidade. Depois, lembra a todos que as trocas entre indivíduos que houve na construção da casa já foram pagas por algum tipo de valor, monetário ou não. Para finalizar, destrincha a última defesa esquerdista: de que essas trocas são efetuadas de maneira desigual em nível de informação. A defesa é incisiva: se não é possível determinar o nível de desigualdade em trocas voluntárias, é descabido corrigir esse processo usando trocas coercitivas, pois daí sim não haverá nem como estabelecer que durante a troca houve uma contagem de valores (desiguais ou não). Conclui estabelecendo que trocas voluntárias, diferente das coercitivas, é a única que não utiliza um mecanismo imoral para atingir um objetivo moral. 22:06 O [Library of Economics and Liberty]() parece um repositório bem interessante de artigos, livros e pensamentos liberais, libertários, anarquistas.